Titulo: A Escolha – Skoob

Titulo Original: The Choice

Autor(es): Nicholas Sparks

Tradução: Ivar Panazzolo Júnior

Editora: Novo Conceito

Ano: 2012

ISBN: 978-85-63219-29-9

Número de páginas: 307

Sinopse: Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte.

[spacer size="2"]

Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta.

Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever.

Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida? Confira aqui um trecho do primeiro capítulo do livro.

[divider3 text="Sobre o Autor"]

Nicholas Sparks é um dos escritores mais adorados do mundo, oito vezes considerado o número 1 de acordo com o New York Times, com mais de 50 milhões de cópias impressas em todo o mundo. Todos os seus livros foram considerados sucessos dentro e fora dos Estados Unidos, sendo traduzidos para mais de quarenta idiomas. Vários dos romances de Nicholas Sparks foram adaptados para filmes, como “Querido John”, “A Última Música” e “Noites de Tormenta”. Ele mora na Carolina do Norte com sua esposa e família.

[divider3 text="BookTrailer"]

[media url="http://www.youtube.com/watch?v=qRhN5i8yUuY"]

[divider3 text="Opinião da Mari"]

[note color="#FFF2D2"]

[quote]

” – Você fala como se tivesse bastante experiência. Mas mantenha em mente que o verdadeiro amor dura para sempre.

– Os poetas diriam que o verdadeiro amor sempre acaba em tragédia.”

[/quote]

[/note]

Na hora que li a frase acima, no mesmo momento pensei, ela só poderia ter sido escrita por Nicholas Sparks. Praticamente todos os seus romances terminaram com tragédias, que nos fazem chorar e nos apaixonar, por cada um dos seus livros, independentemente da formula utilizada ser sempre a mesma. A escolha não foge muito do padrão, mas ainda assim a minha experiência com o livro foi bem diferente, pois pela primeira vez eu não sabia o final da história.

Diferente dos outros livros do autor que li, A Escolha, não virou filme (pelo menos não ainda, também não sei se vai algum dia virar) e por esse motivo a história conseguiu me cativar do inicio ao fim, queria saber, qual seria a tragédia da vez e mais ainda, queria saber qual fim os personagens teriam, pois apesar de tudo, a esperança de ver o final feliz, permanecia sempre ao meu lado. Principalmente, depois de ver tantas vezes a pergunta:

[note color="#FFD7D7"]

[quote]

“Até onde devemos ir em nome do amor?

[/quote]

[/note]

O livro foi divido em duas parte, na primeira delas conhecemos os personagens principais, vemos o casal se conhecer e se apaixonar, no ambiente tranquilo da pacata cidade de Beaufort, já na segunda parte do livro sabemos o desfecho do romance do casal e nos aprofundamos no drama da história, narrada em terceira pessoa. Além dos personagens principais, Gaby e Travis, A Escolha tem ótimos personagens secundários, como os casais de amigos de Travis e sua irmã Stephanie. Entre eles ela foi a que mais se destacou para mim, carismática, decidida, divertida e cheia de atitude.

[note color="#FFF2D2"]

[quote]

“Ele sorriu, grato porque Stephanie ainda conseguia conversar com ele da maneira habitual. – O que eu realmente queria saber era o que você teria feito se estivesse no meu lugar.

– Eu sabia o que você queria – disse ela, hesitante. – Mas … não sei, Travis, realmente não sei. Não consigo me imaginar tendo de tomar uma decisão dessas e, para ser honesta, acho que ninguém consegue – ela exalou. – Às vezes eu preferiria que você nunca tivesse me contado.”

[/quote]

[/note]

Gaby estava tentando se libertar dos “costumes sulistas” de sua mãe, enquanto Travis desejava uma mulher, para compartilhar os momentos de lazer durante suas viagens e aventuras, com certeza, uma semana era mais do que o necessário, para que o amor como o deles surgisse. Gostei muito de ambos os personagens, de Gaby por ter coragem de mudar e seguir o seu coração e de Travis por não desistir do que ele realmente amava. O nome do livro realmente fez jus a história, que me fez pensar mais de uma vez a respeito das escolhas de Gaby e Travis.

Como disse anteriormente, não foi lançado um filme baseado no livro, mas tenho dúvidas, que se o lançassem a minha escolha entre o filme e o livro, seria o filme, como aconteceu com outros títulos do autor. Normalmente gosto mais dos filmes, pois próximo do fim dos livros do Nicholas, acho que o desfecho de suas tragédias acabam sendo um pouco arrastadas, o que não é tão perceptível nos filmes, que de 90 min normalmente usam apenas 15 minutos para o seu desenrolar final. Em A Escolha, não tive esse problema, pois mesmo achando que o desfecho final foi postergado algumas vezes, a minha curiosidade para saber o que aconteceria somente aumentava, pois o desfecho para mim era imprevisível. Nicholas poderia fazer qualquer coisa e até o momento, no qual determinadas palavras foram lidas por mim, ele teve a minha atenção total.

[divider3 text="Quote Favorito"]

“… Ficar com você me mostrou algo que passei a minha vida inteira buscando. Quanto mais nós ficamos juntos, mais imagino que isso será algo duradouro no futuro. Isso nunca me aconteceu antes, e não tenho certeza de que acontecerá novamente. Nunca me apaixonei por ninguém até você chegar – pelo menos não um amor verdadeiro, de qualquer forma. Não dessa forma, e eu seria um imbecil se deixasse você se afastar sem lutar.” Travis Parker

[divider3 text="Capa e Diagramação"]

Dessa vez acho que a Novo Conceito deixou um pouquinho a desejar. Não gostei da capa do livro, a achei muito apagadinha e senti falta de um casal chamativo destacando a capa. Sei que muitas pessoas não gostam de capas com rostos, mas esse não é o meu caso, um casal bonito estampando a capa, com certeza chama muito mais a minha atenção, que uma capa como essa, que me remete a um romance antigo. A diagramação do livro está bem simples, o que não é realmente um problema, o que não me agradou muito foi a sensação de que o livro havia sido molhado, detalhe, que não impacta em nada a leitura, além de não ser percebido através das fotos, provavelmente algo especifico com o meu livro. Já o marcador eu amei, adoro cachorros e achei que o kit feito pela Novo Conceito ficou lindo!

[divider3 text="Promoção"]

[divider2]

O livro é uma cortesia da Editora Novo Conceito. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.

[divider2]