Sinopse: O segundo livro da trilogia Devoção best-seller do The New York Times, Wall Street Journal e USA Today. Encontrar Jett foi um verdadeiro azar. Perigoso, imprevisível. Um cara que era melhor evitar. Nesse jogo, porém, as apostas são altas. Vale a pena correr o risco? A continuação da história de Brooke e Jett mergulha de vez nas armadilhas do amor e da sensualidade. Brooke Stweart sempre achou que esquecer é algo muito difícil. Entretanto, perdoar é impossível. Quando o homem em que ela confiava a traiu, a única opção que ela tinha era seguir em frente. Brooke está determinada a começar uma nova vida, até que encontra Jett novamente: aqueles olhos verdes, sexy como o pecado. O homem que ela desejava. O homem que jogava sujo. O homem que a enganou. Lindo e arrogante, Jett Mayfield sabe que cometeu erros. Ele poderia ter qualquer outra mulher que desejasse, mas era Brooke que ele queria. Quando uma segunda chance colide com os segredos da alma e Brooke precisa confrontar seu passado, ele se vê determinado a protegê-la. Ela aceita sua ajuda não só porque precisa dele, mas também porque não resiste a seus encantos. Desta vez, porém, o jogo será do jeito que ela quiser.

Ficha Técnica

Conquista - J.C. Reed - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Conquista – Skoob

Titulo Original: Conquer your love – Goodreads

Autor(es): J.C. Reed

Tradução: Júlio Andrade Filho

Editora: Única

Ano: 2014

ISBN: 978-85-67028-32-3

Série: Devoção

Volume: 02

Número de páginas: 286

Sobre a Autora

Conquista - J.C. Reed - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

J.C. Reed é autora de diversos best-sellers e escreve seus romances contemporâneos sempre privilegiando o lado sexy e misterioso de seus personagens. Quando ela não está escrevendo, ela cuida dos dois filhos e conversa com seus fãs no Facebook. A trilogia Sr. Estranho foi destaque no New York Times, no Wall Street Journal e no USA Today.

Opinião da Nathy

Não tinha gostado tanto assim do primeiro livro, mas resolvi que daria uma chance ao segundo. Geralmente o primeiro é melhor e então no segundo todo o enredo cai e ficamos com aquela sensação de que poderia ter sido melhor. E tive exatamente essa sensação quando finalizei o livro. Parecia muito com o livro do Cinquenta Tons inclusive em algumas cenas tive que comentar que também aconteciam no outro livro. Entendo que sejam os primeiros livros da autora e está tentando encontrar a medida certa de tudo. Mas, demorou em desenvolver uma parte do livro que não era importante e a que realmente era interessante ficou de lado. Nesse caso mesmo sendo um livro de romance não foi o que prendeu a minha curiosidade. Já imaginava o que iria acontecer com os dois por isso queria que tivesse focado no caso principal e no mistério sobre sua herança.

O livro continua exatamente do ponto em que Brooke descobre algumas verdades sobre o Jett. Então parte em uma viagem com sua amiga para saber mais sobre seu passado e sua família. Mas, chegando ao local se encontra mais uma vez presa na armadilha em seu desejo por Jett. Mesmo que a tivesse traído não consegue esconder seus sentimentos e nem a curiosidade. Do porque Jett está no mesmo local? E porque de repente parece que todo mundo enlouqueceu por conta de uma casa?

A narrativa é em primeira pessoa na visão de Brooke. Talvez por isso não tenha me envolvido na história, não consegui me conectar com a personagem e isso pode ter atrapalhado a narrativa. Em outros momentos continuava em primeira pessoa, porém na visão de Jett. E ele parecia um pouco mais tranquilo em seus passos e pensamentos, mesmo que quisesse matar todas as pessoas que estavam ao seu redor. Ou ao redor de Brooke. Talvez se fosse a terceira pessoa e explicando muitas coisas teria gostado muito mais do livro.

No entanto, os acontecimentos sofreram algumas reviravoltas que ele não esperava.

