O Inferno de Gabriel – Sylvain Reynard – #Resenha

Home/Livros, O Blog da Mari, O Inferno de Gabriel, Resenhas, Sylvain Reynard/O Inferno de Gabriel – Sylvain Reynard – #Resenha

Sinopse: Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites. O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados. Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer. Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir. Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: O Inferno de Gabriel – Skoob

Titulo Original: Gabriel’s Inferno – Goodreads

Autora: Sylvain Reynard

Tradução: Fabiano Morais

Editora: Arqueiro

Ano: 2013

ISBN: 978-85-8041-126-3

Série: O Inferno de Gabriel

Volume: 01

Número de páginas: 511

Sobre a Autora

Quase nada foi divulgado sobre a verdadeira identidade do autor por trás do pseudônimo Sylvain Reynard. Sabemos que ele é canadense, já escreveu vários livros de não ficção e tem um profundo interesse pela arte e pela cultura renascentistas. Mas, embora declare ser do gênero masculino, seus fãs têm uma forte suspeita de que na verdade S.R. seja uma mulher. Semifinalista ao prêmio de Melhor Autor e Melhor Livro no Goodreads Choice Awards de 2011, Reynard apoia diversas instituições de caridade e acredita que a literatura ajuda a explorar os diversos aspectos da condição humana, como o sofrimento, o amor e a redenção.

Opinião da Nathy

Sabe quando você já está saturada de um gênero e precisa com urgência de outro que seja excelente para suprir sua frustração? Era exatamente assim que estava me sentindo quando peguei para ler esse livro, sei que está sendo considerado na mesma categoria dos Cinquenta Tons e seus sucessores, mas somente conseguia ver como um livro de romance. Tem cenas bem quentes, mas tudo na verdade gira em torno da conquista e ter um amor verdadeiro, não de possuir primeiro o corpo da mulher para depois se descobrir totalmente apaixonado. Foi um romance que quase me levou as lágrimas por tamanho sofrimento e o que ás vezes as pessoas tem que passar para conseguir se encontrar.

A história gira em torno de Julia e Gabriel duas almas atormentadas pelo seu passado. Ela está querendo fazer seu Mestrado especializado na história de Dante e ninguém melhor do que Gabriel Emerson para lhe ensinar, afinal de contas ele sabe tudo sobre Dante e Beatriz. Mas, quanto mais tempo esses dois vão passando juntos mais sentimentos antes enterrados começam a surgir. Ambos se desejam, porém sabem que esse relacionamento está fadado ao fracasso desde o principio, ainda mais quando tem segredos perturbadores. Achei muito linda a forma como a autora conseguiu misturar as duas histórias e deixando tudo ainda mais romântico, porém as partes que envolviam Dante em minha visão ficaram um tanto cansativa, parecia que o livro estava se arrastando e nada acontecia até certo ponto. A narrativa é em terceira pessoa, mas tem um foco maior em Julia.

Julia ficou surpresa que o professor não a tivesse expulsado do curso na mesma hora. Talvez ele se lembre de mim. 

Gostei muito da Julia ainda que em alguns momentos sentisse o forte desejo de jogá-la no chão e bater muito para ver se entrava um pouco de juízo nessa cabeça. Mas, ela é muito parecida com qualquer mulher que se encontra apaixonada por um homem que não pode ter, fica com medo de suas ações e se preocupa demais com os que estão ao seu redor. Sem contar a sua situação financeira que não é das melhores, mas ela é feliz assim tendo o suficiente para sobreviver, obviamente tem suas ambições e sabe que se continuar trabalhar duro do jeito que está fazendo irá chegar a algum lugar. Tem uma personalidade forte e quando estoura não consegue controlar os próprios pensamentos e sai despejando tudo na primeira pessoa que está na sua frente, mas no fundo é uma mulher frágil que somente quer ser amada pelo seu jeito de ser. Em algumas partes a achei muito inocente e estava torcendo para que se tocasse e tomasse uma atitude com as próprias mãos.

Agora o Gabriel precisava de uma bela sacudida para se tornar mais gentil, nossa no começo confesso que não estava apaixonada por ele justamente por ser tão grosso com a Julia sem nenhuma razão aparente. Um homem muito reservado que sofre em silencio com seu passado, acredita que merece viver no mesmo inferno que Dante por todas as coisas que já aprontou. Tenta afastar de todas as formas seus sentimentos pela Julia, mas quando a situação se torna insuportável arruma um jeito de deixar ambos felizes. Gostei do fato de que mesmo a desejando muito sabia que isso poderia prejudicar os dois em algum momento na universidade, então o modo que encontra para ficarem juntos durante esse período é muito fofo. O passado dele é realmente escuro e tem que ser muito forte para aguentar tudo e ficar ao seu lado. Quando ele descobre um fato muito importante nossa esse homem se transforma que me encontrei o amando, ouso dizer que é o meu terceiro mocinho literário favorito.

