O Futuro De Nós Dois – Jay Asher e Carolyn Mackler – #Resenha

Home/Carolyn Mackler, Jay Asher, Livros, O Blog da Mari, O Futuro de Nós Dois, Resenhas/O Futuro De Nós Dois – Jay Asher e Carolyn Mackler – #Resenha

Sinopse: É 1996, e menos da metade dos alunos das escolas de ensino médio nos Estados Unidos já tinham usado a internet. Emma acaba de ganhar o primeiro computador e um CD-ROM da America Online de Josh, seu melhor amigo. E ao instalar o programa, logo no primeiro acesso, descobrem que acabam de entrar no FACEBOOK, dali a quinze anos. Todos se perguntam como será o futuro. Josh e Emma estão prestes a descobrir… Clique aqui para ler o primeiro capítulo.

Ficha Técnica

O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: O Futuro de Nós Dois – Skoob

Titulo Original: The Future of Us – Goodreads

Autora: Jay Asher e Carolyn Mackler

Tradução: Ana Ban

Editora: Galera Record

Ano: 2013

ISBN: 978-85-01-09723-1

Número de páginas: 384

Sobre os Autores

O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Carolyn Mackler já foi publicada em mais de 15 países; vencedora do Printz Honor é autora de The Earth, My Butt, and Other Big Round Things, Tangled, entre outros. Ela vive em Nova York com seu marido e filho.

O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Jay Asher nasceu em Arcadia, California local onde vive até hoje com sua esposa e seu filho. Além de O Futuro de Nós Dois, Jay também escreveu o romance bestseller do New York Times Thirteen Reasons Why.

Book Trailer

Opinião da Mari

Em maio, quando a Galera Record anunciou o lançamento de O Futuro de Nós Dois, fiquei super empolgada, louca para ler o livro, mas por algum motivo a empolgação passou e o livro acabou na minha estante junto com tantos outros. Essa semana lembrei que ele estava la e decidi que seria uma boa leitura pós Louca para Casar. E felizmente eu estava certa. O futuro de nós dois foi uma ótima leitura, me fez sorrir, me fez pensar, me deixou nostálgica e acabou sendo a leitura perfeita para esse inicio de fim de ano.

Gosto de pensar que livros têm seus momentos e seus leitores. Nem todo mundo entende todo livro, assim como tem hora que o livro funciona e tem hora que não. E como disse anteriormente no meu caso tudo funcionou. Começando com a narrativa do livro realizada em primeira pessoa. Ela alterna entre os personagens principais Emma e Josh e no meu caso fluiu muito bem. Os capítulos são curtos de três a quatro páginas e fazem com que a leitura seja muito dinâmica, ainda que em alguns momentos a história parecia não progredir muito.

O livro mostra o dia a dia de Emma e Josh, em 1996, quando tecnologias como computador e internet estavam começando a ficar disponíveis a todos. Ambos são adolescentes e suas vidas não possuem muito dramas além do típico dilema: fazer ou não fazer parte de um grupo, ter ou não ter um namorado (a) perfeito. Nossa Mari, que sem graça, tão fútil. Ahh, não exatamente. Você se lembra dos seus quinze anos? Você se preocupava com política ou o que fazer para melhorar o mundo? Você pensava no que iria fazer para o resto da sua vida? Acredito que não. Claro que o mundo mudou muito e a realidade hoje em dia pode ser bem diferente, mas na minha época a realidade era bem essa. Não havia muitas preocupações além das provas na escola. Então hobbies e garotos acabavam sendo quase sempre o assunto do momento.

Em O Futuro de Nós Dois as coisas não são muito diferentes. Assim que Emma ganha seu primeiro computador e um CD-ROM da AOL, para conectar na internet, ela vê um novo mundo. Emma fica admirada, principalmente quando se depara com uma página desconhecida chamada Facebook. Nela Emma se vê mais velha, seu futuro marido, seu emprego além de situações que ela jamais poderia imaginar que escreveria na internet para que todo mundo lê-se. Já se imaginou nessa situação? Aposto que muitos diriam que adorariam estar na posição de Emma, mas qual seria a sua reação ao ver que as coisas não foram bem como o planejado?

