Abandono - Meg Cabot - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo: Abandono – Skoob – Goodreads

Titulo Original: Abandon

Autor(es): Meg Cabot

Tradução: Camila Mello

Editora: Galera Record

Ano: 2013

ISBN: 978-85-01-09534-3

Trilogia: Abandon

Volume: 01

Número de páginas: 304

[spacer size=”2″]

Sinopse: Desde que Pierce Oliviera se afogou na piscina de sua casa e passou por uma experiência de quase morte, sua vida mudou. Dois anos depois, expulsa de sua antiga escola e sem amigos, ela só quer começar tudo de novo – e sua mãe parece acreditar que levá-la para Isla Huesos, lugar onde nasceu e cresceu, é a solução para todos os problemas da filha. Afinal, uma menina de 17 anos precisa de alguma normalidade, não? O que ninguém sabe é que Pierce conheceu o misterioso John no mundo dos mortos, e agora o rapaz não a deixa em paz…Clique aqui para conferir o primeiro capítulo.

[divider3 text=”Sobre o Autor”]

Abandono - Meg Cabot - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMMeg Cabot já morou em Indiana, na Califórnia e na França. Trabalhou como ilustradora e é autora das séries O Diário da Princesa, A Mediadora e de Cabeça de Vento, entre outros, todos publicados pela Galera Record. Atualmente divide seu tempo entre Key West, na Flórida, e Nova Tork, com o marido e vários gatos, inclusive a de um olho só que se chama Henrietta.

[list style=”arrow”]

 

 

[/list]

[divider3 text=”Opinião da Nathy”]

Desde que li a ‘A Mediadora’ da Meg Cabot fiquei fascinada pela a escrita da autora e também por sua ousadia com novos temas envolvendo adolescentes, alguns dos livros dela confesso que não me agradaram muito justamente por ter uma chamada para o público mais jovem, quando vi que uma nova série seria lançada pela a Galera Record rapidamente quis saber do que se tratava essa história, confesso que não sou muito fã de histórias que envolvam o Submundo, mas como se tratava da Meg Cabot tive que dar uma chance.

No decorrer da leitura fica claro que a autora adaptou uma das histórias da Mitologia Grega para a nossa realidade e de uma forma bem sutil sem tocar na verdadeira história, posso dizer que somente pelo fato de se tratar de uma história envolvida com Mitologia Grega já me agradou demais, sou fascinada por esse tipo de história, então já podem imaginar que gostei demais desse primeiro livro da Trilogia, ainda que tivessem alguns pontos que não me agradaram, o livro consegue abrir um amplo campo para os próximos livros.

[note color=”#E5C1C1″]

“Seu nome é Perséfone, e a cena em que é raptada por Hades, deus dos mortos, e levada para viver no Mundo Inferior representa a maneira como os gregos explicavam a mudança das estações..

[/note]

A maioria dos livros da Meg Cabot flui de uma maneira maravilhosa, quando menos se espera está devorando todas as partes ansiosa para chegar ao seu final e também pegar logo em mãos os próximos volumes, posso dizer que isso aconteceu quando estava lendo Abandono, porém, algumas partes do mesmo parecia que autora estava enrolando para preencher páginas até que chegasse o ponto ideal para todo o desfecho acontecer, aliás o desfecho desse livro, porque com seu final somente fiquei curiosa para saber como a história continuará sendo desenvolvida e o que personagens tão cativantes iriam fazer.

[note color=”#FFF2D2″]

“Certa vez, morri.

