Sinopse: Esta é a história de três homens unidos pelo amor de um extraordinário casal que os adotou, dando a eles uma família. Agora, já adultos e vivendo cada uma a sua vida, os irmãos Quinn devem retornar à casa da família na costa de Maryland para honrar um pedido irrecusável. Campeão como piloto de barcos de corrida, Cameron Quinn já viajou pelo mundo gastando o dinheiro que ganha em suas vitórias com champanhes e mulheres. Quando seu pai, no leito de morte, o chama de volta para casa a fim de tomar conta de Seth, um menino problemático e rebelde, não muito diferente daquele que o próprio Cameron fora no passado, sua vida muda da noite para o dia.Depois de anos de independência, Cameron tem de reaprender a conviver com seus irmãos novamente, ao mesmo tempo em que luta para cozinhar, limpar a casa e cuidar de um menino muito complicado. Antigas rivalidades e novos ressentimentos surgem entre Cameron e seus irmãos, mas eles tentam deixar de lado todas as diferenças pelo bem de Seth. No fim, caberá a uma assistente social a responsabilidade de decidir o destino do garoto. Tão bonita quanto firme, ela tem nas mãos o poder de unir os Quinn novamente… ou separa-los para sempre. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Arrebatado pelo Mar - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Arrebatado pelo Mar – Skoob

Titulo Original: Sea Swept- Goodreads

Autor(es): Nora Roberts

Tradução: Renato Motta

Editora: Bertrand Brasil

Ano: 2006

ISBN: 978- 85-286-1169-4

Série: Trilogia da Gratidão

Volume: 01

Número de páginas: 372

Sobre a Autora

Arrebatado pelo Mar - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

J.D ROBB é o pseudónimo que a autora Nora Roberts usa para escrever a Série Mortal, ela é uma das autoras mais queridas e respeitadas no mundo. Ela tem mais 200 milhões de cópias vendidas em todo o mundo e cerca de 90 bestsellers na lista do New York Times. Nora sempre teve a vontade de escrever romances policiais, mas durante muito tempo seguindo as instruções de sua agente ela somente ficava concentrada em romances contemporâneos. Os editores da Editora Putnam, para a qual trabalhava, sugeriu que ela adotasse um pseudônimo para esse tipo de livro e eles os publicariam um por ano. As inicias J.D. vieram se seus filhos Jason e Dan, enquanto o Robb é uma abreviatura de seu próprio nome.

Opinião da Nathy

Esse é um livro que estava relendo e decidi que iria fazer a resenha para vocês, podem esperar por muitos elogios e não somente pelo fato de ser um livro da Nora Roberts e sim porque a autora consegue desenvolver uma trama muito boa e ainda deixando um espaço aberto para os próximos volumes dessa trilogia. No primeiro livro conhecemos a história de Cameron Quinn, um homem que percorre o mundo participando de corridas de barcos ganhando vários prêmios e conquistando o coração das mulheres, porém um evento trágico em sua família o obriga a retornar para sua casa e a partir desse momento ele vê que nada na sua vida será como antes, como sempre fico impressionada com a capacidade da Nora Roberts em escrever uma trama em que nada é exatamente o que parece.

Com a narrativa em terceira pessoa o livro não fica somente em torno de Cameron e Anna, mas também é possível ter um pouco da visão de seus outros dois irmãos Ethan e Phillip que tem seus próprios livros, mas já o leitor já consegue se identificar e ficar ansioso pelos próximos volumes foi assim que me senti ao conhecer cada um deles, porém falo mais deles logo abaixo. O livro é mais voltado para o romance e o mistério que envolve a tragédia na família, porém tem algumas cenas quentes com o toque da autora nada ao estilo de 50 tons ou dos livros da Bella Andre.

     Os Quinns ficaram com ele. Foi simples assim, Cam lembrava agora. Ou pelo menos foi como lhe pareceu na época.

Cameron Quinn foi adotado por Ray e Stella quando foi pego tentando roubar o carro deles, após isso o menino teve uma segunda chance em sua vida e se tornou um dos homens mais conhecido no mundo das corridas com sua personalidade forte e determinada sempre consegue tudo o que deseja, porém em muitos momentos tive uma imensa vontade de bater de frente de com ele somente para desafiá-lo e em outros momentos queria pegar no colo porque parecia um menino frágil que não sabia que rumo tomar em sua vida, mas tudo é muito bem dosado em sua personalidade. Quando se encontra diante de um desafio faz de tudo para conseguir vencer e amei a forma que a autora encontrou de que ainda tivesse alguns conselhos de seu querido pai, ao longo do livro é possível ver que ele evoluiu no que diz respeito aos sentimentos que tem por seus irmãos e também por Anna a querida assistente social.

Somente uma mulher tão destemida como Anna para colocar Cameron em seu devido lugar quando ele ultrapassa os limites, uma mulher que não tem medo de admitir o que sente e deseja. Ao contrário de algumas mocinhas de quando se envolve com os mocinhos ficam todas bobas e choronas, Anna permanece firme em sua postura ainda que esteja sofrendo demais por dentro, afinal ela já passou por traumas muito fortes no passado que conforme lia me sentia muito mal porque ninguém deveria passar por uma situação semelhante. Em sua profissão ela também mostra o seu valor sempre visando o melhor para as crianças que serão adotadas ou para aqueles em que os pais cometem abusos de várias formas, teve uma cena especifica dela no tribunal que amei e achei ainda mais digna de ser a mocinha deste livro.