Emma Nelson Storm
Estou desempregada há seis meses. Dizem que é a economia, mas estou começando a acreditar que sou eu. Trinta e um anos é cedo demais para ser um fracasso na carreira.
Terça às 9:21 * Curtir * Comentar

Nesse ponto a história já havia me ganhado completamente. Além das diversas referencias a cultura e a tecnologia dos anos 90 o livro ainda conseguia me fazer pensar sobre a minha própria vida. A nostalgia da história me levava constantemente a minha adolescência e a cada acontecimento me identificava com a personagem principal, percebia como há um tempo certo para todas as coisas. Emma pode parecer fútil para muitas pessoas, mas para mim ela estava ali vivendo a adolescência, exatamente como deveria fazer. Quantas vezes você já escutou um adulto dizendo que era feliz quando criança e não sabia?! Pois bem, uma hora ela vai crescer, vai amadurecer e vai ser tornar uma pessoa melhor (ou não), mas tudo há seu tempo.

Ah o tempo! Sem dúvidas um dos fatores que mais me agradou no livro. Ver o quanto progredimos culturalmente e tecnologicamente, assim como imaginar o quanto vamos ter progredido daqui quinze anos me da esperança. Sem contar que relembrar o passado foi bom, mas perceber que independente do que nos aguarda no futuro é necessário saber viver o presente foi ainda melhor. Emma e Josh perceberam que cada ação que tinham no presente refletia em seus futuros e passaram algum tempo tentando mudá-lo. O que de fato condiz muito com a nossa realidade, pelo menos com a minha. Não sei bem como vai ser o meu futuro, mas toda vez que reflito e acho que a vida está passando e apenas estou assistindo, tomo decisões para mudá-la, exatamente como Emma e Josh faziam. Foi praticamente impossível não me identificar com os dois, o que tornou a leitura para mim maravilhosa.

No caminho de casa, penso sobre o que aconteceu ontem no Facebook. Ao insistir que não ia morar em Ohio, o meu futuro mudou para Londres. Só o fato de pensar diferente pode mudar tudo.

Além de Josh e Emma, Tyson e Kellan, os personagens secundários – amigos dos dois – também me agradaram bastante. A realidade é que Emma e Josh estavam centrados neles mesmos, ignorando praticamente o resto do mundo. Então não há muito que dizer, além de que os quatro eram grandes amigos. Cody e Sidney eram as pessoas “perfeitas” na visão de Emma e Josh, mas ambos de uma forma muito superficial, então eles poderiam ser completos babacas ou pessoas magnificas, mas a única coisa que posso dizer com certeza é que para ambos os personagens Cody e Sidney eram lindos. E o que dizer dos pais? Já viu algum adolescente achar os pais perfeitos? Pois bem, não é diferente nesse caso, a princípio a relação entre pais e filhos não é das melhores, mas no decorrer do livro também vemos um amadurecimento.

Enfim, o desfecho do livro me agradou bastante, Emma e Josh me conquistaram e me fizeram torcer por eles e no fim apenas senti falta de um epílogo. Recomendo muito o livro, principalmente para quem foi adolescente nos 90 (ou quase isso) a sensação de nostalgia é ótima e o livro uma boa pedida para esse finalzinho de ano. Pense na sua vida, faça planos e aproveite para iniciar 2014 com o pé direito.

Quote Favorito

O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA capa do livro é linda! Simples e chamativa! Gosto dos pequenos detalhes como os quadrados simbolizando os perfis de Emma e Josh, a imagem do CD-ROM, assim assim como a faixa e o nome do livro em um formato meio “wordart”. A faixa também está em verniz, dando um detalhe delicado a capa.

Quanto ao casal, não sei dizer se ele representa exatamente o Josh e a Emma que estavam presentes na minha mente, mas gosto de olhar para eles.  Vejo a cumplicidade e a química dos dois e gosto disso, me faz shippar o casal ainda mais.

