Ser Feliz é assim – Jennifer E. Smith – #Resenha

Home/Jennifer E. Smith, Livros, O Blog da Mari, Resenhas, Ser Feliz é assim/Ser Feliz é assim – Jennifer E. Smith – #Resenha

Sinopse: A vida — assim como o amor — é cheia de conexões inesperadas e enganos oportunos. Uma ligeira mudança no curso pode gerar consequências surpreendentes. Afinal, às vezes, o desvio, o atalho é o verdadeiro caminho. A estrada que deveríamos ter escolhido desde sempre… Se pelo menos tivéssemos a coragem de fazer do coração nossa bússola. Graham Larkin e Ellie O’Neill não poderiam ser mais diferentes. O rapaz é um ídolo adolescente, um astro das telas de cinema; uma vida calcada na imagem. O cotidiano constantemente sob o escrutínio dos refletores. Agentes, produtores, RPs, assessores… Já Ellie passou a vida escondida nas sombras, fugindo de um escândalo do passado enterrado em sua árvore genealógica. Mas, mesmo sem aparentemente nada em comum, os dois acabam se conhecendo — ainda que virtualmente — quando Graham envia a Ellie, por engano, um e-mail falando sobre o porco de estimação Wilbur. Esse primeiro contato leva a uma correspondência virtual entre os dois, embora não saibam nem o nome um do outro. Os dois trocam detalhes sobre suas vidas, esperanças e medos. Então Graham agarra a chance de passar tempo filmando na pequena cidade onde Ellie mora, e o relacionamento virtual ganha contornos reais. Mas será que duas pessoas de mundos tão diferentes conseguirão ficar juntas? Será que o amor é capaz de vencer — mesmo — qualquer obstáculo? E mais importante… é possível separar ilusão de realidade quando o coração está em jogo? Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Ser Feliz é assim - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Ser Feliz é assim – Skoob

Titulo Original: This is what happy looks like  – Goodreads

Autor(es): Jennifer E. Smith

Tradução: Daniela Dias

Editora: Galera Record (Grupo Editorial Record)

Ano: 2014

ISBN: 978-85-01-04778-6

Número de páginas: 395

Sobre a Autora

Ser Feliz é assim - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Jennifer E. Smith é autora, também, de The Comeback Season e You Are Here. Se formou em redação criativa pela Universidade de St. Andrews, na Escócia e, atualmente, trabalha como editora em Nova York.

Opinião da Nathy

Primeiro livro que leio dessa autora, mas já tinha escutado maravilhosos sobre seu outro livro As Probabilidades Estáticas do Amor à Primeira Vista. Então fiquei curiosa para saber seria a história de Ser Feliz é Assim. Mesmo tendo ouvido coisas positivas da autora e de seu livro não comecei com grandes expectativas. Porque em livros adolescentes em que eles são de mundos completamente opostos nunca parece que terá um final feliz. Ainda mais quando suas vidas já estão bem traçadas. Por mais que a história tenha uma passagem de tempo boa, na minha visão, tudo parecia estar ocorrendo muito rápido. Como se tudo fosse há apenas um dia. Gostaria que a parte em que estão trocando as mensagens tivesse sido melhor elaborada, com um espaço bem maior no livro.

O livro conta a história de Graham e Ellie. Como disse são de mundos opostos. Ele é um famoso ator que todas as meninas morrem de amores. Ela vive em uma pacata cidade onde todo mundo se conhece. Os dois passam a trocar e-mails quando sem querer Graham manda uma mensagem errada. Então uma amizade parece começar a se desenvolver. Para então fortes sentimentos surgirem, afinal os dois parecem se entender de uma forma como ninguém mais conseguiria. Durante as filmagens de seu mais novo filme Graham sugere que sejam feitas na cidade onde vive Ellie, pois não vê o momento em que poderá conhecer a menina que vem preenchendo seus pensamentos. Mas, nada é tão simples como parece. Ellie guarda segredos os quais não está disposta que venha a tona para viver um romance com o ator. No entanto, será que o amor não supera todas as barreiras.

É um livro bem gostoso de ler. Peguei durante a noite para ler e em poucas horas já havia terminado. A leitura flui de uma forma boa sem ficar enrolando demais. A narrativa é feita em terceira com o foco mudando entre os dois personagens. Confesso que no começo por não estar acostumada fiquei perdida com a troca de foco. Ainda bem que tinha nos primeiros parágrafos falando o nome do personagem assim não confundia completamente. No entanto, quando tem essa quebra brusca sem avisar logo no começo você fica tentando novamente se conectar com os personagens. Ao mesmo tempo em que era um ponto positivo porque sabia os sentimentos de cada um deles, acabou se tornando negativo também devido a essa quebra.

