Um Romântico Incorrigível – Devan Sipher – #Resenha

Home/Devan Sipher, Livros, O Blog da Mari, Resenhas, Um Romantico Incorrigivel/Um Romântico Incorrigível – Devan Sipher – #Resenha

Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo: Um romântico incorrigível – Skoob – Goodreads

Titulo Original: The Wedding Beat

Autor(es): Devan Sipher

Tradução: Ana Death Duarte

Editora: Verus

Ano: 2012

ISBN: 978-85-7686-187-4

Número de páginas: 252

Sinopse: Ele é um romântico incorrigível e também profissional, pois escreve uma coluna sobre casamentos para um importante jornal, cobrindo festas espetaculares de costa a costa do país. Mas há uma linha tênue entre ser um repórter bem-sucedido com uma matéria para escrever e ser um cara sozinho num sábado à noite, no casamento de um desconhecido. Tudo muda na primeira noite do ano, quando Gavin conhece Melinda, uma jornalista de viagens com um espírito aventureiro. Mas Melinda vai embora e parece ter desaparecido sem deixar rastros.Gavin inicia então uma jornada por Nova York em busca dessa intrigante mulher. E aprende que há algo pior do que perdê-la: ter que escrever um artigo sobre o casamento dela.

[divider3 text=”Sobre o Autor”]

Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Deavn Sipher nasceu em Los Angeles e cresceu principalmente em Southfield, Michigan. Passou brevemente pela a faculdade de medicina e por uma rabínica, mas acabou fazendo Mestrado em Belas Artes na Universidade de Nova York ‘Tisch School of the Arts’. Nos últimos cinco anos escreve sobre casamentos na coluna “Vows” do New York Times. Atualmente mora em Mahhattan.

[list style=”arrow”]

[/list]

[divider3 text=”Opinião da Nathy”]

Logo quando vi a sinopse do livro fiquei muito ansiosa para ler, tanto que quando ele chegou passei na frente de todos os outros da minha lista de leitura e não me arrependo nem um pouco por isso. Simplesmente porque o livro foi uma das melhores leituras que fiz esse ano. Uma das coisas que adorei no livro foram as referências atuais, tanto os atores quanto os filmes eram conhecidos por mim, o que me deixou ainda mais conectada com a história. A narrativa é em primeira pessoa, mas ao contrário do que estou acostumada, ela é feita pelo personagem masculino.

Gavin é o personagem principal dessa maravilhosa história. Ele é um jornalista que escreve sobre casamentos, porém na visão dele todos aqueles casamentos pareciam entediantes assim como a forma, que os noivos se conheceram. Um fato interessante, tinha a impressão de que a história seria como o filme “Vestida para Casar” e pesquisando a vida do autor descobri que nos Estados Unidos rolam boatos de que o filme tenha sido baseado na vida dele. De qualquer maneira gostei demais do personagem, porque apesar de seu jeito de se autodestruir, no que se refere sua imagem, ele é muito divertido e somente se mete em enrascadas. Se o livro não tivesse nada de romance, ainda assim seria muito divertido, tanto que a última coisa com que me preocupei foi com o romance.

[note color=”#FFF2D2″]

[quote]

– Você é tão bonitinho! – disse ela – A cara do James Franco. Aposto que muita gente diz isso – Tive de admitir que já tinha ouvido isso antes, uma ou duas vezes.Gavin

[/quote]

[/note]

Geralmente nesses livros sempre tem aquele amigo doido e divertido, nesse quem faz esse papel é Hope, pensa numa personagem hilária, não conseguia me controlar toda vez que ela aparecia. O maior medo dela era ficar sozinha, então ela ia atrás de todos os homens e pior ainda acreditava em todas as mentiras que contavam. Já tinha uma ideia de com quem ela ficaria, mas estava torcendo muito para que o livro se tornasse uma história clichê e o Gavin percebesse que gostava da Hope, adoro histórias de amigos que se conhecem há muitos anos e acabam descobrindo que se amam. Em alguns momentos fiquei com muita pena da Hope, porque nessa ânsia de querer algum homem acabou sendo magoada algumas vezes.

O romance de Gavin com Melinda – a mulher que ele conhece uma noite depois do Ano-Novo – a principio me agradou, pensei que seria o máximo o relacionamento dos dois, mas depois quando ela some não sei, acho que vendo a obsessão que se tornou para Gavin não conseguia mais gostar dos dois. Ainda mais quando ela reapareceu na história. O jeito dela para mim pareceu ser totalmente diferente, tanto que ainda não consigo explicar qual foi a minha sensação quando ela voltou para a história.

[note color=”#CEAEAE”] [quote]

– Estou pensando em tentar aqueles sites de namoro de novo – ela disse, descansando a testa na minha – Acha uma boa ideia?

Eu não achava, mas assenti mesmo assim.Gavin

[/quote] [/note]

Personagens engraçados foi algo que não faltou nesse livro, além de Hope com suas trapalhadas, tinha os pais de Gavin. Os dois eram os seres mais confusos de todos os tempos, enquanto as pessoas falavam de livros eles começavam a falar de música, parecia que viviam em seu próprio mundo e não se importavam muito com a opinião dos outros, mas não de um jeito egoísta, pelo contrário, era bem engraçado ver os diálogos entre eles e o Gavin.

Quase no final do livro tem uma referência bem legal que não irei contar porque senão é SPOILER, mas quando li achei bem divertida e interessante. Minhas expectativas estavam realmente altas com esse livro e não me decepcionei, foi uma leitura maravilhosa e espero que o autor escreva mais livros nesse gênero.

[note color=”#FFF2D2″] [quote]

“- Estamos preocupados com a sua ex-mulher – foi a primeira coisa que meu pai me disse ao me ligar às oito da manhã no dia seguinte, provando que nunca é cedo demais para um comportamento fantasioso.

-Não tenho ex-mulher – foi minha resposta.

-Mas, um dia pode ter – disse ele.Gavin

[/quote]

[/note]

[divider3 text=”Quote Favorito”]

“- Tudo na vida é uma escolha, e eu estava escolhendo ser feliz.Gavin

[divider3 text=”Capa e Diagramação”]

A capa está linda demais, totalmente diferente da capa original que vocês podem conferir abaixo, mas simplesmente amei as duas, não saberia qual delas escolher. Na nacional adorei o fato dele estar voando sob a cidade com um balão de coração, foi bem criativa.

Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação também está linda, os capítulos são em uma nova página, mas um fato legal que colocaram e que antes de cada capítulo tem uma frase que remete ao que irá acontecer no decorrer da história, junto a isso o número do capítulo é colocado dentro do mesmo balão de coração da capa. As páginas são amarelas como padrão da editora.

Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Nota da Nathy”]

Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM    Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM    Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM     Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM     Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider2]

Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM[divider2]

O livro é uma cortesia da Editora Verus. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.

[divider2]

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

19 Comments

  1. […] Na última prova da nossa gincana é necessário preencher as lacunas e completar as frases. Dica: Leia a review do livro clicando aqui […]

  2. Rafaela Dórea 23 de dezembro de 2012 at 01:45 - Reply

    Não tinha ouvido falar no liro antes , mas depois de ver sua resenha é um dos livros desejados para 2013 , fiquei muito curiosa para ler a história e conhecer os personagens ainda mais.

  3. Maria Fileto 22 de dezembro de 2012 at 22:55 - Reply

    adorei.. é mais um pra minha lista do ano que vem…

  4. […] Dica: Leia a resenha do livro clicando aqui […]

  5. Pamela Castilhos 21 de dezembro de 2012 at 11:52 - Reply

    Gostei muito da sinopse desse livro e já estava na minha lista de desejados…tomara que eu ganhe!!!

  6. Débora Teixeira 20 de dezembro de 2012 at 00:02 - Reply

    Ultimamente estou lendo só Nora Roberts, quero ler livros de outros autores e este parecer ser uma ótima opção.

  7. Fernanda Alves 19 de dezembro de 2012 at 21:34 - Reply

    Amei a capa, e pela resenha o livro parece ser ótimo, estou doidinha para ler

  8. Juliana Suzart 18 de dezembro de 2012 at 18:43 - Reply

    Um romântico incorrigível é muito bom!! Pela descrição que você deu do livro parece muito com Charlotte Street outro livro que gostei bastante.
    Beijos! 😀

  9. Giselle Farias Alves Pereira 18 de dezembro de 2012 at 13:26 - Reply

    Gostei bastante do livro, muito interessante, história intrigante que dá vontade de ler a primeira vista! As capas são lindas… sem dúvida nenhuma vou colocar essa maravilha, em minha meta de leitura!!!

