Sinopse: Celaena Sardothien, a melhor assassina de Adarlan, tornou-se a assassina real depois de vencer a competição do rei e se livrar da escravidão das Minas de Sal de Endovier. Mas sua lealdade nunca esteve com a coroa. Tudo o que deseja é ser livre — e fazer justiça. Nos arredores do castelo, surgem rumores a respeito de uma conspiração contra misteriosos planos do rei, mas antes de cuidar dos traidores, Celaena quer descobrir exatamente que planos são esses. O que ela não imaginava é que acabaria em meio a uma perigosa trama de segredos e traições tecida ao redor da coroa. Enquanto a amizade entre ela e o capitão Westfall cresce cada vez mais, o príncipe Dorian se afasta, imerso em seus próprios dilemas e descobertas. A princesa Nehemia acaba se tornando uma conselheira e confidente, mas sua atenção está mais voltada para outros assuntos. Em Adarlan, um segredo parece se esconder por trás de cada porta trancada, e Celaena está determinada a desvendar todos eles para proteger aqueles que aprendeu a amar. Mas o tempo é curto, e as ameaças ao redor castelo de vidro estão cada vez mais próximas. Quando menos se espera, uma trágica noite mudará a vida de todos no reino, e mais do que nunca Celaena quer descobrir a verdade para fazer justiça. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite – Skoob

Titulo Original: Crow of Midnight – Goodreads

Autor(es): Sarah J. Mas

Tradução: Mariana Kohnert

Editora: Galera Record (Grupo Editorial Record)

Ano: 2014

ISBN: 978-85-01-40139-7

Série: Trono de Vidro

Volume: 02

Número de páginas: 404

Sobre a Autora

Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Ela tem 26 anos e vive na Califórnia. Ao longo dos dez anos que passou desenvolvendo o mundo de Trono de vidro, desenvolveu uma doentia paixão por filmes da Disney e música pop ruim. Ela adora contos de fadas, bebe café demais e vê muito lixo na TV. Quando não está escrevendo seus livros, pode ser encontrada explorando a costa da Califórnia.

Opinião da Nathy

O primeiro livro tinha me deixado com a sensação de que faltava alguma coisa para ser ótimo. No segundo senti uma melhora na escrita da autora e também na evolução da história. No entanto, sinto que o que a autora quer passar não é a mesma coisa que o livro está apresentando. Continuo com a sensação de que poderia ter sido melhor. A assassina sendo mostrada em sua verdadeira pele e não ficar dividida entre amores. Tem muita coisa para ser trabalhada no livro, mas parece que tudo na verdade fica nos sentimentos dela pelos dois rapazes. Teria que dado uma balanceada. A história foi boa consegui aproveitar mais porque não estava com as expectativas altas.

No segundo livro da série Celaena assume o papel de assassina do Rei. Não importa quem seja as vítimas cumprirá as suas ordens e um dia ter a sua tão sonhada liberdade. Mas, conforme vai cumprindo as ordens percebe que algo muito maior está acontecendo no reino. Uma movimentação que antes não existia. Quando um segredo é revelado para algumas pessoas parece que tudo muda de dinâmica e Celaena se vê tendo que tomar uma decisão muito mais complicada.

A narrativa é em terceira pessoa com o foco mudando entre os personagens. Em alguns momentos está em Celaena, em outros em Chaol e outros no príncipe. E não tem nenhuma marcação indicando em quem está o foco no momento. Conforme o leitor vai lendo entende quem está vivendo tudo. Ficou um pouco confuso porque mudava de uma maneira brusca e até mesmo no inicio dos capítulos. Se tivesse uma marcação teria facilitado muito mais. Mesmo com esses problemas a leitura fluiu muito bem, no mesmo dia que comecei consegui terminar.

Os olhos de Lorde Nirall se abriram no momento em que a campeã do rei ergueu a espada sobre a cabeça dele.

A Celaena no primeiro livro me incomodou demais porque não parecia em nada com uma assassina. Nesse até metade do livro estava vendo exatamente aquela menina em conflito sobre o que estava fazendo. Nada como a fama que tinha no reino. Então continuava a achando bem chata com tudo. Mas, quando finalmente assumiu que era uma assassina e iria atrás dos culpados, foi maravilhoso. Queria que esse lado dela tivesse prevalecido até o próximo livro. Por que era disso que estava precisando de uma personagem principal forte o suficiente e não uma covarde. Então fiquei com os sentimentos bem conflitantes porque a queria desse jeito, mas ela relutava em ser assim e deixava claro os seus motivos. Ficava um pouco impossível não desejar que tudo desse certo.

Quem conquistou completamente meu coração foi o Chaol. Ele é o Capitão da Guarda do Rei, mas por amor ele é capaz das maiores loucuras. Deixa isso em evidência em diversos momentos. Mesmo quando deveria obedecer ao rei assume um risco muito grande para que a Celaena ficasse bem. Estou curiosa para saber como vai lidar com seu novo papel. Não é fácil abrir mão daquilo que sempre acreditou e achou que fosse para o resto de sua vida. Um personagem muito corajoso, mas que em alguns momentos mostra uma fragilidade muito grande.

Porque você me lembra de como o mundo deveria ser. De como o mundo pode ser.

Gostei do papel que a autora deu ao Dorian, pelo menos em parte. Não fica somente um príncipe que fica se lamentando pelos cantos por aquilo que não pode ter. Tudo bem que faz isso um pouco. Porém, depois tem um motivo a mais para viver e lutar pelo que acredita. Acredito que no próximo livro estará ainda melhor. Enquanto, Nehemia esta mais misteriosa do que no primeiro livro. Cheia de planos com Elena e indo até as últimas consequências por eles. Gosto demais da personagem, ela é exatamente o que queria que a Celaena fosse. Torci demais para que ficasse com o Dorian, porque merece uma mulher muito forte ao seu lado.

O ponto central do livro acabou se tornando uma rebelião no reino. Porém, me decepcionou um pouco. Queria que tivesse tido mais ação e muitas mortes. Mas, parecia mais um jogo de criança. Quero o poder, no entanto vou deixar os outros fazerem tudo e depois apareço linda e bela tomando conta de tudo. Estava esperando muito mais dessa parte. A única que vi que estava mesmo empenhada em seus planos foi Nehemia. Não foi uma grande surpresa em vista de que não queria ficar de graça com ninguém, somente queria atingir seus objetivos.

Um pé após o outro, ela andou de volta na direção do homem com uma tranquilidade predatória.

Se leu o primeiro livro se arrisque no segundo porque pode gostar demais. Tive os meus problemas, mas nem por isso o livro é ruim. Pelo contrário, a história é bem trabalhada. Estou curiosa pelo terceiro livro, apesar de que são seis livros então não deverá ter um encerramento.

Quote Favorito

Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Ainda não consigo identificar a Celaena na menina da capa. Porque ela é linda demais. Na frente com as suas espadas em uma pose ainda mais mortal no meio de todo esse vermelho. O nome do livro em uma cor viva, enquanto o da autora ficou um pouco perdido. Na contracapa ficou ainda mais perfeito. Toda vermelha e a menina com uma roupa mais sofisticada. Mesmo com um lindo vestido ficou com suas espadas igualmente na pose mortal. Ficou perfeita!

Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Quanto à diagramação as páginas são amarelas e grossas. Cada capítulo inicia em uma nova página com uma espécie de flecha no começo e no final do número. Quando tem mudança de cena dentro do mesmo capitulo uma espécie de pena separa as cenas. Não tive problemas com a tradução, mas algumas porque estava envolvida demais na leitura. Se teve algum erro passou despercebido.

Nota da Nathy

Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTrono de Vidro Coroa da Meia-Noite - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTrono de Vidro Coroa da Meia-Noite - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTrono de Vidro Coroa da Meia-Noite - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTrono de Vidro Coroa da Meia-Noite - Sarah J. Maas - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Trono de Vidro – Lançado em  2013 – Resenha
  • Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite – Lançado em 2014
  • Heir of Fire – Sem previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

  • Trono de Vidro: Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes | Cultura | Fnac | Ponto Frio | Extra
  • Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite: Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes | Cultura | Fnac| Ponto Frio | Extra
  • Trono de Vidro (e-book): Amazon | Cultura | Itunes | Saraiva |
  • Trono de Vidro Coroa da Meia-Noite (e-book): Amazon | Cultura | Itunes | Saraiva |
“O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”