Foi por isso que pensei que ela pudesse ser você.

Infelizmente não consegui me identificar com nenhum dos personagens principais ou secundários. Geralmente o livro me agrada mais quando consigo ter essa aproximação com eles. Mas, ainda que não tivesse essa aproximação os dois passam por problemas diferentes, mas interessantes. A forma com a qual tentam lidar foi bem elaborada. Ellie quer conhecer seu pai e ficar de fora dos holofotes porque isso poderia ser algo de ruim para a sua mãe. Ao contrário das adolescentes chatas dos livros que pensam no próprio umbigo e culpam sua mãe por tudo, Ellie pensa nos sacrifícios que sua mãe. Por isso em diversos momentos não conseguem colocar os seus sentimentos por Graham acima de qualquer coisa. Para uma adolescente até que consegue ser bem altruísta e não ficar pensando no amor de um menino.

Enquanto Graham tinha tudo para ser aquele mocinho apaixonante. E até faz coisas realmente fofas, mas não conseguiu me conquistar completamente. Ele vai para a cidade pensando unicamente em conhecer Ellie e ver se a conexão entre eles é verdadeira. Luta com todas as suas forças para ficar com a menina mesmo quando ela pede distância. Chegou ao ponto de arriscar seriamente a sua carreira, mas não se importava. Além de sua situação com a Ellie tinha que lidar com a distância de seus pais. Gosto quando o personagem tem um pensamento fixado de uma coisa e acaba descobrindo que não era nada como estava esperando. Um mocinho fofo. Que consegue viver um romance fofo.

Isto é poesia, sim.

Os personagens secundários quase não aparecem. A mãe dela realmente está tentando continuar com a sua vida sem entrar em um novo escândalo. Até que fiquei com pena dela porque deve ter sofrido demais com toda a situação com o pai de Ellie. No entanto, não se pode viver uma vida baseada no puro medo. Quando percebe que não precisa se preocupar com essas coisas tudo se torna bem melhor. Assim como gostei do empresário do Graham. O homem vive sobre muita tensão ao cuidar da imagem do garoto e agiu da forma que acredito que muitos devem agir. Pareceu um pai para o rapaz ainda mais quando dava aquelas broncas por estar fazendo as coisas de forma errada.

Já Quinn melhor amiga de Ellie me pareceu àquelas adolescentes chatas. Estava interessada em sair com o garoto famoso na sua cidade. Depois vendo que não ia dar certo passou a olhar os que estavam mais pertos. Tratou a Ellie de uma forma muito exagerada e até ciumenta. Nos livros assim fico empolgada com as melhores amigas que sabem exatamente o que fazer para ajudá-las. Mas, nesse parecia que o ciúme estava mais evidente. Ainda que estivesse com bem com outras pessoas.

Ele é um cara legal de verdade. E obviamente está gostando de você.

Um livro bem gostoso para uma tarde de chuva. A autora descreve muito bem seus personagens e histórias. Para quem gosta de romance adolescente sem nenhum enrolação é uma boa pedida.

Quote Favorito

Ser Feliz é assim - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu gostei da capa nacional com os tons bem alegres e descontraídos. Também tendo o porquinho dentro da mensagem sendo enviada. No entanto, a capa original é perfeita demais. Com o casal dentro de um barco com tons não tão claros, mas que combina perfeitamente. O nome do livro está dentro de um dos balões tendo um grande destaque o que me agrada muito. Na orelha o livro o porquinho volta aparecer todo fofo. Já a diagramação eu achei mais simples. As páginas são amarelas com cada capítulo iniciando em uma nova página. Quando as mensagens são enviadas mudam de página. Não tive problemas com a tradução e digitalização.

Ser Feliz é assim - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Nota da Nathy

Ser Feliz é assim - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMSer Feliz é assim - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMSer Feliz é assim - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMSer Feliz é assim - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMSer Feliz é assim - Jennifer E. Smith - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

3 Comments

  1. Mariana 15 de junho de 2015 at 21:31 - Reply

    Oi,eu gostaria de saber onde você viu a capa original do livro – Ser feliz é Assim – em que eles estão no barco,porque eu não achei essa capa.

    • Nathalia Garcia 4 de julho de 2015 at 15:49 - Reply

      Oiee Mariana!!

      Eu vi a capa no goodreads. Na parte de edições eles mostram diversas capas =)

  2. […] Da Galera Record recebemos três livros Santuário, Onde Deixarei Meu Coração e Ser Feliz é Assim. […]

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)