Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo: Eu Sou o Número Quatro – Skoob – Goodreads

Titulo Original: I am number Four

Autor(es): Pittacus Lore

Tradução: Débora Isidori

Editora: Intrínseca

Ano: 2011

ISBN: 978-85-8057 – 013 – 7

Série: Lorien Legacies

Volume: 01

Número de páginas: 350

Sinopse: “Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos — mas somos reais. Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. O Número Um foi capturado na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Eu sou o Número Quatro. Eu sou o próximo.” Primeiro Capítulo Disponível.

[divider3 text=”Sobre o Autor”]

Pittacus Lore é um pseudônimo usado por James Frey e Jobie Hughes para escrever a série Os Legados de Lorien, publicado pela Editora Intrínseca.

Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMJames Frey é um escritor americano, foi alvo de alguns escândalos quando investigadores descobriram que os principais elementos de seu livro de memórias The Million Little Pieces eram tudo inventadas.

[divider2]

Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMJobie Hughes também é um escritor americano, frequentou a Universidade de Ohio que com uma bolsa de estudos conseguiu se formar em 2002 e ganhou um diploma de mestrado em Escrita da Universidade de Colombia Artes em 2009. Atualmente vive em Michigan.

[divider3 text=”Book Trailer”]

[media url=”https://www.youtube.com/watch?v=L6w4Vk8UWus”]

[divider3 text=”Opinião da Nathy”]

Esse é um daqueles livros em que preferi ver primeiro o filme para depois me arriscar em alguma leitura, ainda mais por saber como geralmente são as adaptações mudam tantas coisas que quase não reconhecemos o livro dos filmes, nesse tiveram algumas diferenças, mas ainda assim não perdeu a identidade do livro. Nem preciso dizer que gostei muito mais do livro por ser mais completo e mostrar uma situação um pouco diferente, acho que principalmente os personagens deveriam ter sido mantidos com suas personalidades, mas ainda assim me arrisquei em continuar a leitura dessa série, não posso dizer que é uma das minhas favoritas, mas ainda assim muito bem desenvolvida.

Histórias que envolvem alienígenas não me atraem em nada, por esse motivo que ainda não li A Hospedeira outro livro da qual as pessoas falam demais, esse é outro problema com a qual lido quando um livro fica muito visado tenho a tendência a não gostar dele ou de demorar demais para ler, por isso não estou muito empolgada para o lançamento do próximo livro, ainda que esteja curiosa para saber qual será o destino dos personagens principalmente no que se refere ao romance. Um dos pontos que não gosto nos livros de hoje é o excesso de triângulo amoroso, nessa série de livros não é diferente outro motivo pela a qual não esteja empolgada pelo próximo volume.

[note color=”#FFF2D2″]

“-Os Legados vivem. Eles vão se encontrar e, quando estiverem prontos, eles vão destruir vocês.”

[/note]

A narrativa da história é em primeira pessoa com a visão de Quatro/John, como muitos sabem não é meu estilo favorito, mas ele parece que me persegue porque a maioria dos que pego são com esse estilo de narrativa, estou sendo praticamente forçada a gostar de alguma forma desse gênero. A leitura flui de forma excelente quando menos espera já esta terminando o livro, porém acho que como o leitor vê tudo pela visão do Quatro/John parecia que tinha apenas 13 anos ou mais ou menos essa idade e não realmente um adolescente quase chegando na fase adulta.

[note color=”#E5C1C1″]

“No começo éramos nove. Partimos ainda pequenos, quase jovens demais para lembrar .”

[/note]

Quatro/John está muito longe de ser um dos meus personagens favoritos, mimado, egoísta, somente pensando em conseguir aquilo que deseja sem nem se importar com sua verdadeira missão, por várias atitudes o achava mais parecido com uma criança do que um dos Loriens que deveriam salvar a Terra. Não consigo me apaixonar pelo personagem nem mesmo quando foi feito pelo Alex no filme, acho que suas atitudes e maneiras foram piores do que imaginava, não sei como alguém pode desejar dar as costas a tudo o que acontece e sabe que deve fazer por causa de uma menina. Amo livros de romance, mas nesse desejava que não tivesse nenhuma menina, pelo menos não alguém como Sarah.

Nesse primeiro livro Sarah é uma menina que está na escola e afastada de todas as pessoas que conhece após alguns acontecimentos em sua vida, outra personagem que não me animou em absolutamente nada, não conseguia desejar que ficasse com Quatro justamente pelo comportamento de ambos. Acho que tentaram fazê-la uma personagem carismática e cheia de mistérios, mas somente me fizeram ficar com cada vez mais raiva dela e desejando que ficasse com sue namorado Mark.

[note color=”#FFF2D2″]

“-Sou Sarah Hart. Minha mãe é a corretora de imóveis.  Ela me contou que você provavelmente começaria hoje na escola e me disse para procurá-lo. E você é o único aluno novo por aqui hoje.”

[/note]

O que me fez adorar esse livro foram os coadjuvantes como Henri o guardião de Quatro, pode ser que por ser um homem mais velho sabia exatamente que decisões tomar pelo bem de ambos, sofri demais com algumas coisas que aconteceram, não cheguei a chorar ou coisa parecida, mas acho que poderia ter sido de alguma forma diferente. O filme não retrata fielmente o que aconteceu com ele e isso achei um erro muito grave em vista de que é muito importante essa cena. Estava torcendo demais para que encontrasse algum amor no livro, mas ele mesmo afirmou que já tinha encontrado o amor de sua vida e não aconteceria de novo.

Outros dois personagens que gostei demais foi Sam e Seis, começando por Sam ele é aquele tipo adolescente excluído na escola porque ninguém entende seu jeito acabando sofrendo bullying por parte daqueles que se acham superiores, amei o personagem e com seu jeito sarcástico conseguir de alguma forma bloquear todas as ofensas que sofria. Já Seis merece um final excelente para si, uma vez que é uma guerreira e não se esconde atrás da máscara de boa moça, está lutando por uma causa maior e sabe qual é o seu destino não fica se prendendo em detalhes, espero que tenha um romance com alguém a sua altura.

[note color=”#E5C1C1″]

“Henri sorri e indica com o queixo as duas mulheres sentadas algumas mesas adiante. As duas são lindas. Uma delas está usando uma camiseta com a inscrição ‘Fazemos melhor em Tuscaloosa'”

[/note]

[divider3 text=”Quote Favorito”]

Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Capa e Diagramação”]

A capa do livro tem de dois formatos, nem preciso dizer que gosto muito mais da capa do filme com o Alex na frente, o único problema é para quem faz coleções porque pelo visto irá demorar um pouco para que fiquem prontas as dos próximos volumes. A diagramação do livro é simples, com cada capítulo começando em uma nova página, somente quando a cena muda no mesmo capítulo tem uma marcação que ajuda o leitor a não se perder.

Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Próximos Volumes”] [list style=”arrow”]
  • Eu Sou o Número Quatro – #1: Lançado em 2011
  • O Poder dos Seis – #2: Lançado em 2011
  • A Ascensão dos Nove – #3: Lançado em 2012
  • The Fall of Five – #4:  Lançamento Agosto de 2013 nos Estados Unidos
[/list]

[divider3 text=”Nota da Nathy”]

Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM    Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM    Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM     Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM     Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

[divider3 text=”Onde Comprar”] [list style=”arrow”]