Dexter – 7ª Temporada – #Review

Home/Dexter, O Blog da Mari, Séries/Dexter – 7ª Temporada – #Review

Dexter - 7ª Temporada - #Review | OBLOGDAMARI.COMA oitava e última temporada de Dexter começou essa semana, mas antes de iniciar as postagens – que espero fazer semanalmente – sobre ela, quero comentar sobre a temporada passada, que assisti, amei, mas enrolei eternamente para comentar a respeito. Algumas pessoas não se importam mais com o que aconteceu, mas para outras pode ser um ótimo recap.

Então continue lendo, relembre alguns dos principais momentos e aproveite para conferir a minha opinião sobre a 7ª temporada de Dexter. Lembrando que o post vai conter spoilers para quem não viu os episódios ainda.

[spacer size=”2″]

Os Episódios

[divider2]

[column size=”1-2″]

[list style=”arrow”]

    • 7X01 Are You…?
    • 7X02 Sunshine and Frosty Swirl
    • 7X03 Buck the System
    • 7X04 Run
    • 7X05 Swim Deep
    • 7X06 Do the Wrong Thing

[/list]

[/column] [column size=”1-2″ last=”1″]

[list style=”arrow”]

    • 7X07 Chemistry
    • 7X08 Argentina
    • 7X09 Helter Skelter
    • 7X10 The Dark… Whatever
    • 7X11 Do You See What I See?
    • 7X12 Surprise, Motherfucker!

[/list]

[/column]

A Temporada

[divider2]

No final da temporada passada, Deb vê Dexter matando Travis, o que muitos acharam óbvio. Particularmente achei que já estava na hora de ela descobrir que o irmão é um serial killer, então imaginem como fiquei frustrada quando inicialmente nessa temporada, Dexter ainda consegue enrolar Deb, com uma desculpa esfarrapada. Deb sempre foi toda bad ass, inteligente pra caramba – ainda que nunca tenha notado as atividades extras do irmão – e fiquei meio inconformada, que ela estava acreditando em toda aquela ladainha.

Dexter - 7ª Temporada - #Review | OBLOGDAMARI.COM Dexter - 7ª Temporada - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Felizmente a desculpa de Dexter não se sustentou por muito tempo e Deb pode finalmente surtar ao se dar conta de quem o irmão realmente era. E sem dúvida alguma, esse foi um dos melhores plots da temporada. Deb viveu um conflito muito interessante, dividida entre o irmão – por quem se descobriu apaixonada – e seus princípios. Não foi nada fácil para a garota e não sei como ela não pirou de vez, pois na teoria, ter um irmão serial killer, que mata apenas os bad guys pode até parecer interessante, mas na realidade a coisa é bem diferente.

Para complicar ainda mais essa conturbada relação, Dexter ainda conhece e se apaixonada por Hannah (Yvonne Strahovski – Chuck), uma serial killer assim como ele (ou quase isso). A inserção da atriz na série foi ótima, pois diferente de Rita e Lumen, a garota conhecia o verdadeiro Dexter e desfrutava do mesmo prazer que ele. Criei certa antipatia pela personagem quando ela matou o jornalista/escritor Sal Price (Santiago Cabrera) – o ator já havia me conquistado em Covert Affairs, amei a participação dele em Dexter – e a antipatia somente aumento quando ela começou a tentar colocar Dexter contra Deb. Então acabei amando ver Hannah sendo presa, após um plano perfeito realizado por Deb.

Dexter - 7ª Temporada - #Review | OBLOGDAMARI.COM Dexter - 7ª Temporada - #Review | OBLOGDAMARI.COM

E como se não bastassem todos esses conflitos, Dexter ainda foi perseguido como nunca antes, tanto que ainda no inicio da temporada eu só conseguia pensar, ele não vai conseguir escapar de tudo isso, são muitas pessoas querendo pega-lo, mas magicamente ele conseguiu novamente. E o melhor de tudo é que as próprias pessoas que o perseguiam acabaram matando umas as outras. O primeiro deles foi Louis, que confesso não sei como durou tanto tempo. O estagiário inicialmente parecia que poderia ser uma grande ameaça, mas não demorou muito para ser apenas mais um na lista dos que apenas tentaram incriminar Dexter, sendo morto por Isaak Sirko (Ray Stevenson).

Dexter - 7ª Temporada - #Review | OBLOGDAMARI.COM Dexter - 7ª Temporada - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Isaak, então, foi uma surpresa ainda maior, chefe da máfia, todo poderoso, tinha tudo para ser um antagonista tão bom quanto os outros, que estiveram presente na série, mas acabou se revelando apenas um homem apaixonado. Durante toda a temporada, fez ameaças a Dexter e tentou o matar diversas vezes, para depois se aliar ao serial killer, numa tentativa de sobreviver dos seus próprios inimigos. Tudo isso apenas para vingar a morte do seu amante, que por ironia havia sido morto pelo próprio Dexter após ter matado o detetive Mike Anderson no inicio da temporada. Gostei de ver a busca de gato e rato entre os dois, me simpatizei pelo personagem do Isaak, mas esperava um pouco mais de alguém que se dizia tão “malvado”. Definitivamente ele não foi o antagonista principal da história, como imaginei que aconteceria – por sinal será que teve um principal?

No desenvolver da temporada, ainda vemos o assassino da mãe de Dexter, Hector Estrada (Nestor Serrano), ser solto. O reencontro dos dois me agradou demais, pois há muito tempo imaginava como Dexter o mataria. Confesso que achei a morte dele simples, pensei que o Dexter fosse fazer com que ele sofresse mais, de qualquer forma as circunstancias não ajudavam muito, visto que LaGuerta estava tão perto de descobrir a verdade. No fim acredito que a morte de Hector acabou sendo satisfatória.

Dexter - 7ª Temporada - #Review | OBLOGDAMARI.COM Dexter - 7ª Temporada - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Finalizando a temporada, o meu maior desejo foi realizado e LaGuerta acabou sendo morta, após tentar como nunca provar que Dexter era o BHB. Desde a primeira temporada a acho insuportável, em diversos momentos desejei a morte dela e ainda que não tenha sido realizada por Dexter, não poderia ter ficado mais feliz. Os momentos que precederam a morte dela foram de muita tensão, não sabia qual decisão Deb tomaria, até porque mesmo odiando a LaGuerta estando no lugar de Deb não sei o que faria. De qualquer forma todo ato tem uma consequência e a minha expectativa está altíssima.

Onde Comprar

[divider2]

[list style=”arrow”]

[/list]

[divider2]

[list style=”arrow”]

[/list]

[divider2]

About the Author:

Mariana Garcia - A Mari! Tem 28 anos e é formada em Engenharia da Computação. Seu maior vício são as séries. Sua watchlist está lotada, mas nunca demais para adicionar um novo reality show. Nos livros assim como nos filmes seu gênero predileto são os romances e as comédia românticas (chick-lits).

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)