Minha querida Julianne, se quiser saber o que sinto por você, é só me perguntar. Seu Gabriel

Não importa o que eu faça sempre tem aqueles personagens nos livros que consegue me tirar do sério e dessa vez foi o novo amigo de Julia, Paul. Quando estava lendo tinha certeza que poderia ser um rapaz que várias meninas iriam se apaixonar pelas coisas lindas que estava dizendo para Julia e a forma que a tratava, porém tudo parecia soar muito falso e forçado, como se na verdade estava tentando ficar com ela por saber dos sentimentos de Gabriel e queria vê-lo sofrendo. Não sei se isso realmente acontece-nos outros livros, mas é um personagem que achei detestável e fica em todos os momentos forçando a barra para ter algo mais com Julia sem respeitar o espaço da mulher. Acredito que ainda irá prejudicar a relação dos dois em alguns momentos nos próximos livros.

Até o passado de ambos surge na história para as diversas explicações necessárias. Simon é o ex-namorado de Julia que a fez sofrer demais no passado, mas não contente com isso parece disposto a causar mais ainda dano na mulher, um personagem muito desprezível que não se importa com nada nem ninguém porque sabe que vai conseguir se safar de tudo. Paulina, não acho que a autora foi muito criativa com o nome da personagem afinal já tinha o Paul, mas foi outra detestável que acredita ser a única merecedora do amor do Gabriel e não mede esforços para ficar com ele, assim como Paul acho que irá aparecer nos próximos e tentar separar de vez os dois. Ainda bem que o Gabriel existe na vida de Julia e vice-versa porque ambos precisam afastar essa escuridão da vida do outro.

Acabe com ele, Coelhinha.

Um ótimo livro para se pegar de tarde e aproveitar ao máximo do Gabriel, ainda mais se gosta de um romance bem desenvolvido, com mocinhos atormentados, mas que encontram a salvação um no outro.

Quote Favorito

O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMJá disse e reafirmo quando as capas originais são lindas fico muito feliz ao ver as editoras mantendo os seus padrões. A única diferença encontrada nelas é o fato de que na original está escrito ‘The National Bestseller’ enquanto na nacional tem uma frase de efeito ‘Um professor atormentado por seus pecados se vê tentando por uma aluna angelical’ que deixou tudo ainda melhor. Gosto do homem em cima parecendo perturbado com tudo e logo embaixo o casal se abraçando de uma forma mais intima, como se estivesse o resgatando do local mais sombrio. Quanto à diagramação, não tenho do que reclamar da tradução porque estava tão compenetrada na leitura que se teve algum erro não percebi. Tem marcações para as mudanças de cenas dentro do capítulo e em itálico para os pensamentos, mas algo que me incomodou um pouco foram os capítulos serem na mesma página está certo que se se inicia cada um em uma nova o livro ficaria maior.

Nota da Nathy

O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamento

  • O Inferno de Gabriel – Lançado em 2013
  • O Julgamento de Gabriel – Lançado em 2013
  • A Redenção de Gabriel – Lançado em 2014

Onde Comprar

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

6 Comments

  1. Lucas Santtos 8 de março de 2016 at 11:49 - Reply

    Estou com a trilogia aqui em casa, mas ainda não peguei pra ler. Li vários comentários positivos e sua resenha me deixou com ainda mais vontade de iniciar a leitura.

    • Nathalia Garcia 8 de março de 2016 at 16:13 - Reply

      Oiee Lucas!!!

      Eu gosto muito dessa trilogia e da nova dela rs. Acho que vale a pena conferir. Tem pessoas que não gostam, mas eu sou apaixonada rs. Quando ler comente sobre o que achou, quero saber a sua opinião =)
      Beijos

  2. Nathalya Lima 7 de setembro de 2015 at 21:24 - Reply

    Oi, xará! Nossa amei a sua resenha! Estou apaixonada por este livro! Não consigo parar de ler.
    Fui cativada pela doçura da Julia, pela voracidade de Gabriel e estou encantada com o amor puro que eles vivem. É uma história sensacional que dá gosto de ler e reler, não é nada igual as histórias água com açúcar que estou acostumada a ler, a cada capítulo fico ainda mais encantada. Um livro encantador!

    • Nathalia Garcia 15 de setembro de 2015 at 14:42 - Reply

      Oiee Nath =)

      Eu também me apaixonei por esse livro. Mas, ainda não tive coragem para ler os demais. Fico com receio de me decepcionar em algum momento rs. Os dois têm que enfrentar muitas situações dificeis para ficarem juntos. Gosto quando o romance é mais trabalhado e não de maneira muito rápida.

  3. Adna 9 de julho de 2014 at 14:10 - Reply

    Sou suspeitíssima para comentar sobre este livro.É meu queridinho, lido e relido algumas vezes. Uma leitura incrível, que não se resume e nem termina no fim do livro, pois é tanta referência interessante que não há como não ir ao Google pesquisar sobre a cultura italiana, música, arte, boa literatura…é um livro apaixonante.

    • Nathalia Garcia 11 de julho de 2014 at 12:19 - Reply

      Oiee Adna =)

      Eu gostei demais do Gabriel, estou louca para continuar os livros e saber como tudo termina para esses dois. Também acho legal essa mistura com a história.
      Beijos

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)