Austenlândia – Shannon Hale – #Resenha

Home/Austenlândia, Livros, O Blog da Mari, Resenhas, Shannon Hale/Austenlândia – Shannon Hale – #Resenha

Sinopse: Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD. Porém, esses não são os planos que sua rica e velha tia-avó Carolyn, tem para a moça. A única a descobrir o segredo de Jane deixa, em seu testamento, férias pagas para a sobrinha-neta na Austenlândia. A ideia é que Jane tenha uma legítima experiência como uma dama no início do século XX e consiga se livrar de uma vez por todas de sua obsessão. Contudo, para isso, ela terá que abrir mão do celular, da internet e até do uso de sutiãs em troca de tardes de leitura, espartilhos e… a companhia de belos cavalheiros.

Ficha Técnica

Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Austenlândia – Skoob

Titulo Original: Austenland  – Goodreads

Autora: Shannon Hale

Tradução: Regiane Winarski

Editora: Record (Grupo Editorial Record)

Ano: 2014

ISBN: 978-85-01-40388-9

Série: Austenland

Volume: 01

Número de páginas: 238

Sobre a Autora

Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Shannon Hale é uma consagrada escritora de livros infantojuvenis, com vários títulos figurando na lista de best sellers do New York Times. Seu Academia de princesas, agraciad com a Newbery Honor de 2006, foi publicado no Brasil pela Galera Record. Austenlândia é a estreia da autora no universo de romances para adultos. Atualmente, mora com a família em Salt Lake City, Utah.

Opinião da Nathy

Como uma boa fã de Jane Austen quando vi o lançamento desse livro fiquei muito empolgada e querendo fazer logo a sua leitura. Infelizmente não chegou a ser tudo o que estava esperando, ainda assim gostei demais da leitura. Um livro bem leve e divertido que proporciona ótimos momentos ao leitor. Quem não quis viver naquela época somente para poder encontrar o seu Sr. Darcy ou sua Elizabeth Bennet e esse livro nos leva em um novo mundo que nos faz questionar esse pensamento.

Durante boa parte da leitura não conseguia controlar as risadas e em outros momentos quis bater na mocinha. Realmente acontece praticamente a mesma coisa que na história de Orgulho e Preconceito, com uma mocinha nada convencional que acaba dividida entre dois amores. Não gosto de triângulo amoroso e talvez por isso tenha ficado um pouco irritada com certas decisões tomadas. Também achei que o final foi um pouco rápido demais e que merecia ter sido melhor desenvolvido, pois não consegui me conectar e acreditar nos sentimentos demonstrados.

Não tinha marido, mas isso não era mais algo necessário.

Com a narrativa em terceira pessoa o leitor embarca na história de Jane. Uma mulher apaixonada desde todos os tempos pelo Sr. Darcy o único homem que nunca a decepcionou. E quanta decepções essa mocinha já passou em sua vida, mas para sua sorte tem uma tia que quer lhe abrir os olhos. Após uma ‘tragédia’ ela consegue ir conhecer Austenlândia um local onde todos se comportam como no período de Elizabeth, mas nem tudo é exatamente como parece. Na verdade senti como um mundo de mentiras e manipulações, nada como nos romances que amamos ler. E esse deve ter sido o objetivo da autora mostrar que se deve ficar feliz com a época em que nasceu e aproveitar ao máximo.

É impossível não se identificar com Jane e suas atrapalhadas. Ela é uma mulher moderna que não consegue se desprender das tecnologias e nem do mundo que realmente vive. Gostei de vê-la querendo viver em outro tempo, mas percebendo que não conseguiria viver sem seu celular e outras coisas. Fantasia demais com as situações e precisava muito de um choque de realidade para entender que nem tudo no mundo é perfeito. Jane ficou tão focada em encontrar seu Sr. Darcy que deixou passar várias situações e me incomodou um pouco, mas gostei quando finalmente abre os olhos.

Tudo estava indo de maneira esplêndida

O Sr. Noble desde que foi apresentado em minha visão estava agindo exatamente como o Sr. Darcy. Um homem que tinha que se preservar, mas estava muito encantada com a Jane, talvez por ter tido essa identificação eu ficasse toda apaixonada por ele. Pelo menos até certo ponto da história, porque depois fiquei bastante decepcionada com suas atitudes. Afinal de contas Sr. Darcy nunca teria agido da mesma forma. A ideia da autora com esse mocinho foi bem original e desenvolveu de uma forma legal, porém não conseguiu atingir o nível apaixonante não somente do Sr. Darcy, mas de qualquer outro mocinho.

O romance deixou um pouco a desejar, estava esperando demais toda àquela dinâmica e conquista entre os personagens. Porém, nada foi como estava esperando e fiquei com um sentimento de frustração assim como Jane. Tudo em certo momento pareceu irreal, como se ninguém tivesse mesmo sentimentos e tudo não passasse de papeis a serem cumpridos naquela temporada para logo depois ser esquecido. Não entendi como ela não entrou em surtos muito antes e não desconfiou da situação na qual havia se colocado.

Vai tornar a conclusão do meu artigo ainda mais interessante.

Quando terminei o livro fiquei pensando que não gostaria de conhecer um local como este, ainda fico apaixonada pela época em que foi desenvolvida a história de Elizabeth, mas de nenhum jeito gostaria de viver um tempo em Austenlândia onde nada era real.

Quote Favorito

Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Esse é o tipo de capa que não sei se amo ou odeio. Gostei dos tons de azuis e da cidade de fundo sem destaque, enquanto tem uma mulher daquela época na frente em tons de preto. Não sei se estivesse em uma livraria me chamaria muita atenção. Na contracapa se encontra os tons em rosa e em destaque está um homem no mesmo estilo da mulher. O nome do livro não tem um grande destaque, mas se sobressai no meio de tudo isso. Acho que a frase deveria estar um pouco menor e mais abaixo porque de certa forma deixou um pouco poluído.

Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação é simples. Com as paginas amarelas, cada capítulo iniciando em uma nova página. A marcação dos capítulos é de acordo com os dias que Jane se encontra em Austenlândia e também com o número de namorados que já teve e não terminou de forma legal. Os pensamentos e flashbacks estão em itálicos.

Nota da Nathy

Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Austenlândia - Shannon Hale - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Austenlândia #1 – Lançado em  2014
  • Midnight in Austenland #2 – Sem previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

16 Comments

  1. Sofia S. 3 de agosto de 2014 at 11:57 - Reply

    Já vi esse livro na livraria e minha mãe adora os livros da Jane Austen! Com o aniversário dela chegando, acho que já sei o que dar de presente…
    Beijos

  2. Maycon Douglas 31 de julho de 2014 at 23:59 - Reply

    Eu espero que algum dia eu possa ler o livro!!!! Muito bom

  3. Karolyne Kazakeviche 31 de julho de 2014 at 15:22 - Reply

    Já li o livro e AMEI.
    Sério, o livro me surpreendeu bastante e gostei de todos os personagens.
    E depois fui ver logo o filme, pena que mudaram muita coisa =( Mas ainda assim é legalzinho.
    Livro fantástico. recomendo s2

  4. Luiz Abreu 21 de julho de 2014 at 10:12 - Reply

    Acho as obras da Jane Austen um marco pra literatura,esse livro está na minha lista de próximas leituras,estou bem animado.

    • Nathalia Garcia 21 de julho de 2014 at 15:17 - Reply

      Ola Luiz!!

      O livro não é bem focado em Jane Austen, somente a personagem principal é apaixonada pelo Sr. Darcy, fora isso não achei tantas referências assim a autora rs.
      Beijos

  5. Larissa Portela 19 de julho de 2014 at 12:07 - Reply

    Oiii. Também sou a apaixonada pela Jane Austen e achei o titulo do livro bem criativo. Nunca tinha ouvido falar, infelizmente.
    Mas a história me parece mto interessante. Bjoss

    • Nathalia Garcia 20 de julho de 2014 at 12:36 - Reply

      Ola Larissa!!

      Esse é um dos lançamentos da editora do mês passado!! Não tem muito a ver com a Jane Austen, somente o fato de que a principal gostaria de viver naquela epoca para encontrar seu Sr. Darcy. A escrita não se parece com a da Jane.
      Beijos

      • Larissa Portela 22 de julho de 2014 at 12:49 - Reply

        Bom, como foi lançado mês passado, isso explica o fato de eu n ter ouvido falar. rsrsrs. Mas vou ler.

  6. Lissandro Lima 18 de julho de 2014 at 15:46 - Reply

    Vai ser uma trilogia?

    • Nathalia Garcia 20 de julho de 2014 at 12:34 - Reply

      Ola Lissandro!!

      Não se tem essa informação, até o momento parece ser uma duologia!!
      Beijos

  7. mylanedamasceno 11 de julho de 2014 at 16:10 - Reply

    Olá!
    Este azul predominante na capa e o título já foram suficientes para me ganhar. Ultimamente sinto falta de livros realmente engraçados, e este parece ser um desses. Que pena que não te agradou tanto, mas é assim mesmo. Pelo menos é um livro fininho e deu para encarar até o final.
    Beijos.

    • Nathalia Garcia 13 de julho de 2014 at 14:24 - Reply

      Oieee Mylane!!!

      Esse filme tem muitos momentos engraçados, a personagem tem uns surtos que provavelmente teriamos também rs. Sim, a leitura é rápida, gostei muito, mas estava esperando por algo mais =(
      Beijos

  8. Margarete Lopes 9 de julho de 2014 at 22:05 - Reply

    Esse livro me chamou a atenção pela capa quando vi na livraria e quase comprei. Depois da tua resenha, já sei que vou mandar buscar…. Ainda mais que trabalho com aulas de Literatura Infanto-Juvenil e parece ser uma ótima indicação de leitura para jovens, tb por dar a oportunidade de apresentar a autora Jane Austin aos meus alunos, uma vez que Ausntenlandia desde o título nos dá referência a autora inglesa e seus clássicos românticos. Será uma aula muito boa usar este livro e o filme “O clube de Leitura de Jane Austen”, vou encomendar o livro hoje mesmo. Obrigada

    • Nathalia Garcia 11 de julho de 2014 at 12:48 - Reply

      Ola Margarete!!!

      Acho um livro bem legal para incentivar os jovens nas leituras e não sei, dar valor ao que tem em sua vida. A autora faz a referência para as pessoas que desejavam viver naquela epoca e como nada é realmente daquele jeito. Apesar de que acho que nada chega aos pés de Orgulho e Preconceito rs. Depois me diz o que achou do livro =)
      Beijos

  9. tecamachado 9 de julho de 2014 at 14:21 - Reply

    Amor eterno por Orgulho e Preconceito e por livros chick-lits, então tenho certeza que vou gostar.
    Mas sou que nem você: Triângulos amorosos não são os meus preferidos. Fico tensa o tempo todo com medo do meu preferido não ser escolhido, hahaha.
    Você já assistiu o filme de Bollywood chamado A Noiva e o Preconceito? Ele é a história da Jane Austen passada na Índia. É mto divertido!

    Beijo
    ;*

    • Nathalia Garcia 11 de julho de 2014 at 12:40 - Reply

      Oieee Teca =)

      Ahhh Orgulho e Preconceito é a coisa mais linda de todas!!!
      Esse é o meu ponto tenho medo do que escolhi não ser o que a autora tinha em mente e também porque o outro lado irá sofrer por não ter conquistado a pessoa. Nesse não é bem um triângulo, mas algumas coisas acontecem rs.
      Eu vi esse filme disponivel no netflix, mas não cheguei a ver, agora que indicou vou dar uma chance =)
      Beijos

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)