Um tempo atrás estava muito desanimada com as séries e os livros. Sim, sei que é difícil de acreditar, mas estava achando tudo muito repetitivo, as tramas não iam para lugar algum e eu não queria assistir mais nada (tanto que algumas reviews/resenhas acabaram atrasando por aqui, mas não se preocupem, minha empolgação já voltou).

E enquanto estava com essa crise de identidade acabei me deparando novamente com os animes. Quando era mais nova os assistia demais. Era apaixonada por eles. Mas por algum motivo que já nem lembro mais,  acabei parando. Agora depois de assistir alguns novos animes, descobri os doramas e me vi fascinada. Comecei assistindo os disponíveis no Netflix, mas não  demorou muito para ir atrás de novas indicações.

Então, hoje, resolvi vir compartilhar com vocês um pouco mais dessa minha mais nova paixão, indicando cinco doramas para vocês assistirem durante as férias. 

Antes de começar acho importante deixar uma breve explicação para vocês sobre o que são os famosos doramas:

Dorama é um termo para série de televisão oriental. Podendo ser a mesma um J-Drama (Drama Japonês), K-Drama (Drama Coreano), TW-Drama (Drama Taiwanês), C-Drama (Drama Chinês) e até mesmo os live-actions.

Eu ando assistindo de todos os cantos e mesmo estranhando um pouco o idioma, porque muda de um lado para o outro, tenho me divertido demais. Estou até mesmo aprendendo algumas palavras ou pelo menos acho que estou aprendendo, rs.

Nessa lista eu vou dar a minha opinião sobre esses doramas e também vou deixar uma breve sinopse para vocês entenderem um pouco mais sobre as histórias.  Se você não assiste há algum deles (ou nenhum) veja os vídeos dos casais que pode acabar gostando. Todos os vídeos disponíveis estão em alta qualidade para que possam aproveitar e se apaixonar.

E para os que já conhecem se tiverem alguma indicação fique a vontade para fazê-las, lembrando que essa não é a minha opinião quanto os melhores doramas, até porque não assisti tantos assim para afirmar que não existem melhores, apenas uma lista com os que mais me cativaram, dentre os que assisti nas últimas semanas. Então vamos à lista?

Playful Kiss

Quando estava vendo os animes por indicação da Gabi (livros e citações) fui assistir Itazura na Kiss e fiquei encantada com a história de amor dos dois. Esse dorama é uma adaptação do mangá. Perto dos anteriores a atuação é um pouco fraca e os beijos não têm tanto sentimento assim. No entanto, eu novamente fiquei apaixonada pela a história de amor entre eles e pelo ator fulano de tal. Pelo que andei vendo ele ainda não fez muito doramas, mas já quero ver todos que estiver participando. O problema é torcer por ele quando não vai ficar com a menina, muito triste. Alguns momentos eu achei bem parecido com o anime, mas outros fugiam um pouco do personagem. Ele mostrava muito mais sentimentos pela a principal do qualquer outro personagem adaptado desse mangá. As cenas entre os dois são lindas demais. A menina é toda fofa e atrapalhada. Em alguns momentos foi um pouco exagerada, mas ainda assim conseguiu me conquistar.o.

A história narra à vida de uma estudante Oh Ha Ni que é completamente apaixonada por Baek Seung Jo. Um menino que tira notas altas e muito popular. Obviamente ele é muito lindo, um dos mais lindos da escola. Oh Ha Ni não é muito inteligente, não tira boas notas. Mas, está decidida a se declarar para Baek Seung Jo escrevendo uma carta. Baek Seung Jo que não a conhece muito bem a rejeita de maneira brusca e fria, apenas revirando a ortografia da carta. Mas, ela não se deixa abater e tenta conquistá-lo. Quando um terremoto destrói a sua casa acaba indo viver com seu pai junto de um amigo, que coincide em ser o pai de Baek Seung Jo. Mais e mais confusões são formadas com esses dois vivendo na mesma casa.

Secret Garden

Eu acho que a maioria dos doramas que assisti o mocinho se apaixonou primeiro por ela, mas não dava o braço a torcer. Ou então agia exatamente como o Kim Joo Won. Ele por ser rico tenta fazer todas as coisas por ela, mas não a impressiona de forma alguma. Mesmo porque está apaixonada pelo irmão velho dele o cantor Choi Woo Young/Oska. Que na verdade ama a menina que estaria prometida para o Kim Joo Won. Uma verdadeira confusão, mas muito divertida. Ainda mais quando acaba acontecendo um “Se eu fosse você”. O Hyun Bin está excelente no papel, em um momento é um empresário frio e no outro uma menina assustada. Mesmo com toda essa parte divertida e romântica, porque os dois juntos é a coisa mais fofa. Tem um drama que quase me levou as lágrimas. Em uma determinada cena meu coração se partiu por ele, mas somente mostrou como o amor que sente por ela é mais forte do qualquer coisa.

O lado bom também é que não tem apenas o casal principal para torcer que fique junto, o secundário é ainda mais perfeito. Confesso que teve momentos que estava mais ansiosa pelas cenas entre os dois. Querendo saber tudo o que iria acontecer e como esse amor do passado iria superar tantas barreiras. Estou até hoje igual louca procurando as músicas que ele cantou nos episódios de tão lindas. Os dois ficaram perfeitos e já queria ver outros doramas em que fossem os principais.

Uma dublê que sonha em se tornar diretora de dublês e um CEO de uma loja, que não nada a perder, apaixonam-se em circunstâncias loucas e hilárias. Mesmo que vivam em dois mundos diferentes Gil Ra-im (Ha Ji-Won) e Kim Joo-won (Hyun Bin) se encontram em uma reviravolta do destino. Nenhum dos dois está à procura de amor. Tudo o que Kim Joo-won quer é um bom casamento para aumentar seu poder e vantagens. Tudo se torna muito complicado quando os dois passam a trocar de corpos.

