A Lua de Mel – Sophie Kinsella – #Resenha

Home/A Lua de Mel, Livros, O Blog da Mari, Resenhas, Sophie Kinsella/A Lua de Mel – Sophie Kinsella – #Resenha

Sinopse: Ao se dar conta de que o namorado nunca vai pedir sua mão em casamento, Lottie toma uma decisão. Termina o compromisso com ele e diz o tão sonhado sim a Ben, uma antiga paixão, com quem ela havia prometido se casar se ambos ainda estivessem solteiros aos 30 anos. Os dois então resolvem pular o namoro e ir direto para uma cerimônia simples e seguir para a lua de mel em Ikonos, a ilha grega onde eles se conheceram. Mas Fliss, a irmã mais velha da noiva, acha que Lottie enlouqueceu. Já Lorcan, que trabalha na empresa de Ben, teme que o casamento destrua a carreira do amigo. Fliss e Lorcan então elaboram um plano para sabotar a noite de núpcias do casal e impedir que os noivos cometam o maior erro de suas vidas.

Ficha Técnica

A Lua de Mel - Sophie Kinsella - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: A Lua de Mel – Skoob

Titulo Original: Wedding Night – Goodreads

Autor(es): Sophie Kinsella

Tradução: Regiane Winarski

Editora: Record (Grupo Editorial Record)

Ano: 2013

ISBN: 978-85-01-40457-2

Número de páginas: 493

Sobre a Autora

A Lua de Mel - Sophie Kinsella - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Sophie Kinsella (nascida Madeleine Wickham, Londres, 12 de dezembro de 1969) é uma escritora britânica. Foi uma ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira e começou uma carreira como escritora.

Opinião da Mari

Depois de realizar a leitura de Fiquei com seu Número, criei um amor muito grande por Sophie Kinsella. Entendi porque as pessoas gostavam tanto dos seus livros e assim iniciei a minha coleção. Então li Louca para Casar e me decepcionei um pouco com a história, pois esperava algo totalmente diferente. Como disse na minha resenha, aprendi que Madeleine não é Sophie, ainda que elas sejam a mesma pessoa. Motivo por qual fiquei tão empolgada para ler A Lua de Mel! A minha expectativa estava enorme, assim como o meu desejo de ler novamente algo escrito por Sophie Kinsella.

Assim que o livro chegou em casa, fiquei ainda mais ansiosa. Tirei fotos, postei no instagram e um sorriso enorme foi colocado no meu rosto (ele está escondido, mas está lá!), porém apenas um mês depois consegui realizar a leitura do livro, que acabou não superando as minhas expectativas, ainda que tenha saciado minha vontade de voltar ao mundo de chick-lit de Sophie Kinsella.

A narrativa de A Lua de Mel é realizada em primeira pessoa, por ambas irmãs, Fliss e Lottie. Onde o ponto de vista das personagens é intercalado a cada capítulo. Gostei da narrativa, ela flui muito bem, possui um linguajar descontraído, um humor discreto, além de permitir que entendamos bem os sentimentos de ambas as personagens. E claro, que sendo tão apegada com minha irmã, foi praticamente impossível não fazer comparações – ainda que apenas mentalmente. Fato este que acabou dificultando um pouco a minha leitura, apesar de sua fluência, pois sempre que me identificava com algo na história, achava o acontecimento seguinte absurdo demais para a minha própria realidade.

Lottie e Fliss possuem personalidades completamente diferentes. Lottie está cegamente apaixonada, enquanto Fliss está tão preocupada com a felicidade das pessoas ao seu redor, que acaba negligenciando a sua própria. Senti muita pena de Lottie no decorrer do livro, pois desde o início, seu relacionamento com Ben, seu primeiro namorado, me parecia fadado a não dar certo. De qualquer forma, Lottie estava tentando ser feliz e a ver falhando miseravelmente por conta das loucas atitudes de sua irmã foi de partir o coração.

