Sinopse: Em Sobrevivência Mortal, a valente tenente Eve Dallas se vê diante de assassinos que agem de forma fria e meticulosa e usam recursos militares precisos e cruéis para exterminar uma família inteira. Mas uma menina de nove anos sobrevive ao massacre. A missão de Eve Dallas e sua equipe investigativa é proteger a sobrevivente e, ao mesmo tempo, descobrir quem são as pessoas que assassinaram a família. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Sobrevivência Mortal - J.D. Robb - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Sobrevivência Mortal – Skoob

Titulo Original: Survivor in Death – Goodreads

Autor(es): J.D. Robb

Tradução: Renato Motta

Editora: Bertrand Brasil

Ano: 2013

ISBN: 978-85-286-1648-4

Coleção: Série Mortal

Volume: 20

Número de páginas: 513

Sobre a Autora

Sobrevivência Mortal - J.D. Robb - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

J.D ROBB é o pseudónimo que a autora Nora Roberts usa para escrever a Série Mortal, ela é uma das autoras mais queridas e respeitadas no mundo. Ela tem mais 200 milhões de cópias vendidas em todo o mundo e cerca de 90 bestsellers na lista do New York Times. Nora sempre teve a vontade de escrever romances policiais, mas durante muito tempo seguindo as instruções de sua agente ela somente ficava concentrada em romances contemporâneos. Os editores da Editora Putnam, para a qual trabalhava, sugeriu que ela adotasse um pseudônimo para esse tipo de livro e eles os publicariam um por ano. As inicias J.D. vieram se seus filhos Jason e Dan, enquanto o Robb é uma abreviatura de seu próprio nome.

Opinião da Nathy

Em vista de que esse é o vigésimo volume da série publicado no Brasil, e os livros devem ser lidos em sua ordem de publicação, as informações abaixo podem ser consideradas SPOILERS.

Não é nenhuma novidade que essa é a minha série favorita de livros e que se pudesse trazer algum mocinho da literatura para a vida real seria o Roarke, a cada novo livro a autora me surpreende mais e mais com sua inteligência e perspicácia sobre os assuntos, muitos afirmam que ela tem um grupo de pessoas para escrever essas histórias, mas acredito que se isso acontece a Nora tem que aprovar o final e colocar um toque da sua escrita porque sinceramente não vejo muita diferença no modo de escrever nesse livro para as outras trilogias/séries. Nesse livro demorei dois dias para conseguir concluir, não porque a leitura não fluísse ou porque estivesse ruim, mas por falta de tempo mesmo em parar e ficar lendo, o que era o meu desejo.

Com a narrativa em terceira pessoa Nora nos leva para investigar um novo assassinato, dessa vez de uma família completa incluindo duas crianças, porém ela não contava em chegar na cena horrível do crime e perceber que tem uma sobrevivente, uma menina de nove anos escondida na casa com medo de que as sombras a pegassem. Dentre todas as histórias e tudo o que já conhecemos sobre Eve Dallas, esse novo tema na minha visão foi o mais pesado e difícil de lidar, como ajudar uma menina de nove anos que precisa de total atenção quando se vê naquela imagem?

Um assassinato era sempre um insulto. O assassinato sanguinolento e brutal de uma família inteira dentro de casa, em suas camas, era uma forma diferente de mal. Eve Dallas

A tenente mais amada do mundo literário se encontra em uma situação que não sabe como lidar, além de se identificar com a criança, não sabe que rumo deve tomar em suas investigações. Sentia como se a Eve estivesse lutando para não se fechar e conseguir enfrentar o seu passado, não gostei muito da explicação sobre o porquê desses assassinatos terem acontecido, mas não foquei nisso porque acho que na verdade esse assassinato aconteceu para que Eve pudesse encarar o que aconteceu com seu pai, mesmo sabendo que nunca poderia se libertar do que fez. Ela continua sendo forte e destemida, se colocando em risco se for necessário e levando Roarke e os leitores a loucura, porém sinto que ela está mais ‘humanizada’ do que nos primeiros livros é palpável a evolução da personagem e também do casal.

Os dois são personagens quebrados que vieram de passados bem disfuncionais, mas de alguma forma são perfeitos um para o outro e após ler esse livro tenho a impressão de que a autora está preparando os leitores e a própria Eve para terem filhos, o leitor pode perceber que ela continua com seu medo de crianças e tudo mais, porém já consegue conversar com uma sem tem um ataque de pânico. Roarke continua sendo o marido perfeito e os momentos que mais gosto é quando está zangado com a Eve por ter aprontado uma das suas, porque esse homem nunca perde o controle e o amor que sente por sua tenente é algo lindo demais. Ao contrário do livro anterior nesse tem muitas outras cenas com ele e inclusive com o Roarke lidando com seus próprios problemas do passado.

-Porque acho que teríamos nos conhecido, sim. Em outro dia, em outro lugar. Todos os passos que dei na vidame levaram até você Eve – Ele se virou e a beijou na testa – Mesmo os que eu dei pelas estradas escuras da vida. Roarke

A sobrevivente, Nixie é uma menina realmente corajosa que quase me fez chorar em várias cenas, ninguém deveria passar pelo mesmo, mas se manteve s cabeça erguida a fim de ajudar com alguma coisa que soubesse a pegar os assassinos de sua família inteira. Somente não gostei quase no final do livro quando ela tomou uma atitude que para muitos poderia parecer corajosa, que na minha visão foi uma completa estupidez, mas afinal de contas era uma menina de nove anos que acabou de perder os pais. Desejei muito que Eve e Roarke a adotassem, pelo menos a menina estava se sentindo praticamente da família, ainda mais com toda a atenção que recebia do Summerset.

Esse mordomo do Roarke quase não aparece nos livros, mas sempre que acontece é para implicar com Eve, gosto demais da interação dos dois e essa briga toda que faz muito bem para a estima deles, porém nesse livro ele me fez ter sentimentos contraditórios, fiquei com pena dele ao cuidar da Nixie porque com certeza estava vendo sua própria filha no papel, a menina que não conseguiu salvar, mas quando ele teve uma de suas brigas com Eve quis socar a cara magricela dele.

Farei isso no caminho, porque vou com você. Aquela criança é responsabilidade minha. Summerset

Caso ainda não tenha lido esses livros recomendo muito que comece já, ainda mais se é fã de romance policial, sei que são muitos livros e até bate o desanimo em pensar em ler todos, mas acredite vale muito a pena somente irá se arrepender de não ter começado antes.

Quote Favorito

Sobrevivência Mortal - J.D. Robb - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Sobrevivência Mortal - J.D. Robb - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMQuem acompanha as minhas reviews sabe o quanto gosto das capas de série e o fato da editora manter o padrão em todas. Dessa vez temos a imagem que penso serem uns óculos modernos de visão noturna e o nome da autora está em roxo, isso é outro ponto que me agrada, pois em cada livro tem uma cor diferente. Fico imensamente feliz que não seja mesma que as capas originais, pois acho que elas não transmitem tantas coisas das séries e se visse em uma estante na livraria com certeza não compraria, eu continuo achando que as nacionais são muito melhores. A diagramação continua no padrão da série, com as páginas amarelas, os capítulos cada um iniciado em uma nova página e não tive problemas com a tradução durante a leitura.

Nota da Nathy

Sobrevivência Mortal - J.D. Robb - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMSobrevivência Mortal - J.D. Robb - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMSobrevivência Mortal - J.D. Robb - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Sobrevivência Mortal - J.D. Robb - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMSobrevivência Mortal - J.D. Robb - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Nudez Mortal – Lançado em 2004 – Resenha
  • Glória Mortal – Lançado em 2004
  • Eternidade Mortal – Lançado em 2005
  • Êxtase Mortal – Lançado em 2005
  • Cerimônia Mortal – Lançado em 2006
  • Vingança Mortal – Lançado em 2006
  • Natal Mortal – Lançado em 2007
  • Conspiração Mortal – Lançado em 2007
  • Lealdade Mortal – Lançado em 2008
  • Testemunha Mortal – Lançado em 2008
  • Julgamento Mortal – Lançado em 2009
  • Traição Mortal – Lançado em 2009
  • Sedução Mortal – Lançado em 2010
  • Reencontro Mortal – Lançado em 2010
  • Pureza Mortal – Lançado em 2011
  • Retrato Mortal – Lançado em 2011 – Resenha
  • Imitação Mortal – Lançado em 2011 – Resenha
  • Dilema Mortal – Lançado em 2012 – Resenha
  • Visão Mortal – Lançado em 2012
  • Sobrevivência Mortal – Lançado em 2013
  • Origem Mortal – Lançamento previsto para 2013
  • Memory In Death – Sem previsão de lançamento
  • Born In Death – Sem previsão de lançamento
  • Innocent in Death – Sem previsão de lançamento
  • Creation in Death – Sem previsão de lançamento
  • Strangers in Death – Sem previsão de lançamento
  • Salvation in Death – Sem previsão de lançamento
  • Promises in Death – Sem previsão de lançamento
  • Kindred in Death – Sem previsão de lançamento
  • Fantasy in Death – Sem previsão de lançamento
  • Indulgence in Death – Sem previsão de lançamento
  • Treachery in Death – Sem previsão de lançamento
  • New York to Dallas – Sem previsão de lançamento
  • Celebrity in Death – Sem previsão de lançamento
  • Delusion in Death – Sem previsão de lançamento
  • Calculated in Death – Sem previsão de lançamento
  • Thankless in Death – Sem previsão de lançamento

Onde Comprar