De Volta para Casa – Karen White – #Resenha

Home/De Volta para Casa, Karen White, Livros, O Blog da Mari, Resenhas/De Volta para Casa – Karen White – #Resenha

Sinopse: Cassie Madison fugiu de Walton, Geórgia, para Nova York quando soube que sua irmã, Harriet, e seu amor, Joe, tinham-na traído e iam se casar. Ao chegar em Manhattan, sua ideia era se reinventar, mergulhar de cabeça na carreira e até mesmo perder o sotaque provinciano. Tudo para apagar seu passado marcado pela traição e por uma família que não lhe tratara com o devido cuidado. Mas, numa noite, um único telefonema de sua irmã trouxe de volta tudo que ela pretendia esquecer. Com o pai muito doente, ela foi obrigada a fazer a viagem de volta e, enquanto arrumava as malas, seus maiores medos eram que o pai morresse sem que ela pudesse estar com ele e… encontrar a família feliz que Harriet e Joe tinham construído. Já em Walton, Cassie percebe que enfrentará uma imensa batalha particular, porque, afinal, ela não consegue deixar de amar seus sobrinhos — e nem deixar de se sentir em casa, naquela cidadezinha de sua infância. Enquanto se divide entre o rancor e a esperança, velhas e queridas lembranças e uma mágoa insustentável, o destino arrumaria uma forma de aproximá-la do que realmente importa: o verdadeiro amor. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

De Volta para Casa - Karen White - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: De Volta para Casa – Skoob – Goodreads

Titulo Original: Falling Home

Autor(es): Kate White

Tradução: Fernanda Castro Bulle

Editora: Novo Conceito

Ano: 2013

ISBN: 978-85-8163-241-4

Número de páginas: 447

Sobre a Autora

De Volta para Casa - Karen White - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Depois de ler … E o Vento Levou, Karen White decidiu que queria ser escritora. Apesar desta aspiração, seguiu carreira em Gestão de Negócios por dez anos, quando, finalmente, largou o mundo corporativo e escreveu seu primeiro livro. Desde então já foi indicada várias vezes ao RITA e ganhou duas vezes o Readers’ Choice Awards dos Estados Unidos.

Booktrailer

Opinião da Nathy

Geralmente livros que envolvem histórias de duas irmãs me fazem demorar em ler porque não consigo não enxergar a minha relação com a Mari, por isso não vou negar que esse livro me levou as lágrimas tanto que cheguei a soluçar no final e quando fui conversar com a Mari sobre o que tinha acabado de ler comecei novamente a chorar, por isso demorei um pouco para começar a escrever a resenha porque não queria chorar novamente. A história é de Cassie e Harriet que se afastaram após Harriet fugir com o namorado da adolescência de Cassie e se casar com ele, depois de quinze anos ela retorna a cidade por causa de seu pai que não está nada bem de saúde, quando peguei no livro jurava que seria somente isso no livro, mas o enredo realmente fica muito tenso que não consegui largar o livro até que tivesse chegado no seu final, amo quando isso acontecesse com autoras desconhecidas, nem preciso dizer que meu próximo livro dela será Após a Tempestade.

Cassie Madison é uma mulher realmente muito forte e está tentando deixar esse passado para trás, sinceramente entendo que possa ter doído muito ter sido trocada por sua irmã, mas já se passava mais de quinze anos com certeza não iria conseguir ficar tanto tempo longe das pessoas que amo e eventualmente teria superado isso quando visse que os dois foram feitos um para o outro. Esse foi o grande problema de Cassie não enfrentar o problema de frente e com isso perdeu os melhores momentos de sua vida com seu pai e sua família. Em alguns momentos tive muita vontade de bater nela por ficar batendo sempre na mesma tecla, mas entendi que estava com medo de seguir em frente porque sem aquele peso em cima dela poderia ser realmente feliz e não sabia como, gosto quando as mocinhas vivem diversos conflitos e no final consegue passar por cima de todos.

Oi, Cassie. Sou eu, Heather.

Sua irmã Harriet e o marido Joe na minha visão estavam parecendo dois loucos apaixonados mesmo depois de tantos anos, porque ao todo tiveram seis filhos, não acho que somente porque eles vivem no interior tinham que fazer tantos filhos assim ainda mais sabendo de algumas coisas sobre Harriet porque senão estarei dando um Spoiler muito grande, mas acho que existem outras formas de demonstrar esse amor. Chorei muito em uma cena especifica do Joe com a Harriet que nem conseguia respirar – esse foi somente um dos momentos que me fizeram ficar emocionada. Apesar de sentir muito por eles não conseguia me conectar com nenhum dos dois personagens, acredito que por ficar muito conectada com Cassie e sentir as mesmas sensações.

