Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha

Home/Bertrand Brasil, Eternidade Mortal, JD ROBB, Livros, O Blog da Mari, Resenhas/Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha

Sinopse: Pandora é uma das top models mais importantes e desejadas do planeta: tem beleza, fama, dinheiro, poder, prestígio, amantes e contatos. Mas tudo isso deixou de fazer sentido, pois ela está morta. A modelo foi brutalmente assassinada com um bastão de prata, arma abandonada no local do crime. Seu rosto, de uma perfeição impressionante, desapareceu completamente ao ser esmagado e mutilado pela força de uma série de golpes ferozes e cruéis. Ninguém sabe quem foi o autor do crime, mas todas as suspeitas pairam sobre Mavis — a melhor amiga de Eve. A tenente não poupará esforços para inocentá-la e encontrar os verdadeiros culpados. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Eternidade Mortal – Skoob

Titulo Original: Immortal in Death – Goodreads

Autores: JD Robb

Tradução: Renato Motta

Editora: Bertrand Brasil

Ano: 2011

ISBN: 978-85-268-1087-1

Série: Série Mortal

Volume: 03

Número de páginas: 385

Sobre a Autora

Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

J.D ROBB é o pseudónimo que a autora Nora Roberts usa para escrever a Série Mortal, ela é uma das autoras mais queridas e respeitadas no mundo. Ela tem mais 200 milhões de cópias vendidas em todo o mundo e cerca de 90 bestsellers na lista do New York Times. Nora sempre teve a vontade de escrever romances policiais, mas durante muito tempo seguindo as instruções de sua agente ela somente ficava concentrada em romances contemporâneos. Os editores da Editora Putnam, para a qual trabalhava, sugeriu que ela adotasse um pseudônimo para esse tipo de livro e eles os publicariam um por ano. As inicias J.D. vieram se seus filhos Jason e Dan, enquanto o Robb é uma abreviatura de seu próprio nome.

Opinião da Nathy

Em vista de que esse é o terceiro volume da série publicado no Brasil, e os livros devem ser lidos em sua ordem de publicação, as informações abaixo podem ser consideradas SPOILERS.

O terceiro livro dessa série continua em um nível muito mais emocionante, não tem jeito que essa é a melhor série de livros da autora, têm as medidas certas para o romance e as pistas para descobrir os mistérios são simplesmente maravilhosas, mesmo quando desconfiamos de uma pessoa podemos estar muito enganados sobre tudo. Confesso que quando peguei esse livro para ler na época estava pensando no que mais a autora iria aprontar ou no que poderia inovar se já nos dois anteriores muitas coisas tinham sido abordadas e todo o amor do Roarke e Eve estava muito bem exposto, ainda que não resolvido, mas me surpreendi demais com o caso que desenvolveu e ainda conseguiu fazer uma ligação com o relacionamento deles, não estava esperando por algo tão bem elaborado.

Dessa vez a detetive Eve começa investigando o caso do assassinato de um de seus informantes, ele foi agredido e suas digitais eram parciais de modo que foi quase impossível reconhecê-lo, mesmo que todos no departamento pensem que foi somente um acerto de contas a detetive sabe que tem muito mais escondido por trás dessa morte e decide cair de cabeça. Até que outro assassinato ocorre e dessa vez a sua melhor amiga Mavis está diretamente ligada e sendo acusada de ter cometido esse último crime. Tentando ao máximo deixar essas mortes se tornarem pessoais demais a detetive começa a embarcar em um mundo onde tudo o que importa é fazer o assassino pagar por tudo que tem feito, principalmente com a pessoa que ela mais se importa.

A policial que estava no local o reconheceu e acha que ele é um dos seus.

Todo esse caso de ter que pressionar sua melhor amiga e mostrar que pode ser objetiva deixa a Eve emocionalmente desgastada, porém quando começa a ter seus pesadelos com seu pai as coisas se tornam ainda pior. Não é possível descrever o meu pesar ao saber de tudo o que teve que passar em sua infância, nesse livro cada detalhe é mostrado e tudo de forma que senti vontade de abraçar fortemente a querida tenente, nunca imaginei que a pudesse ver tão frágil. Mas, ao mesmo tempo consigo perceber a sua força desde quando era uma criança que sofria na mão de seu pai, ela conseguiu seguir em frente e pegar todos os bandidos que gostam de fazer mal as outras pessoas. E não sei como, porém tenho sentindo mais carinho por ela e entendo mais o seu jeito de ser, mesmo que muitas vezes acabe magoando o Roarke é perceptível que tudo o que faz é pensando que seja o melhor para o homem que tanto ama.

E nossa vamos combinar que Nora Roberts resolveu caprichar quando escreveu esse mocinho não tão mocinho assim. Seu amor incondicional por Eve é algo que me deixa impressionada demais, por se sentir dessa forma tem toda a paciência do mundo e tudo o que deseja é ver sua tenente bem e feliz. Apesar de amar seus momentos de explosão por ficar muito mais humano, amo quando é todo compreensível e sabe exatamente o que Eve está precisando em determinado momento, mesmo que nem ela saiba que isso lhe fará bem. Sinto um pouco de raiva por não tê-lo visto defendendo a Eve de seu mordomo esquelético que tudo o que parece fazer desde que conheceu a tenente é criticá-la e mostrar que não merece alguém como nosso amado Roarke.

Estou perdidamente apaixonado por você.

Essa série somente tem uma falha na minha visão, a melhor amiga da Eve, Mavis. Acho essa personagem muito falsa em suas atitudes e em alguns casos sinto que está se aproveitando de Eve por estar com o Roarke, em uma determinada cena nesse livro ela agiu como se fosse dona da casa. Sei que a personagem traz uma leveza na vida tão atribulada de Eve, mas ainda assim não consigo ter sentimentos tão positivos. Nesse livro apesar de tudo o que passou senti somente uma pontinha de pena da personagem, mas logo todos meus sentimentos ficaram focados na Eve e em seus problemas. Em sua história tem a introdução de Leonardo o estilista que irá fazer o vestido de casamento de Eve e um affair da

Mavis, gostei muito mais dele e seu jeito alegre, sabia exatamente o que iria bem com a Eve e fez de tudo para tornar toda a situação bem confortável.
Agora uma das minhas personagens favoritas dessa série foi finalmente introduzida de vez com mais papel, Peabody. Ela já começou com suas piadas bem humoradas e sua grande queda pelo Roarke, ninguém pode culpá-la por isso, mas é bem perceptível a sua evolução ao longo dessa série, pois nesse está aprendendo como analisar uma cena do crime e se colocar na pele do assassino. Fiquei com pena dela por ser muito ingênua e se deixar levar por apenas um momento, e por conta disso seja mais fechada mais a frente quanto a certos assuntos que não posso explicar explicitamente porque pode ser considerado um spoiler mesmo que indireto.

Corra, venha depressa, por favor! Acho que ela está morta, e eu não sei o que fazer!

Essa série não é o tipo que recomendo para todas as pessoas, pois os detalhes quanto a parte policial são grandes e podem ser considerados cansativos para quem não está acostumado, tem muito romance, mas nem por isso a outra parte é negligenciada.

Quote Favorito

Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha | OBLOGDAMARI.COMNão é nenhuma surpresa o fato de não gostar das capas originais dessa série, enquanto estava observando cada uma a que tem a sua flor foi a que achei mais bonita e que possa ter algo a ver com o conteúdo do livro. Bem mais limpa tanto no nome do livro quanto da autora, porém não chega aos pés das capas nacionais. Esse terceiro livro segue o padrão com o nome da autora grande tanto seu nome verdadeiro quanto seu pseudônimo, mas dessa vez seu sobrenome está em um tom de azul muito bonito e o símbolo é um copo com um liquido que faz ainda mais sentindo com todos os relatados do mistério. O nome Mortal no livro continua apagado e a impressão digital está presente no meio do nome da autora. O copo também se encontra na orelha do final do livro que é característico nos outros livros. Quanto à diagramação sei que algumas pessoas não gostam, eu particularmente não tenho problemas com isso, mas as páginas são brancas e são grossas o suficiente para não deixar marcado a escrita da próxima folha. Os capítulos continuam inciando em uma nova página e não tem símbolos dividindo quando a cena muda dentro do mesmo.

Nota da Nathy

Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Eternidade Mortal – J.D. Robb – #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Nudez Mortal – Lançado em 2004 – Resenha
  • Glória Mortal – Lançado em 2004 – Resenha
  • Eternidade Mortal – Lançado em 2005
  • Êxtase Mortal – Lançado em 2005
  • Cerimônia Mortal – Lançado em 2006
  • Vingança Mortal – Lançado em 2006
  • Natal Mortal – Lançado em 2007
  • Conspiração Mortal – Lançado em 2007
  • Lealdade Mortal – Lançado em 2008
  • Testemunha Mortal – Lançado em 2008
  • Julgamento Mortal – Lançado em 2009
  • Traição Mortal – Lançado em 2009
  • Sedução Mortal – Lançado em 2010
  • Reencontro Mortal – Lançado em 2010
  • Pureza Mortal – Lançado em 2011
  • Retrato Mortal – Lançado em 2011 – Resenha
  • Imitação Mortal – Lançado em 2011 – Resenha
  • Dilema Mortal – Lançado em 2012 – Resenha
  • Visão Mortal – Lançado em 2012
  • Sobrevivência Mortal – Lançado em 2013 – Resenha
  • Origem Mortal – Lançamento previsto para 2013 – Resenha
  • Memory In Death – Lançamento previsto para 2014
  • Born In Death – Sem previsão de lançamento
  • Innocent in Death – Sem previsão de lançamento
  • Creation in Death – Sem previsão de lançamento
  • Strangers in Death – Sem previsão de lançamento
  • Salvation in Death – Sem previsão de lançamento
  • Promises in Death – Sem previsão de lançamento
  • Kindred in Death – Sem previsão de lançamento
  • Fantasy in Death – Sem previsão de lançamento
  • Indulgence in Death – Sem previsão de lançamento
  • Treachery in Death – Sem previsão de lançamento
  • New York to Dallas – Sem previsão de lançamento
  • Celebrity in Death – Sem previsão de lançamento
  • Delusion in Death – Sem previsão de lançamento
  • Calculated in Death – Sem previsão de lançamento
  • Thankless in Death – Sem previsão de lançamento

Onde Comprar

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)