A Sociedade Cinderela - Kay Cassidy - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo: A Sociedade Cinderela – Skoob – Goodreads

Titulo Original: The Cinderella Society

Autor(es): Kay Cassidy

Tradução: Viviane Diniz

Editora: Galera Record

Ano: 2013

ISBN: 978-85-0109-332-5

Série: A Sociedade Cinderela

Volume: 1

Número de páginas: 306

[spacer size=”2″]

Sinopse: Aos 16 dezesseis anos, Jess Parker se acostumou a ser invisível. Depois de mudar de escola várias vezes por conta do trabalho do pai, ela se conformou com o status de eterna garota nova. Mas agora Jess tem a chance de uma vida: um convite para participar da Sociedade Cinderela, um clube secreto das garotas mais populares da escola, onde makeovers fazem parte do pacote. Mas há mais a ser uma Cindy que apenas reinventar o visual. E Jess está prestes a descobrir. Clique aqui e confira o primeiro capítulo.

[divider3 text=”Sobre o Autor”]

A Sociedade Cinderela - Kay Cassidy - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMEx-líder de torcida universitária e ex-integrante de uma república de garotas, Kay é também fundadora do programa nacional de leitura para crianças e adolescentes Great Scavenger Hunt ContestTM e anfitriã do inspirador projeto de internet Living Your FiveTM. Ela espera que A sociedade Cinderela, seu primeiro romance, venha a inspirar leitoras a seguirem sua Cindy interior.

[list style=”arrow”]

[/list]

[divider3 text=”Opinião da Mari”]

O livro A Sociedade Cinderela foi uma agradável surpresa, esperava um conteúdo mais adolescente, como estou acostumada a ver em outros livros do gênero, mas acabei me deparando com uma história que vai muito além. O poder feminino como descrito na contracapa é realmente um ponto importante, mas a forma que a autora abordou outros temas como o bullying e a autoestima das garotas foi o que realmente me encantou na história. Assim que iniciei o livro tive um pouco de dificuldade de fazer a leitura “engrenar” e não sei dizer exatamente o porquê, pois quando me perguntavam a respeito do livro me via empolgada, querendo comentar sobre diversos momentos, principalmente em relação à forma que as garotas lidavam com o bullying.

A narrativa do livro é realizada em primeira pessoa e apesar de abordar temas atuais sempre faz referencias ao conto de fada, A Cinderela, amo esse tipo de referencia e achei incrível a forma que ela foi abordada no livro, pois a autora não se focou no trabalhado forçado da princesa e na busca por seu príncipe encantado – ainda que ele exista na história – mas na forma que ela poderia lidar com os comentários das malvadas. Os termos utilizados no livro – como cindys, malvadas, joviais, encantado – são bem adolescentes, mas como explicado durante a própria leitura, eles foram adotados pela Socidade de forma proposital para que seja fácil a assimilação das Cindys. E tenho que concordar foi muito fácil assimilar os termos, as atitudes e os personagens.

[note color=”#FFF2D2″]

“A missão das Malvadas é dominar os Joviais e fazê-los realizar seu trabalho sujo. Nossa missão é proteger os joviais e, essencialmente, derrotar as Malvadas.”

[/note]

A história desenvolve um mistério envolvendo a missão das Malvadas, não sei dizer se ele foi de fato desvendado e eu acabei não entendendo ou se veremos o seu desfecho no próximo livro, mas acredito que essa seja a opção correta, pois história não se limita A Sociedade Cinderela, há muitas cindys e malvadas espalhadas pelo mundo. De qualquer forma ainda que existam algumas pontas soltas, o livro tem um começo, meio e fim, algo que me agrada muito, pois odeio quando no melhor da leitura de uma série, trilogia, etc. A história se encerra e a espera por sua continuação dura uma eternidade.

Ainda falando sobre os temas do livro, me agradou muito o romance envolvendo Jess, a personagem principal, e Ryan. Os capítulos narrando os momentos dos dois fluíram muito bem e mesmo sem uma relação perfeita – nada tão complicado como o visto em Belo Desastre e outros New Adults – torci para o casal e pelo amadurecimento de ambos os personagens. E nesse ponto a autora acertou em cheio o romance não passou de beijos mais ardentes, mas são descritos tão bem, que foram o suficiente para demonstrar a intensidade e sentimento do casal.

[note color=”#E5C1C1″] “Os lábios dele tocaram os meus de forma suava, mas quando ele inclinou minha cabeça, os beijos ficaram mais fortes, trazendo à tona todo tipo de sensação. Nossas línguas se encontraram e se entrelaçaram numa dança lenta. Ele passou uma das mãos por trás de mim para proteger minhas costas onde eu me apoiava na grade. A outra mão acariciava meu pescoço, fazendo pequenos círculos com o polegar que incendiavam minha pele.” [/note]

Outro ponto positivo no livro foi o desenvolvimento dos personagens, Jess inicialmente era muito insegura, mas foi crescendo durante o tempo, a transformação dela não foi gradual, mas ainda assim me agradou bastante, pois se encaixou bem na história. Ninguém muda da noite para o dia e ainda que eu entenda isso, em alguns momentos eu só conseguia pensar como ela não poderia ver o que estava bem diante dos seus olhos, mas enfim, nada que realmente prejudicasse a leitura. Os personagens coadjuvantes eram muitos e algumas vezes me vi um pouco perdida, mas me encantei por Sarah Jane e Ryan. Lexi a antagonista também é ótima, mas gostaria de ter visto um aprofundamento maior da personagem, infelizmente em livros narrados em primeira pessoa isso não sempre é possível.

O livro sem dúvida é uma leitura recomendada, não apenas para adolescentes, mas para todas as Cindys existentes no mundo.

[divider3 text=”Quote Favorito”]

A Sociedade Cinderela - Kay Cassidy - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Capa e Diagramação”]

A Sociedade Cinderela - Kay Cassidy - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Gostei muito da capa do livro. Ela não me diz muito e por esse motivo acho que acabei ficando instigada a ler a história. O livro definitivamente é voltado para o público feminino, ainda assim acho o branco da capa muito mais suave a agradável, que o rosa choque, presente na capa americana.

Quanto à diagramação do livro, as páginas são amarelas, letras de tamanho razoável. Os capítulos iniciam na página seguinte e a numeração contém detalhes em forma de sapatos de cristal. As conversas instantâneas foram descritas utilizando diferente fonte e tabulação, sendo assim diferenciadas dos diálogos, sinalizados com travessões. Gosto quando a editora se atenta a esses pequenos detalhes então fiquei bem satisfeita com a diagramação.

[divider3 text=”Próximos Volumes”] [list style=”arrow”]

    • A Sociedade Cinderela – #1Lançamento no Brasil: Abril/2013
    • Cindy On a Mission – #2: Não há previsão de lançamento
[/list]

[divider3 text=”Trilha Sonora”] [list style=”arrow”]

    • We are the champions  – Queen – Youtube
    • Neon – John Mayer – Youtube
    • John Mayer – Any Given Thursday (Álbum) – Youtube
    • Avril Lavinge – Youtube
[/list]

[divider3 text=”Nota da Mari”]

A Sociedade Cinderela - Kay Cassidy - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Sociedade Cinderela - Kay Cassidy - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Sociedade Cinderela - Kay Cassidy - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Sociedade Cinderela - Kay Cassidy - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Sociedade Cinderela - Kay Cassidy - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Onde Comprar”] [list style=”arrow”]

[/list] [divider2]

O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.

[divider2]