  10. Hortencia Helena 17 de dezembro de 2012 at 23:23 - Reply

    Mari, PARA tudo o Gavin se parece com o James Fraco???!!!! =O Apaixonei! kkkk
    Mas pera, o filme é baseado na história do autor? Que fofis! *.*
    Já li algumas resenhas sobre o livro e será que posso classificá-lo como Chick-lit? Hahahaha quero muitooo ver/ler a família hilária dele!

    Gostei das 2 capas tbm!

    bjs

  11. Giovanna Appel 17 de dezembro de 2012 at 22:45 - Reply

    Eu olho essa capa e esse título e me dá “água na boca” para ler esse livro. E com essa resenha então. Eu quero muito ele, já gosto de gente romântica, incorrigível ainda, assim me matam O.O
    Quero muito ler, parece ser muuuuuito bom!

  12. Fabiola Luz 17 de dezembro de 2012 at 17:00 - Reply

    Amei!! Quero muuuito ler!! Já tô participando da promo tbm!!!

  13. isabela Fernandes 17 de dezembro de 2012 at 01:29 - Reply

    Nunca tinha ouvido falar nesse livro. Mas depois da sua resenha ele entrou para a lista de ” desejados” e “quero muito ler”. Os personagens me parecem bem construídos e do tipo que eu gosto ( atrapalhados e engraçados).
    Gostei mais da capa brasileira do que a americana.

    Um Beijão,
    Isabela

  14. Beatriz Segatto 22 de setembro de 2012 at 17:40 - Reply

    Agora fiquei curiosa em ler a história parece ser interessante, também gostei das duas capas acho que ambas chamam a atenção mesmo sendo totalmente diferentes. Lendo vc falar sobre que torcia para que Hope e Gavin terminassem juntos se tornando uma história clichê devo confessar que muitas vezes quando leio ou vejo um filme também preferiria que terminasse dessa forma como vc descreveu, mas enfim uma ótima resenha como sempre Nathy =)
    Bjos

    • Nathalia Garcia 23 de setembro de 2012 at 15:42 - Reply

      @twitter-282612500:disqus
      Isso que é legal as duas capas são tão diferentes, mas ao mesmo tempo chama muita atenção, adorei essa jogada deles. Tem histórias que ás vezes seriam melhor se acabassem como um simples clichê, amizade entre um homem e uma mulher que no final se tornam amantes é muito legal rs Beijos

  15. Livros e blablablá 10 de setembro de 2012 at 01:24 - Reply

    Oi Nathalia!
    Pela capa, confesso que não imaginava que fosse ser tão bom. Sua resenha me deixou MUITO curiosa. O fato de ser narrado por um homem é melhor ainda.
    Preciso desse livro urgente!!

    Beijos
    Juh Sutti

    • Nathalia Garcia 10 de setembro de 2012 at 14:56 - Reply

      @twitter-58791906:disqus Heyy pode me chamar de Nathy viu 😉

      Quando vi a capa tinha me apaixonado, mas também não tinha ideia que seria tão bom assim. Essa foi a primeira vez que leio algo que é um homem quem narra, foi muito legal rs… Ain fiquei tão feliz de saber que agora quer ler o livro, espero que goste dele *-*
      Beijos

  16. Maria Fileto 9 de setembro de 2012 at 23:01 - Reply

    nossa adorei o quote:
    “- Tudo na vida é uma escolha, e eu estava escolhendo ser feliz.” Gavin.
    Acho q essa devia ser a escolha de todos nós. Mais um pra minha já imensa lista de leituras..

    • Nathalia Garcia 10 de setembro de 2012 at 14:54 - Reply

      @facebook-1383333701:disqus Esse quote mexeu muito comigo, porque realmente a nossa vida é cheia de escolhas, mas acaba que não escolhemos aquilo que nos faz feliz, esse quote foi algo para se pensar rs… Aewww mais uma que irá ler fico muito feliz mesmo *-*

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)