Casar com Ben era como beber quatro doses duplas de vodca. Por um tempinho, disfarçou a dor e eu me senti maravilhosa. Mas agora estou de ressaca, e não é legal.

Por outro lado, Fliss por mais insensata que estivesse sendo, apenas estava fazendo o que podia e o que não podia para conseguir o melhor para sua irmã, ainda que “o melhor” não tivesse o mesmo significado para as duas. Do meu ponto de vista, Fliss passou dos limites em diversas vezes. Tive vontade de sacudir a personagem e lhe dizer para focar em sua vida – que estava um caos – e deixar sua irmã viver a vida dela (conseguem ver minha contradição aqui, né?! pois é, faça o que digo, não faça o que faço). Contudo, Sophie Kinsella preferiu focar apenas no relacionamento romântico de Lottie, quando na verdade um romance entre Fliss e Lorcan me parecia muito mais interessante.

– Elizabeth Bennet e o Sr. Darcy fizeram sexo antes de se casarem? – Os olhos dela brilham para mim como se isso provasse tudo. Ah, por favor. Se ela vai usar o Sr. Darcy como base de argumento, eu desisto. – Tudo bem – acabo por dizer – Você me pegou aí. O Sr. Darcy.

Enfim, apesar de todo o drama, o alivio cômico da história veio através de Noah, filho de Fliss. O garoto e suas mirabolantes mentiras, ainda mais absurdas que os atos de sua mãe, refletiam bem a realidade ignorada por sua mãe, ao mesmo tempo em que me faziam dar boas risadas. Como não amar aquele timing perfeito de toda criança?! O livro acabou encontrando seu equilíbrio, mas infelizmente passou longe de superar minhas expectativas, quem sabe no próximo, certo?!

Quote Favorito

A Lua de Mel - Sophie Kinsella - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

A capa do livro segue o mesmo padrão da editora para os demais livros da autora, dessa vez utilizando um tom de azul lindo! A capa não é cheia de detalhes, então para mim pelo menos, não diz muito sobre o enredo da história. Ainda assim gostei muito dela.

A Lua de Mel - Sophie Kinsella - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Quanto a diagramação também não há muitas novidades. O livro não possui detalhes no inicio dos seus capítulos, que começam sempre em uma nova página, apena o nome de seu narrador. As páginas são brancas, a fonte possui um tamanho regular e o livro tem o formato 14x21cm.

Nota da Mari

A Lua de Mel - Sophie Kinsella - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA Lua de Mel - Sophie Kinsella - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA Lua de Mel - Sophie Kinsella - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA Lua de Mel - Sophie Kinsella - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Lua de Mel - Sophie Kinsella - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Mariana Garcia - A Mari! Tem 28 anos e é formada em Engenharia da Computação. Seu maior vício são as séries. Sua watchlist está lotada, mas nunca demais para adicionar um novo reality show. Nos livros assim como nos filmes seu gênero predileto são os romances e as comédia românticas (chick-lits).

One Comment

  1. Ana Melo 15 de fevereiro de 2016 at 19:03 - Reply

    Eu ainda estou no meio da leitura. Mas concordo que a Fliss deva cuidar mais da própria vida, por mais que queira proteger a irmã de uma relação fracassada. Há momentos em que as pessoas têm que caminhar com suas próprias pernas, ainda que as outras saibam que, lá na frente, algo tem 99% de chance de dar errado. Noventa e nove por cento, não cem por cento. Se eu fosse a Lottie, ainda que casar-se deste modo seja uma atitude irresponsável, não iria querer ninguém atrapalhando a minha lua de mel. Nem mesmo minha irmã. Muito menos, o gerente do hotel, que não foi nem um pouco ético. Ele não estava diante de criminosos. Só de um casal em lua de mel. Eu não teria tanta paciência com tantos problemas. Iria embora, colocaria a boca no mundo para reclamar do hotel…

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)