Transport Is Arranged (5X14) foi o melhor episódio dessa segunda parte da temporada, até este momento. Ele não me empolgou tanto quanto os episódios da primeira parte, mas conseguiu prender a minha atenção durante os quarenta minutos.

A partir deste momento o post contêm spoilers para quem não viu o episódio ainda.

Em She Believes, Auggie sugere que as mortes dos membros de sua equipe não foram apenas uma coincidência e neste episódio temos certeza disso. Belenko está por trás de todas as mortes e como eu havia sugerido anteriormente, o motivo não é exatamente dos mais originais. Enquanto, Belenko tortura Auggie, ele o questiona a respeito de Decker, que através de flashbacks descobrimos que é o “responsável” pela morte de seu irmão.

Covert Affairs - 5X14: Transport is Arranged - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Gostei bastante dos flashbacks, pois na primeira parte da temporada, Auggie me pareceu bem apagado e há muito tempo não víamos cenas de seu passado. Com os flashbacks também vemos porque ele nega conhecer Decker e resiste tanto a tortura de Belenko. Auggie deve sua vida a Decker, que matou o irmão de Belenko para salvá-lo. As cenas em que ele foi torturado para mim foram de cômicas a muito tensas. O que ele tinha em mente ao colocar uma pessoa cega dentro de uma caixa escura? Ele já não enxerga nada mesmo, que diferença faria? A sensação obviamente não deve ser boa, mas para quem estava pendurado apanhando… Auggie pareceu ter algumas horas para se recuperar naquele local.

Covert Affairs - 5X14: Transport is Arranged - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Então, a comicidade acaba quando Tash entra em cena. Mal lembrava dela, então confesso que foi uma surpresa vê-la ali, principalmente porque sabia que com ela, Belenko conseguiria afetar o Auggie. Apesar de tudo o que viu e sofreu enquanto servia o país, ele não se tornou uma pessoa obscura e cenas como essa deixam isso claro para mim. Tash faz com que Auggie seja o Auggie que tanto amo assistir. Não tenho dúvida, que ele faria o mesmo por qualquer uma de suas outras garotas, pois ele é assim, protetor e leal a todas elas. E alguém palpita qual delas é a mais especial? Será que com Annie e McQuaid juntos, os dois poderiam tentar ficar juntos pela terceira vez? Dizem que na terceira da sorte né?

Eu até diria que sim, se não tivesse visto mais uma vez aquela química entre Auggie e Annie. Não sei se os produtores desistiram da ideia, ou, estão apenas a adiando, mas é impossível não ver o amor e o carinho que os dois sentem um pelo outro. O alivio de Annie é evidente ao encontrá-lo vivo, após Belenko explodir o local onde ele se encontrava. E Auggie escapar depois de dar uma de MacGyver. Os abraços entre eles, como em todas as vezes, são perfeitos.

Já McQuaid continua me deixando com o pé atrás. Quero confiar nele, mas por algum motivo, ainda não confio 100% nele. Achei que já tivesse passado dessa fase, mas essa necessidade dele ficar o tempo todo ao lado de Annie tem me incomodado. Espero muito que seja apenas amor e vontade de protegê-la, mas tenho que dizer que as vezes sinto, que ele está próximo ao bastante apenas para vigiá-la e sabotá-la. Eu sei, eu sei, devo estar viajando! Mas o fato dele ter me parecido muito bad-ass na primeira parte da temporada e cometer diversas pequenos erros nessa segunda parte me deixam insegura.

Covert Affairs - 5X14: Transport is Arranged - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Principalmente porque se McQuaid não tivesse deixado um dos capangas escapar, ele estaria do lado de Annie, no momento em que Belenko aparece e talvez os dois tivessem conseguido detê-lo. Enfim, isso parece que vai demorar um pouco para acontecer, então até lá acompanhamos os efeitos colaterais dessa perseguição, pois Sydney como esperado finalmente acabou sendo “atingida” no meio de toda essa confusão. Sinto pelo Calder, que está completamente apaixonado, mas não dá para ficar muito surpresa né? Era obvio que em algum momento isso aconteceria. Só espero que ela sobreviva.

Comentários Rápidos

Onde Comprar