O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo: O Diário de Suzana para Nicolas – Skoob – Goodreads

Titulo Original: Suzanne’s Diary for Nicholas

Autor(es): James Patterson

Tradução: Cássia Zanon

Editora: Arqueiro

Ano: 2011

ISBN: 978-85-8041-027-3

Número de páginas: 223

Sinopse: Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”.

Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida. O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou.

[divider3 text=”Sobre o Autor”]

O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMJames B. Patterson nasceu no dia 22 de Março de 1947, é um autor americano de romances de suspense, amplamente conhecido por sua série sobre o psicólogo americano Alex Cross. Assim como é autor de muitos outros livros de não-ficção e romances. Ele é bacharel de arte inglesa pelo Manhattan College e mestre de artes pela Universidade Vanderbilt. Atualmente mora em Palm Beach Flórida, com sua esposa Susan e seu filho, Jack.

[list style=”arrow”]

 

[/list]

[divider3 text=”Opinião da Nathy”]

Esse é um dos livros mais lindos que já tive o prazer de ler, porém confesso que quando foi lançado e vi várias resenhas afirmando que tinham chorado não quis de forma alguma pegar e me arriscar na leitura, porque sou uma pessoa que se envolve de tal maneira que até mesmo em livros que não são feitos para as pessoas derramem lágrimas, fico em um estado lamentável de tanto chorar, então podem imaginar a minha resistência. Porém, acabei me rendendo a história e aos seus personagens, portanto, o que irei dizer agora não será nenhuma surpresa para vocês, sim chorei até não aguentar mais e estou quase chorando agora escrevendo a resenha. Tenho certeza que qualquer um que leia sobre a história de Katie, Matt, Suzanna e Nicholas vão se emocionar grandemente.

A narrativa fica variando entre Katie e Suzanna principalmente, um fato da qual gostei é que tudo o leitor sabe sobre a história de Suzanna é através desse diário que escreveu para seu filho, o que de certa forma facilita demais compreender os sentimentos das duas personagens principais. Apesar de quando a história está sendo mostrada na vida de Katie a narrativa muda para terceira pessoa, uma das narrativas que mais me agrada.

[note color=”#FFF2D2″]

“Katie não conseguiu ir  trabalhar naquele dia. Não conseguiria encarar o pessoal do escritório. Ou um estranho no ônibus. Já havia sido alvo de muitos olhares curiosos no barco.

[/note]

Vou começar falando de Katie, enquanto estava esse livro me sentia da mesma forma que ela, conseguia entender seus sentimentos após ter sido deixada pelo o homem que mais amava em sua vida e sem nem ao menos entender os motivos disso, porque em sua visão estava tudo bem. Um personagem realmente forte que luta para conseguir superar esse término, mas o que mais mostrou como ela é forte foi o fato de conseguir ler inteiramente o diário de Suzanna, a esposa de Matt, no seu lugar acredito que estaria sofrendo tanto que não conseguira ler nada que viesse dele. Senti suas dores e muitos momentos quando ela estava chorando pelo término e outras coisas me via controlando demais as lágrimas.

[note color=”#E5C1C1″] “Nunca se sentira tão magoada em toda a vida. Nada sequer se comparava a isso. Ela havia perdido o único homem que amara. Nossa, como amava Matt” [/note]

Agora é impossível não se apaixonar por Suzanna, uma mulher meiga, carismática, feliz e acima de tudo ama todas as pessoas ao seu redor sem pedir nada em troca. Quando fui apresentada a essa personagem vivenciei o mesmo conflito de Katie, porque estava disposta a torcer por Katie até o final do livro, porém ao conhecer Suzanna também estava torcendo para que o romance dela desse certo. A forma como conheceu Matt e o romance entre os dois foi desenvolvido se tornou ainda mais perfeito, diante dessa visão por muitos momentos acreditei que ele amasse mais a Suzanna do que a Katie, porém não tem como julgar isso, pois não é possível o leitor ver o romance de Katie e Matt acrescendo, ao contrário do de Suzanna.

Matt diria que é um personagem bem secundário, somente aparecendo quando as duas mulheres resolvem falar dele, posso dizer que ele me fez chorar demais. Emocionante por tudo o que ele passou e ainda assim encontrou forças depois de muito tempo para seguir em frente com sua vida. A história dele na minha visão é totalmente isso, a superação após os acontecimentos em sua vida, não entrarei em muitos detalhes para não soltar nenhuma Spoiler e estragar a leitura. Mas, garanto que os leitores também vão se apaixonar por ele e se compadecer de sua grande dor.

[note color=”#FFF2D2″]

“‘Eu sei… e gosto disso. Mas, ainda assim, mal posso esperar por amanhã. Boa noite, Matt.

Ele se inclinou para a frente, beijou meus lábios de leve e foi embora” [/note]

Esse é um livro realmente tocante e que nos mostra as infinitas possibilidades em nossas vidas e não podemos simplesmente fechar os olhos para o que está diante somente por medo do que irá acontecer, que mesmo que tudo pareça perdido sempre terá algo que mudará sua vida. Recomendo para todas as pessoas que amam um verdadeiro romance com algumas partes de drama.

[divider3 text=”Quote Favorito”]

O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Capa e Diagramação”]

A capa é linda demais tendo essa praia com todo um caminho, a capa não difere da americana original, mas tem outra capa que foi lançada com uma mulher na frente, acredito que seja por causa da adaptação para o cinema. Enfim, a capa chama realmente a atenção e passa a ideia do que está para vir no livro. A diagramação é simples, não tem número de capítulo tudo é dividido por páginas com o nome de Katie e outra com Diário, eu gostei demais dessa forma de leitura acredito que é o que tenha facilitado tanto a leitura.

O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Nota da Nathy”]

O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM    O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM    O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM     O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM     O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM