Sinopse: Della Sloane não é uma garota comum. Ansiando se libertar do seu passado sombrio e traumático, ela planeja uma longa viagem de carro em busca de autoconhecimento e dos prazeres da vida real. Seu plano, no entanto, logo encontra um obstáculo: o automóvel fica sem gasolina em Rosemary, na Flórida, uma cidadezinha praiana no meio do nada. Neste cenário, ela conhece o jovem Woods Kerrington, muito disposto a ajudar uma menina bonita em apuros. O que ela não sabe é que Woods é o herdeiro do country club Kerrington e está de casamento marcado com Angelina Greystone, uma união arranjada que culminará na fusão de suas empresas, garantindo o futuro profissional do rapaz. Uma noite despretensiosa parece a solução perfeita para Della e Woods fugirem por um tempo de tanta pressão. Do passado que ela gostaria de esquecer. Do futuro de que ele tantas vezes tentou escapar. Mas eles não poderiam prever que a atração os levaria a algo mais quando os seus caminhos se reencontrassem. Agora precisam aceitar suas estranhezas para descobrirem a perfeição. Se você é fã da série Sem Limites, vai adorar este delicioso romance ambientado no mesmo universo sedutor criado por Abbi Glines. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Estranha Perfeição – Skoob

Titulo Original: Twisted Perfection – Goodreads

Autora: Abbi Glines

Tradução: Cássia Zanon

Editora: Aqueiro

Ano: 2014

ISBN: 978-85-8041-281-9

Série: Rosemary Beach | Trilogia: Perfection

Volume: Rosemary Beach 03 | Perfection 01

Número de páginas: 204

Sobre a Autora

Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Abbi Glines nasceu em Birmingham, Alabama. Morou na pequena cidade de Sumiton até os 18 anos, quando seguiu o namorado do colégio até a costa. Atualmente os dois moram com seus três filhos em Fairhope, Alabama.

Opinião da Nathy

Sabe aquele livro que quando termina a sua leitura quer logo a continuação? É exatamente isso que esse livro fez comigo. Mal vejo a hora de ler a continuação e surtar muito mais com o Woods. Se em Paixão Sem Limites e Tentação Sem Limites já havia gostado do Woods nesse livro fiquei apaixonada. Não entendo o porquê de algumas pessoas reclamarem desse livro, pois aproveitei cada segundo. A história foi muito bem trabalhada na visão de ambos e chegou ao ponto de em vários momentos ficar sem ar. As cenas dos dois juntos são perfeitas. A forma como Woods se entrega ao seu sentimento é lindo. Já era de se esperar que fosse assim com a mulher certa, uma vez que está em sua personalidade cuidar das mulheres ao seu redor.

Como disse acima a história tem como foco Woods e Della. Ambos sofrem de alguma forma pelo passado e pelo presente. Ela passou por um trauma muito forte em sua infância e por isso não acredita que alguém possa lhe amar de verdade. Morre de medo de ser como sua mãe e diariamente luta contra seus demônios. Enquanto, Woods mesmo tendo seus vinte e quatro anos e podendo tomar decisões por si mesmo é fortemente controlado por seu pai. Ele deseja tomar conta dos hotéis, mas somente se fazer exatamente o que seu pai deseja. Mas, um homem como Woods não pode ser domado por muito tempo. Quando esses dois se encontram uma química explosiva surge no primeiro instante e a única opção deles é se entregarem a esse forte sentimento.

Com a narrativa em primeira pessoa variando entre Della e Woods é possível sentir as mesmas coisas que os dois personagens. Ao contrário de outros livros fiquei com pena de ambos. Em diversos momentos sentia um frio no estômago de tanta angústia. Queria que tudo ficasse bem para eles. No entanto, meus sentimentos foram mais fortes por ela. Fiquei morrendo de pena da moça em muitos momentos por tudo que estava passando e tendo que enfrentar. Não deve ser fácil passar por tudo o que passou e por isso achei incrível a sua força.

Você precisava de ajuda e eu não fiz nada.

A Della é o tipo de personagem que adoro nos livros. Tem uma força incrível para superar os obstáculos, no entanto, mostra uma fragilidade muito grande. E como se precisasse que alguém estivesse ao seu lado lhe apoiando, mas não tomando decisões por ela. Pode até parecer uma covarde com algumas decisões, porém sentia como estava se protegendo e também as pessoas que mais ama. Porque uma coisa é certa quando se tem em mente que não é boa para a pessoa não adianta que fará de tudo para fazê-la feliz, mesmo que tenha que sair de sua vida. Para fazer tudo o que fez tem que ter uma força incrível. Teve momentos quando relata sobre sua vida quando criança me fez sentir uma pena e vontade de abraçar a mulher. Senti tristeza por ter tido que viver tudo aquilo. Merecia seu feliz para sempre.

Agora o Woods me deixou com as pernas bambas. No começo ele pode ser irritante por querer tanto uma coisa e não perceber que outra muito melhor está diante de si. Mas, ele abre os olhos e sabe o que pode perder. Nesse momento tudo o que fazia colocava um sorriso no rosto. Para uma mulher como Della somente um homem como o Woods. A sua força para aguentar qualquer coisa que viesse foi lindo. Ele demonstra que não importa o que aconteça ele sempre estará disposto a ir até o final do mundo para ficar com ela. Também mostra força ao se impor ao seu pai e deixar bem clara a sua situação. Somente podia sentir muito amor por ele e se nos outros livros me irritava demais com o Rush, nesse somente foi amores pelo Woods.

E as cenas mais quentes entre esses dois? Nossa alguém joga agua para acabar com todo esse fogo do casal. A autora não tem medo de descrever cada um dos detalhes nas cenas, mas não chegou a ser nada vulgar. Geralmente tenho medo de que com essas cenas fique tudo baseado no sexo e nada nos sentimentos mesmo deles. Mas, tudo entre os dois é tão perfeito que não tem erro. No começo parece que os dois somente são sobre a atração física, porém logo fica claro que os dois tem algo muito mais forte.

Fiquei tocada pela gentileza dele.

Todos os personagens dos livros anteriores em algum momento aparecem nesse livro. Gostei de rever alguns deles e gostei ainda mais que outros insuportáveis tiveram apenas uma pequena menção. Agra quem me deixou na expectativa do seu livro foi o Grant e o Tripp. Adorei o Grant e estou na torcida para que tenha uma mulher forte e determinada ao seu lado, que dê valor a homem maravilhoso. Com o Tripp fiquei curiosa para saber mais sobre seu passado. Porque está sempre fugindo e quais são seus demônios. Não pode ficar na cidade e enfrentar seu pai e alguma coisa em seu passado. Espero mesmo que fique e enfrente qualquer coisa que apareça e que a sua mulher seja uma pessoa que entenda seus medos e o ajude a superá-los.

Quem não tem Nannetti caça com Angelina. Não entendo porque essas meninas ricas tem que ser sempre nojentas. Elas são sempre mimadas e se acham no direito de fazer tudo o que desejam. E Angelina deseja com todas as suas forças casar com Woods. Não pelo seu físico ou por ser uma pessoa maravilhosa. Mas, sim pela a sua fortuna. E tem em mente que uma coisa que Angelina deseja ela consegue. Não importa as pessoas que está machucando no caminho ou as graves consequências de seus atos. Não aceita perder. Prejudicará qualquer um que ficar em seu caminho. Nem preciso dizer o quanto a detestei. Acho que minha raiva por ela somente não foi maior do que a raiva que sinto pela Nannetti. Mas, as duas podem dar as mãos e sair andando juntas.

Deixá-la com Tripp na noite anterior foi o tapa na cara de que eu precisava.

Eu amei esse livro muito mais do que os anteriores, porém para chegar nele é necessário ler os volumes anteriores. Não que vá ficar muito perdido na história, mas é melhor porque consegue se envolver com Woods desde o primeiro livro. E também ver a sua evolução.

Quote Favorito

Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Das três capas publicadas da série essa é a que mais gostei. A mulher parece se sentir em paz de estar na presença dele. Enquanto o homem está todo sensual e numa postura de que irá protegê-la de tudo. As cores também combinaram perfeitamente com o nome da autora em preto e o nome do livro em vermelho. Na lombada tem uma pequena foto dos dois, seguido do nome da autora em branco e o nome do livro em maior destaque em vinho. Melhor de tudo que a capa é mantida da original ao contrário dos outros volumes.

Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Ao contrário do que geralmente acontece nos livros da editora, nesse os capítulos se iniciam cada um em uma nova página. Não tem marcação de ‘capítulo um’ e sim o nome dos personagens que estão narrando àquela cena. Alguns são bem curtos. Quando tem mudança de cena com o mesmo narrador tem uma marcação para facilita a leitura. As páginas são amarelas e um pouco grossas, ainda que dê para ver a sombra das letras na parte de trás. Não vi nenhum problema na digitalização ou tradução, se houve algum passou despercebido porque estava muito envolvida na leitura.

Nota da Nathy

Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Estranha Perfeição - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Paixão Sem Limites – Lançado em 2013
  • Tentação Sem Limites – Lançado em 2014
  • Estranha Perfeição – Lançado em 2014
  • Amor Sem Limites – Lançado em 2014
  • Simple Perfection – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Take a Chance – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Rush Too Far – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • One More Chance – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • You Were Mine – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • When I’m Gone – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Kiro’s Emily – Não há previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Arqueiro. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”