A Brooke é uma das personagens mais irritantes que já encontrei nos livros. Em alguns momentos age como uma menina ingênua assustada sem saber em quem confiar, mas quer mostrar que sabe exatamente o que está fazendo e acaba metendo os pés pelas mãos. Em outros momentos não quer saber do Jett e acha que está agindo de forma errada. E tem outros comportamentos que me fez querer lhe dar um tapa e ver se acordava. Tudo mudava em questão de parágrafos. Não conseguia lidar com tantos sentimentos de uma única vez. Acho que a autora quis misturar a personalidade dela e acabou não lhe dando forma alguma. Não que uma personagem não possa ser forte e ingênua ao mesmo tempo, mas acho dificil uma pessoa agir do mesmo jeito. Sem contar que no primeiro parecia ser aquela pessoa quebrada sem pais e nesse já era forte o suficiente para lidar com tudo sozinha. Não fez muito sentindo na minha visão.

Então poderíamos pensar que o Jett era um personagem masculino que iria fazer morrer de amores. Não aconteceu isso. Como disse parecia uma mistura dos livros mais conhecidos. Ele era para ser um CEO que não se apaixona por nenhuma mulher até que conhece Brooke e seu mundo muda. Porém, enquanto em outros livros achei linda a forma deles lidarem com os novos sentimentos. O Jett estava mais parecendo um obsessivo por ela. Mesmo que suas atitudes fosse parecidas com as de outros mocinhos cheguei a ficar com um pouco de medo de suas reações. Imagina se ela fizesse o que ele queria, não queria estar por perto.

É sério… Você é um idiota arrogante.

Os amigos dos dois até que salvam em algum momento. Mas, sério estava esperando o momento em que Sylvie seria uma grande traidora e jogaria Brooke aos lobos. Ela é uma amiga que deveria ser engraçada e dar ótimos conselhos. No entanto, as duas não passam muitos momentos juntas e quando isso acontece a Sylvie está fazendo planos que me faziam desconfiar demais. Enquanto, o Kenny queria colocar todas as cartas na mesa, nada que se referisse a ele. Não sei absolutamente nada sobre o homem somente que está disposto a fazer o que for necessário para ajudar Jett, seja recuperar alguma propriedade ou a mulher que ama.

Estava muito curiosa para saber o que tanto envolvia a herança de Brooke e porque todos estavam tão interessados nela. Fiquei esperando durante toda a leitura aquele momento que iria explodir na minha cara. Sabia que ia ficar chocada, no entanto, quando Jett contou o motivo de tudo aquilo estar acontecendo fiquei de um jeito que nem acreditava. Tinha tanta coisa para ser e acabou sendo algo que não era tão importante assim. Pelo menos não acho que vale a pena matar pessoas por conta disso. Tem um terceiro livro e por isso pode ser que seja desenvolvida essa parte e melhor explicada.

Foi a segunda vez que ouvi Jett soltar um palavrão.

Esse é o tipo de livro que divide opiniões. Quero ler o terceiro para tirar minhas conclusões sobre a trilogia completa, porque ela pode estar guardando tudo para o último livro. Acho que vale a pena ser lido para tirar as próprias conclusões.

Quote Favorito

Conquista - J.C. Reed - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

A capa continua sendo lindas. Muito mais do que as originais que somente mostram o corpo de um homem e isso não diz muita coisa. Na foto do casal o homem parece de alguma forma mais fragilizado, como se estivesse sofrendo e ela fosse a sua paz. Enquanto, a mulher está em uma pose mais forte. Dessa vez a foto deles está na parte inferior e o nome do livro ganhando mais destaque na parte superior. De algum jeito o vermelho ficou um pouco apagado, tudo o que consigo olhar é o casal.

Conquista - J.C. Reed - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação segue o padrão do primeiro volume. As páginas são amarelas e os capítulos iniciam em uma nova página. A numeração do capítulo se encontra a esquerda no topo da página e possui um detalhe em forma de tribal. O inicio de cada frase no capítulo e destacado em um fundo preto. Se tem alguma mudança de cena dentro do mesmo capítulo tem uma marcação no mesmo estilo tribal.

Nota da Nathy

Conquista - J.C. Reed - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMConquista - J.C. Reed - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMConquista - J.C. Reed - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMConquista - J.C. Reed - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMConquista - J.C. Reed - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Devoção – Lançado em  2013 – Resenha
  • Conquista – Lançado em 2014
  • Treasure Your Love – Sem previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Única. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”