Ninguém sabe ao certo por quanto tempo me fui. Fiquei sem nem mover por mais de uma hora

[/note]

Falando um pouco dos personagens a história gira em torno de Pierce, uma menina que após morrer encontrou uma forma de voltar a vida, mas ter a vida de volta nem necessariamente quer dizer que tudo voltará a ser como antes ainda mais quando se teve uma experiência desse tamanho, acho que ela podia aceitar que nada seria novamente o mesmo em sua vida, mas que deveria procurar um novo ponto de partida. Estava realmente gostando dela, porque ao mesmo tempo em que se mostrava frágil também mostrava que podia ser forte e que lutaria até o final para saber da verdade, porém essa força e coragem se a personagem não ter cuidado acaba fazendo com que tome decisões muito imaturas, isso em alguns momentos aconteceu com Pierce, mas nada que me fizesse odiá-la porque conseguia entender a sua necessidade em proteger aqueles que ama.

Como todo bom livro da autora tem que ter o romance e acredito que nos próximos um triângulo amoroso irá se formar, somente ainda não tenho certeza quem fará parte desse triângulo, não é algo que me agrada nos livros, mas uma coisa boa é que as mocinhas costumam ficar com o primeiro amor delas e isso geralmente enche os leitores de esperança. Posso dizer que a minha torcida está pelo John Hayden, um rapaz realmente misterioso que guarda muitos segredos que com certeza não serão completamente revelados nesse primeiro livro, mas algumas coisas os leitores já ficam sabendo e completamente cativados. Gosto quando os personagens agem de certa forma por ter algum motivo obscuro por trás, ainda que nesse já eu sabia do que se tratava somente a Pierce não conseguia enxergar o que estava bem diante de seus olhos.

[note color=”#E5C1C1″] “-Estou tentando começar de novo – expliquei – e, parte disso inclui não deixar que coisas ruins acontençam às pessoas que amo” [/note]

Um livro que conta com vários personagens secundários costuma me deixar um tanto confusa quando pego os próximos volumes, justamente por não ter uma memória muito boa, então somente àqueles que se destacam conseguem me fazer relembrar deles e torcer para que nenhum mal aconteça com os mesmos, como é o caso do Sr. Smith, no primeiro momento que apareceu não passava muita confiança e fiquei realmente cismada com tudo o que poderia conhecer e que de forma poderia prejudicar Pierce, ainda não consigo confiar plenamente no homem ainda que saiba tantas coisas e seja capaz de ajudar Pierce ou John a encontrarem seus caminhos.

Algo que me agradou demais no livro foi à presença das Fúrias, em livros que abordam histórias da Mitologia Grega não importa sobre quem estão falando é praticamente obrigatório à presença das mesmas, são personagens que em alguns livros amamos e nos outros odiamos, mas nesse livro tenho plena certeza que serão um problema sério, ainda mais quando estão tão obstinadas a matar pessoas inocentes para causar a infelicidade em outras. Muito ansiosa para saber o que irão fazer nos próximos livros.

[note color=”#FFF2D2″]

“-E agora há Fúrias atrás de mim – complementei.

[/note]

[divider3 text=”Quote Favorito”]

Abandono - Meg Cabot - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Capa e Diagramação”]

A capa é simplesmente linda, fico muito feliz que tenham mantido o padrão da americana e espero que os próximos volumes também sejam assim. A forma como a menina está deitada no chão e as cores do livro já chamam muita a atenção do leitor, foi uma das coisas que me fizeram ficar curiosa para saber o que iria acontecer nessa história. Também de alguma representa bem o que Pierce está passando. A diagramação do livro somente tem uma coisa diferente que está na mudança de capítulos, ao contrário de ser marcado por números cada capítulo se inicia com uma citação do livro Inferno de Dante Alighieri.

Abandono - Meg Cabot - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Próximos Volumes”]

[list style=”arrow”]

    • Abandono – Lançado em 2013
    • Underworld – Sem previsão de lançamento no Brasil
    • Awaken – Sem previsão de lançamento no Brasil

[/list]

[divider3 text=”Nota da Nathy”]

Abandono - Meg Cabot - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM    Abandono - Meg Cabot - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM    Abandono - Meg Cabot - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM     Abandono - Meg Cabot - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM     Abandono - Meg Cabot - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Onde Comprar”] [list style=”arrow”] [/list] [divider2]

O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.

[divider2]