Vai superar somente porque você quer? Porque vai dizer a ele que faça isso? Você sabe, por acaso, como é conviver com esse tipo de terror dentro da gente? Uma vergonha assim tão grande? Ter isso preso dentro de você e sentir que pequenas gotas desse veneno escorrem até mesmo quando alguém que você ama o abraça? Anna.

Ray e Stella Quinn sempre adotaram os meninos que se viam em situações de riscos, mas que poderiam de alguma forma ter salvação se fossem devidamente orientados e Seth foi o último menino que Ray estava querendo adotar. Um menino de dez anos que sofreu diversos abusos na mão de sua mãe e de seus companheiros, com uma mistura de personalidade de Cameron, Ethan e Phillip ele consegue rapidamente conquistar o coração do leitor justamente por seu jeito de querer se manter forte, mas no fundo é somente uma criança assustada que no fundo tem a esperança de conseguir se firmar em uma boa família. A sua adoção tem um mistério que dura nos três livros da trilogia e que é muito bem elaborado fazendo o leitor questionar tudo.

Phillip pode ser considerado o irmão caçula nos tempos em que Seth ainda não estava presente na família, um menino que ainda não se sabe que tipo de abusos sofreu ou qual foi a forma que Ray o encontrou mesmo porque isso deve ser explicado em seu livro, assim como foi explicado sobre o Cameron, mas é o irmão mais certinho que gosta do estilo de vida mais elevado e não se envolve com qualquer mulher. Um advogado que larga tudo quando seus irmãos e seu pai necessitam de sua ajuda, porém ele não parece mais se adaptar ao estilo daquela vida e por isso pode passar por diversos conflitos, assim como seus outros irmãos ele é muito sedutor e quero ver como irá agir quando finalmente sua mocinha aparecer e ele colocar as mangas de fora.

Ray me disse que eu ia poder ficar naquela casa.  Disse que eu nunca mais ia ter que voltar para o lugar de onde eu vim. Ele prometeu! Seth Quinn.

Já Ethan é o que mais me deixou ansiosa por seu livro e saber um pouco mais de sua personalidade. No final do livro tem um pouco do que está por vir em seu livro e também já é contado um pouco que tipo de abuso sofria nas mãos sua mãe, mas ainda não foi explicado como o Ray o encontrou. Ele é o mais calado dos irmãos que não sabe como agir na frente de uma moça bonita quando flertou um pouco com Anna foi muito engraçado, acredito que por ter essa personalidade mais reserva eu estou louca para vê-lo agindo ao lado da mulher que ama, acho que deve meter os pés pelas mãos em muitos momentos do seu livro. Junto com seus irmãos quer iniciar um novo projeto envolvendo os barcos e desse jeito ganhar um pouco mais de dinheiro, com certeza um homem de visão que é apaixonado pelo o que faz.

E estou na torcida pela Grace, uma amiga de infância deles que sofreu nas mãos do ex-marido e depois foi abandonada antes mesmo de sua filha Aubrey nascer. Essa é outra mulher que é forte demais para aguentar todas as pontas e criar a filha sozinha, porém tenho a impressão de que é muito mais frágil do que Anna e que em algum momento poderia se quebrar facilmente, ela parece que necessita muito mais da proteção de um homem e também de uma ajuda com sua filha, por isso acho que o Ethan seria o par ideal, ainda mais que ele sentiu um pequeno ciúme dela quando Cameron a agarrou.

Não era da sua conta quem Grace beijava. Não tinha nada a ver com ele. Mas, ele sentiu os dentes rangendo quando Cam, com os cabelos ainda escorrendo, saiu na varanda dos fundos. Ethan Quinn.

Preciso mesmo dizer que recomendo esse livro para vocês? Aliás, se gosta de um romance com uma pegada mais quente no estilo de 50 tons ou Cretino irresistível já aviso que não irá encontrar nada disso nesse livro, a autora relata uma história de amor principalmente entre irmãos e o quão forte é esse laço.

Quote Favorito

Arrebatado pelo Mar - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Arrebatado pelo Mar - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA capa nacional é maravilhosa com os tons de azul e o barco representando um pouco do que o Cameron faz de sua vida. O nome da está em um relevo tendo um maior destaque, enquanto o nome do livro apesar de pequeno também tem uma textura diferente. Particularmente gosto muito mais da nacional em vista das internacionais que foram encontradas, não acho que as mesmas passem todo aquele sentimento sobre o livro, infelizmente. Na diagramação é simples não tem uma divisão de cena dentro dos capítulos, mas em compensação cada um começa em uma nova página e tem um símbolo demarcando o inicio de cada um deles, não encontrei nenhum erro na tradução e como sei que algumas pessoas se incomodam as páginas dos livros são brancas um padrão já encontrado na maioria dos livros da editora.

Nota da Nathy

Arrebatado pelo Mar - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMArrebatado pelo Mar - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMArrebatado pelo Mar - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMArrebatado pelo Mar - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMArrebatado pelo Mar - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamento

  • Trilogia da Gratidão: Arrebatado pelo Mar #1 – Lançado em 2006
  • Trilogia da Gratidão: Movido pela Maré  #2 – Lançado em 2006
  • Trilogia da Gratidão: Protegido pelo Porto #3 – Lançado em 2006
  • Trilogia da Gratidão: Resgatado pelo Amor #4  – Lançado em 2007

Onde Comprar