Switched at Birth – 2X12: Distorted House – #Review

Home/O Blog da Mari, Reviews, Séries, Switched at Birth/Switched at Birth – 2X12: Distorted House – #Review

Distorted House em minha opinião foi o melhor episódio até o momento dessa temporada, teve algumas coisas que não gostei, mas as que realmente amei superarão tudo e estou ainda mais ansiosa por ver cenas como desse episódios nos próximos. Então continue lendo e saiba mais a minha opinião do episódio lembrando que CONTÉM SPOILERS para quem ainda não viu.

Ângelo e sua busca incansável para encontrar sua filha que foi adotada por alguma família, amei que exploraram isso e o mostrando em outros locais ao invés de somente explicar um saída do ator, fiquei morrendo de pena dele procurando de todas as formas juntar sua família. Amei quando ele pegou na mão da Regina e pediu que ela e a Bay ficassem, pois estava precisando demais da sua família.

Switched at Birth - 2X12: Distorted House - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Não gostei do John dando o emprego para o Toby mesmo sabendo que isso iria acontecer e que o menino estava precisando de dinheiro para poder se casar, porém não achei justo com o Travis em vista de que o mesmo se esforça muito mais no lava-rápido e sempre está disposto a consertar o que está quebrado. Acho que John somente deu esse emprego porque a Kathy insistiu que isso acontecesse.

Switched at Birth - 2X12: Distorted House - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Quem não está amando Bay e Ty? Os dois juntos estão tão incríveis, a forma como estão abordando tudo o que passou longe servindo ao exercito. Foi realmente emocionante a história que contou sobre a menina segurando o martelo, espero que logo role alguma coisa a mais entre os dois, porque essa cumplicidade que os dois estão tendo, essa coisa do Ty aceitar a ajuda da Bay ela não tinha com o Emmett, por mais que gostasse dos dois depois que ele a traiu meio que perdeu o encanto em minha opinião, e ainda que queira que The Lying Game não seja cancelada, estou amando os dois juntos.

Switched at Birth - 2X12: Distorted House - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Kathy e Daphne estão forçando uma situação que deveria acontecer naturalmente, primeiro porque Daphne depois que descobriu que Bay ia viver com Regina fez de tudo para que isso não acontecesse, ou seja, queria as duas mães para si mesmas, assim como Kathy deseja ter as duas filhas para si, nesse ponto eu não consigo gostar dos Kennish sempre tão possessivos. Elas estão tentando se tornar mãe e filha, porém estão pressionando demais uma a outra.

Switched at Birth - 2X12: Distorted House - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Final do episódio ainda melhor, vamos combinar que foi um dos melhores com Bay, Ângelo e Regina dançando na sala depois de terem comido pizza caseira, ainda mais com Kathy e Daphne entrando na casa e vendo toda aquela cena, os três mostraram que já estavam se tornando uma família, como deveria ter sido e estavam felizes com isso, mostrando também que conseguiam se cuidar muito bem, quero muito mais cenas dos três juntos como uma verdadeira família. Nesse ponto sou totalmente na torcida pela família Ângelo, Bay e Regina.

Switched at Birth - 2X12: Distorted House - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Comentários Rápidos

      About the Author:

      Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

      Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)