A diagramação do livro também está perfeita. Tem páginas posicionando o leitor semanalmente, capítulos sempre iniciando em novas páginas nos dizendo o narrado da vez, reticencias dividindo mudanças de locais dentro dos capítulos e replicações praticamente idênticas as nossas atuais mensagens de status do Facebook. O livro segue o formato padrão da editora com 14X21 cm e páginas amarelas. Não encontrei erros de tradução/revisão.

O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Trilha Sonora

Confira a seguir as músicas mencionadas no livro. Alanis Morissete, Pearl Jam, Led Zeppelin e Hootie and the Blow Fish também são citados durante a leitura, porém Emma e Josh não mencionam nomes de músicas ou albuns deles.

Noticias

De acordo com o site da autora a Warner Bros comprou os direitos para a adaptação cinematográfica do livro. Não há informações adicionais a respeito da adaptação.

De qualquer forma, quem vocês gostariam de ver estrelando o filme? Confesso que a minha nostalgia era tanta, que só conseguia imaginar o elenco do filme de Whatever It Takes (2000) durante a leitura, o que obviamente hoje em dia não faria sentido algum.

Nota da Mari

O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Futuro De Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Mariana Garcia - A Mari! Tem 28 anos e é formada em Engenharia da Computação. Seu maior vício são as séries. Sua watchlist está lotada, mas nunca demais para adicionar um novo reality show. Nos livros assim como nos filmes seu gênero predileto são os romances e as comédia românticas (chick-lits).

6 Comments

  1. […] deles é sua ambientação. A história se passa em 1995, contudo, diferente de livros como O Futuro de Nós Dois e Me Liga as referências não me remeteram de volta ao tempo. Acredito eu por conta da idade da […]

  2. Taisa Espindola 10 de fevereiro de 2014 at 08:52 - Reply

    Que legal!!
    Comigo ja foi ao contrario quando lançaram eu não me interessei nenhum pouco, e ao decorrer das resenhas eu fui me animando, até que acabei esquecendo desse livro, até agora.
    Eu só de ler sua resenha já estou me sentindo nessa bolha de nostalgia, os anos 90, comecinho dos 2000, foram tão maravilhosos, a adolescência pode ser uma droga as vezes ,mas sem duvida ela tem seus momentos.
    Em pensar que aquele bate papo da uol era a coisa sensacional….kkkkkkkkkkkk…..daqui a alguns anos sem duvida o face vai cair na piada tb, como orkut, icq, entre outros. Mas que bom! Que venham melhores!!!heehehehehe
    Bjus.
    =]

  3. Maria Fileto 6 de janeiro de 2014 at 10:07 - Reply

    Ganhei esse livro de amigo secreto. assim que ler eu volto pra ler e comentar ok…

    • Mariana Garcia 6 de janeiro de 2014 at 10:12 - Reply

      @mariafileto:disqus Acho que vai gostar bastante da leitura Maria. O livro é um young adult bem tranquilo de ler, além de nos fazer refletir bastante sobre as decisões que tomamos em nossas vidas, super recomendado! =)

  4. Kel Costa 3 de dezembro de 2013 at 13:34 - Reply

    Eu gostei bastante desse livro. Me senti muito nostálgica vontado à época do descobrimento da internet, o cd da UOL, a conexão discada rsrs Ah, eram tão legais todas aquelas novidades!
    E o livro resgatou isso, além de misturar com o futuro. Ficou bem divertido!

    Bjs, Kel – http://www.itcultura.com.br

    • Mariana Garcia 6 de janeiro de 2014 at 10:14 - Reply

      @kelcosta:disqus Nossa Kel impossivel não sentir toda a nostalgia do livro né?! Enquanto lia um sorriso ia se formando no meu rosto, enquanto lembrava de todos os pequenos detalhes, rs. Me senti velha, mas foi muito bom! =) Uma leitura bem leve e gostosa! =)

      Beijokas e obrigada pela visita!

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)