A filha mais velha do casal é quem mais destaca no meio desses adultos que não sabem como seguir em frente com sua vida, ela tem as atitudes de uma adolescente em busca de sua identidade de uma pessoa com que possa ter afinidades e a escolhida da vez foi sua tia Cassie, a menina com certeza fez isso pela a visão de que viver em Nova York é incrível e tudo mais, com tantas coisas acontecendo nessa família ela precisava de um apoio e veio encontrar justamente na pessoa com a qual ela gostaria de perceber, seus pais exigiam demais dela em uma situação bem delicada afinal de contas ninguém está preparado para tudo aquilo, ainda mais uma adolescente.

Maddie abriu a porta e sentiu a fria rajada de vento atingir-lhe o rosto. Enfiando as mãos nos bolsos do casaco, olhou para as densas nuvens acima e rezou para que não nevasse.

Agora um homem que você não deixa forma alguma escapar é Sam Parker, todo romântico, apaixonado e conhece Cassie melhor do que ela mesma, eu fiquei com muita pena quando Cassie fez várias coisas que o magoaram justamente por não deixar o passado descansar e focar no que estava em sua frente. Também amei o fato de que ele é muito apaixonado, mas de forma alguma tolo ao ponto de deixá-la fazer o que quiser dele, sabe exatamente quais armas usar para conquistar Cassie e não tem medo de usá-las, inclusive se tiver que ser um pouco mais grosso. Sem dúvida nenhuma recomendo mais esse lançamento da Novo Conceito, mas uma dica importante se for ler que seja ao lado de uma caixa de lenços porque as cenas são tão bem descritas que você sente como se estivesse vivenciando tudo aquilo.

Quote Favorito

De Volta para Casa - Karen White - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

De Volta para Casa - Karen White - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMAs capas da Novo Conceito sempre tem um enorme cuidado e capricho, mas ainda que tenha amado essa e que chame a atenção não acho que tenha a ver com Cassie justamente pela menina na capa parecer ter uns quinze anos quando na verdade a principal é bem mais velha, a não ser que eles queriam associar ao período em que ela foi embora. A diagramação é simples, com cada capítulo iniciando em uma nova folha, as páginas são amarelas e não encontrei nenhum problema com a tradução.

Nota da Nathy

De Volta para Casa - Karen White - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMDe Volta para Casa - Karen White - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMDe Volta para Casa - Karen White - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMDe Volta para Casa - Karen White - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMDe Volta para Casa - Karen White - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

6 Comments

  1. Telma Alves 15 de maio de 2014 at 18:48 - Reply

    Ai Nathy, confesso que não tinha muito interesse nesse livro mas sua resenha acabou de me fazer mudar de ideia. Agora eu quero! 😛
    Acho que vou começar online.

    E depois ver se compro ou não! (:

    • Nathalia Garcia 18 de maio de 2014 at 11:28 - Reply

      Oiee Telma, esse livro vale muito a pena viu!! Não sei se é pela relação que tenho com a minha irmã, mas cada detalhe me emocionou demais. Depois me conta o que achou =)
      Beijos

  2. Bruna Lima 13 de setembro de 2013 at 00:22 - Reply

    na minha resenha também coloquei essa quote!
    achei tão divertido termos gostado do mesmo trecho^^

    beijos
    ;**

    • Nathalia Garcia 26 de setembro de 2013 at 17:17 - Reply

      @disqus_kukRxm6pAh:disqus Que legal flor, quando o quote é bom fica impossivel não colocar nas resenhas =)
      Beijos

  3. Nathalia Garcia 6 de setembro de 2013 at 15:16 - Reply

    @kelcosta:disqus Eu e a Mari temos uma relação muito forte então não acho que faria a mesma coisa que essas personagens, não ia aguentar 15 anos longe rs

    Nossa quando começa a ler não quer largar e se envolve ao ponto de sentir exatamente tudo o que ela está sentindo.
    Beijoss

  4. Kel Costa 17 de agosto de 2013 at 20:11 - Reply

    Acho a capa desse livro super bonita, mas tb gostei da original.
    Parece mesmo ser uma leitura envolvente, já senti isso só em ler a sinopse e espero que consiga pegá-lo em breve 😉
    Que fofas vc e a Mari!

    Bjs, Kel – http://www.itcultura.com.br

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)