The X-Factor USA – 2ª Temporada – #RealityShow

/, Reality Show, Reviews, The X-Factor, The X-Factor USA/The X-Factor USA – 2ª Temporada – #RealityShow

Nessa semana estreou a 3ª Temporada do reality show The X-Factor (USA) e assim como fiz com a versão UK do programa, separei algumas das apresentações que mais gostei da temporada passada. Aproveitei também para dar os meus pitacos em relação o programa, que não me agradou muito em sua primeira temporada.

Continue lendo e saiba mais. O post tem spoilers para quem não viu o episódio ainda.

O Programa

Como disse não gostei muito da primeira temporada da versão americana do reality show, tanto que pensei duas vezes antes de iniciar a segunda temporada e somente a assisti, por causa da mudança da bancada, que contou com a presença de Simon Cowell, Demi Lovato, Britney Spears e L.A. Reid.

The X-Factor USA - 2ª Temporada - #RealityShow | OBLOGDAMARI.COM

De forma rápida e sucinta, sempre gostei muito do Simon e nessa temporada não foi diferente. Achei ótima a química entre ele e Demi, que começou muito bem a temporada e se perdeu no meio do caminho ( alguns comentários dela foram coerentes, outros eram apenas provocações para que seus “pupilos” pudessem ir adiante na competição – eles eram tão ruins que nem assim conseguiram chegar a final). Britney não fez nada além de poses que viraram gifs. E L.A. não vou nem comentar nada, pois não o suporto desde a temporada passada.

Os Participantes

Então vamos lá, o meu “act” favorito da temporada foi o Emblem3! Ain Mari só porque são meninos e ficam o tempo todo sem camisa! Não! Pelo contrário, uma das coisas que mais me irritou no grupo foi exatamente a quantidade excessiva que Drew apareceu com regatas, se achando a última bolacha do pacote, se ele soubesse – parafraseando Demi – o quão sexy é uma pessoa humilde. Enfim, ainda assim, amei as apresentações dos garotos, gosto do estilo deles, amo a voz do Wesley e ignorei sem problemas os momentos desafinados do Keaton.

The X-Factor USA - 2ª Temporada - #RealityShow | OBLOGDAMARI.COMAqui estão as minhas apresentações prediletas deles + um vídeo do trio comentando as músicas do seu recém-lançado álbum Nothing to Lose (que obviamente já faz parte da minha playlist). Clicando nos links é possível visualizar as apresentações.

    The X-Factor USA - 2ª Temporada - #RealityShow | OBLOGDAMARI.COMRevendo vídeos do programa percebi que apesar de gostar de algumas apresentações e do talento vocal de alguns participantes, não cheguei a me empolgar de verdade com a grande maioria. Carly Rose Sonenclar, por exemplo, era a grande favorita. Ela tem um timbre e um controle de voz incrível, ainda assim fazia tantas – mais tantas – caras e bocas durante suas apresentações, que não consegui gostar da garota. Também achava a atitude de Carly muito arrogante, ela parecia ter certeza que ganharia o programa – realmente uma little diva – o que para frustração dela não aconteceu – Tate Stevens foi o vencedor.

    • Runaway Baby (Esse vídeo não é do programa, mas mostra muito bem as caras e bocas que tanto me irritam.)

E ela não foi a única a ter esse tipo de atitude Cece Frey, Paige Thomas, Diamond White e companhia também não me conquistaram. De qualquer forma essa não é uma postagem para falar do que eu não gostei, então a seguir vocês podem conferir três apresentações que curti muito, além das já anteriormente citadas.

The X-Factor USA - 2ª Temporada - #RealityShow | OBLOGDAMARI.COMJeffrey Adam Gutt – Ele não foi muito longe na competição, mas eu amei, amei, amei a audição dele. Hallelujah é uma das minhas músicas favoritas e a versão dele ficou muito perfeita. Inclusive, escrevendo esse post, eu descobri que ele gravou um videoclipe da música – amei!

The X-Factor USA - 2ª Temporada - #RealityShow | OBLOGDAMARI.COMVino Alan – Gostava muito da voz do Vino, mas as suas músicas soavam exatamente iguais, o que fez ele ficar sem graça – para mim – no decorrer da temporada. Mesmo assim amei a versão dele de Blesses the USA.

The X-Factor USA - 2ª Temporada - #RealityShow | OBLOGDAMARI.COMFifth Harmony – Inicialmente não gostei do grupo e tinha certeza que elas não iriam longe na competição, mas após essa excelente apresentação de Anything could happen – parece que tudo mudou. Elas eliminaram o Emblem3 e ainda garatiram o terceiro lugar na competição e um espacinho no meu coração. Além do EP previsto para outubro desse ano, elas também gravaram dois covers em parceria com o Boyce Avenue – Mirrors e When I Was Your Man – que valem a pena ser vistos.

Enfim, sei que muita gente pode discordar da minha opinião, mas não fiquem bravos, ok? No fim é tudo uma questão de gosto e como disse, essas foram as minhas apresentações favoritas, não quer dizer que foram as melhores.

About the Author:

Mariana Garcia - A Mari! Tem 28 anos e é formada em Engenharia da Computação. Seu maior vício são as séries. Sua watchlist está lotada, mas nunca demais para adicionar um novo reality show. Nos livros assim como nos filmes seu gênero predileto são os romances e as comédia românticas (chick-lits).

2 Comments

  1. Tamires Bergandorf 16 de setembro de 2013 at 17:31 - Reply

    Ameiiii o Emblem3, espero que nessa nova temporada tenha artistas autênticos (e lindos,haha) como eles!!

    • Mariana Garcia 16 de setembro de 2013 at 17:39 - Reply

      @tamiresbergandorf:disqus Também espero Tamires! Adoro o estilo do grupo! =)

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)