Sinopse: Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Loubotin com o rapaz de sapatos pretos… Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber… Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.

Ficha Técnica

O Presente - Cecelia Ahern - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: O Presente – Skoob 

Titulo Original: The Gift – Goodreads

Autor(es): Cecelia Ahern

Tradução: Ivar Panazollo Júnior

Editora: Novo Conceito

Ano: 2013

ISBN: 978-85-8163-314-5

Número de páginas: 320

Sobre a Autora

O Presente - Cecelia Ahern - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Antes de engrenar na carreira de escritora, Cecelia Ahern se formou em Jornalismo e Comunicação. Aos 21 anos, escreveu seu primeiro romance P.S.: Eu Te Amo, que se tornou um best-seller internacional e foi adaptado para filme com Hilary Swank. Seus outros romances: Onde Terminam os Arco-Íris, Se me pudesse ver agora, Um Lugar Chamado Aqui, Thanks for the Memories, The Gift e The Book of Tomorrow foram todos # 1 best-sellers. Cecelia foi uma das criadoras da série de TV Samantha Who? que ganhou o Emmy, Three Wise Women do canal Hallmark, e adaptou Mrs Whippy para o teatro. Os livro de Cecelia são publicados em 46 países e foram vendidas 13 milhões de cópias no mundo todo. Eles também podem ser encontrados em e-book. Ela mora em Dublin com sua família.

Opinião da Nathy

O livro chegou esses dias para a prova e logo fiquei muito empolgada para começar sua leitura por ser da Cecelia Ahern, dessa autora somente não me arrisquei em PS Eu Te Amo, mas todos os outros lançados pela editora Novo Conceito li e gostei. A história contada é de Lou Suffern pelos olhos de Raphie o sargento de polícia, ele passa a contar essa história depois de uma noite de Natal se deparar com um adolescente visivelmente em problemas. Porém, nem tudo fica focado em Lou ou naquele que conhecemos como o ‘O Garoto do Peru’ também é abordado um mistério sobre Raphie e a novata na delegacia Jéssica, tudo isso já me fez querer devorar a história e saber de tudo o que aconteceria com esses personagens, posso dizer que nada foi como estava esperando, o que tinha começado com mais um livro terminou comigo controlando uma imensa vontade de chorar. A autora transmite uma mensagem muito linda nesse livro e que acaba sendo a realidade de muitas pessoas.

Durante a leitura nem parecia que tinha sido a autora que havia escrito tudo aquilo, estou acostumada com esses livros tendo situações mais engraçadas e descontraídas. A carga dramática está muito maior e escrita está mais amadurecida, tendo diálogos bem mais sérios e até mesmo uma linguagem não muito apropriada para menores de idade. Gostei muito dessa escrita, ainda mais pela narrativa ser em terceira pessoa e não ficamos sem saber dos detalhes mais cruciais. Teve algumas coisas que a autora pecou, mas nada que chegue a impactar no final da leitura.

Esta história é sobre pessoas, segredos e tempo. Sobre pessoas que, assim como os embrulhos, guardam segredos, escondem-se sob várias camadas, até encontrarem as pessoas que poderão desembrulhá-las e ver o que há dentro. | Cecelia Ahern

Logo quando me deparei com o protagonista dessa história tive uma raiva imensa, Lou Suffern é um homem mesquinho, arrogante, somente se importa consigo mesmo e em ganhar dinheiro, sua família não lhe importa absolutamente nada, tanto que ele mesmo afirma ter traído a esposa antes e nem se sente culpado. Minha vontade era de pegar esse homem e lhe dar uma boa lição, mas nem foi preciso isso, pois Gabriel – Gabe – um mendigo entra em sua vida e a transforma completamente, depois de algumas atitudes impensadas de Lou passei a simpatizar mais com o personagem e estava desejando que de alguma forma seu futuro fosse diferente, mas não importa o que faça se aquele é seu destino fosse pode pegar alguma rua errada, mas vai acabar no lugar que deveria. Entrei em conflito em algumas partes porque gostava de um Lou, mas o outro continuava sendo um idiota que precisava de uma lição.

O mendigo Gabe foi o maior mistério sabe aqueles filmes americanos de Natal que a pessoa ruim quando está dormindo recebe aqueles três fantasmas? Na minha visão quando estava lendo era que Gabe exercia essa função em Lou, ainda que em alguns momentos parecesse que estava tentando roubar a sua vida. Ele toma alguns caminhos e fala através de algumas frases para que o Lou consiga entender o que está se passando, mas parece que quanto mais ele falava, mais o Lou ficava perdido. Gostei do personagem somente gostaria que a autora tivesse dado outra explicação, porque não fiquei muito convencida com suas palavras. Esse homem era realmente sábio e mostrando que você tem que saber usufruir o seu tempo porque o mesmo não volta.

Naquele exato momento, como se sentisse os olhos de Lou, Gabe olhou para cima. No décimo quarto andar, Lou sentiu como se Gabe estivesse olhando diretamente para a sua alma, a intensidade daqueles olhos o queimava. | Raphie

A mulher de Lou foi a que mais sofreu nisso tudo, uma mulher que sempre amou seu marido e cuidar de seus filhos, mas nunca teve o devido valor. Gostei do desfecho que a autora deu a essa personagem especificamente, por tudo o que passou merecia ser feliz. Gostaria que em alguns momentos tivessem mais um pouco da visão de Ruth ou que ela esbravejasse e mostrasse ao Lou como as coisas estavam erradas e que caminho isso acabaria levando, mas de certa forma parecia cansada de constantemente ter que pedir ou chamar a atenção de seu marido, que mais parecia um de seus filhos.

O garoto do Peru e Raphie aparece em vários momentos porque a história fica sendo intercalada, mas nada ao ponto de me identificar com algum deles ou torcer para que tivessem um final feliz. Com o garoto do peru ficou evidenciado que podemos não ter as coisas do jeito que queremos e até podemos sentir raiva disso, mas nem sempre a decisão que tomamos é a melhor. Quanto ao mistério do Raphie poderia ter sido melhor explorado assim como o de Jéssica, mas como não era o ponto principal da história conseguiu me deixar satisfeita.

-Conte a ele - disse ela firmemente - Se nunca falarmos sobre o que aconteceu com ninguém, pelo menos teremos contado a ele. | Jéssica

Nem preciso dizer que é recomendado para todas as pessoas, desde aqueles que gostam de um bom romance até os que curtem um drama. Depois desse livro fiquei com vontade de me arriscar com Ps Eu Te Amo e derramar muitas lágrimas, assim como vocês não deixem de conferir os livros dela A Vez da Minha Vida e o Livro do Amanhã.

Quote Favorito

O Presente - Cecelia Ahern - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

O Presente - Cecelia Ahern - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA Editora manteve a capa padrão do livro, mas já teve outras capas que me agradaram muito, inclusive a do presente (ao lado) tem ainda mais a ver com tudo porque é o nome do livro, porém o boneco de neve na mão de uma pessoa me fez gostar mais por se referir ao Natal em si, em vista de que presente pode receber a qualquer hora. A diagramação está linda com as estrelas no final das páginas e os presentes iniciando em cada capítulo. Não encontrei nenhum erro na digitalização ou na tradução.

Nota da Nathy

O Presente - Cecelia Ahern - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO Presente - Cecelia Ahern - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO Presente - Cecelia Ahern - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO Presente - Cecelia Ahern - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO Presente - Cecelia Ahern - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

“O livro é uma cortesia da Editora Novo Conceito. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”