Lie to Me

Senão me engano foi o segundo dorama que vi e me acabei de dar risada. A Gong Ah-jung reencontra uma “amiga” do passado que roubou seu primeiro amor. Agora está casada e faz questão de esfregar na cara da principal. Para não ficar por baixo acaba dizendo que está casada e muito feliz. A pessoa com a qual ela finge ser casada é o mocinho que no começo fica furioso com a situação. Enquanto, os dois ficam como cão e gatos tudo é engraçado demais. O principal faz umas caras e bocas deixando impossível de não rir. Mas, logo como esperado os dois passam a desenvolver sentimentos um pelo outro. Diversas situações acabam os separando e gente como senti vontade de chorar junto com a mocinha. Porque estava mesmo amando o mocinho e não podia ficar com ele estava destruindo a sua personalidade divertida. As cenas românticas entre os dois são perfeitas. Fica dificil não torcer para que tenham o seu tão sonhado final feliz.

Gong Ah-jung (Yoon Eun-hye) é uma funcionária pública do Ministério da Cultura, Esportes e Turismo. Quando encontra uma amiga acaba mentindo afirmando que também está cassada somente para não se sentir rebaixada. A mentira toma uma proporção muito maior até que ela percebe que todos estão comentando sobre seu casamento secreto com Hyun Ki-joon (Kang Ji-hwan), um rico presidente do World Hotel. Mesmo odiando essa fofoca e fazendo de tudo para limpar seu nome Hyun Ki-joon acaba cedendo para seu benefício em ficar “casado” um curto tempo com Gong Ah-jung. Tudo fica mais complicado quando a ex-noiva de Hyun Ki-joon reaparece disposta a continuar de onde os dois haviam parado.

Coffee Prince

Um dorama que fala sobre o amor não importa por quem seja e a aceitação do mesmo. Por algum engano do destino o mocinho pensa que a mocinha é um menino e acaba a contratando para se passar por seu namorado devido a alguns encontros às cegas que sua avó planejou. Mas, no meio do caminho os dois acabam se tornando amigos. Quando o mocinho abre um café a contrata para ser sua ajudante junto com outros personagens divertidíssimos. O Han-Kyul começa a sentir mais do que uma amizade pela mocinha mesmo achando que se trata de um homem. E nossa quando decide aceitar esse amor é muito lindo. Fiquei com frio na barriga com a cena. Ela como não teve um namorado não sabe como lidar com os novos sentimentos por ele. Os dois passam por grandes problemas até que finalmente conseguem ficar juntos. Tem triângulo amoroso, algo que geralmente não gosto, mas é tão bem trabalhado que fiquei encantada.

Os personagens secundários também são ótimos. O personagem que chama ela de Minha Chan é o mais engraçado deles. Completamente louco e quando descobre que ela é uma menina deixa tudo ainda mais engraçado. Não fica apenas com uma menina e se acha a última bolacha do pacote. A irmã dela é insuportável, não consegui gostar da menina. Muito egoísta pensando em si mesma e não nos sentimentos dos outros. O rapaz que gosta dela me dava muita pena e uma imensa vontade de bater em seu rosto. Fazê-lo acordar de alguma maneira.

Go Eun-chan (Yoon Eun-hye) é uma mulher de 24 anos de idade, que por muitas vezes é confundida com um homem. Desde que seu pai faleceu se ocupa de cuidar de sua mãe e sua irmã. Tem diversos trabalhos, mas ainda assim não consegue muito dinheiro. Já Choi Han-Kyul (Gong Yoo) é um homem mimado. Nunca teve um emprego e não se importa em ter responsabilidades. Quer dormir até tarde e gastar o dinheiro de sua família. Está preso ao seu primeiro amor Han Yoo-joo (Chae Jung-an), que nunca o viu dessa forma. Quando esses dois se encontram as maiores confusões começam. Ele a contrata como sua amante gay para que possa escapar dos encontrar arranjados por sua avó.

Devil beside you

Esse acabou se tornando o meu favorito e já estou indo atrás de vários doramas com o ator Mike He de tão fofo que achei. No começo do dorama a Qi Yue é completamente apaixonada por outro menino. Quando está para se declarar acaba fazendo para a pessoa errada o Ahmon lindo. A partir desse ponto os dois passam a viver feito cão e gato. Porém, sabemos que tem uma linha muito tênue entre o amor e o ódio. Em meio a tantas desavenças os dois acabam se apaixonando e lutando por esse amor. A Qi Yue é muito fofa. Ela me lembrou muito as meninas dos animes com seu jeito delicado e engraçado. Acaba se colocando em situações muito divertidas e vergonhosas. Já o Ahmon é muito amor. Mas, também uma verdadeira praga. Nossa o tanto que perturba a coitada da Qi Yue, ainda mais quando sabe de seus sentimentos. Ele por ser filho do presidente da escola acha que pode fazer qualquer coisa até se depara com a menina. A forma como se entrega a esse amor é muito perfeita. Perto do final fiquei com uma raiva tremenda dele, mas depois perdoei porque fui capaz de compreender seu conflito.

A história se inicia começa com Qi Yue (Rainie Yang) planejando se confessar seu amor para o capitão do time de basquete Yuan Yi (Kingone Wang). Ela escreveu uma carta de amor e tinha planos de entregá-la para ele. Sendo descuidada de um jeito que somente ela pode ser, acaba fazendo a confissão para a pessoa errada, nada menos do que o considerado “diabo” da escola, Ah Meng. Ela está tão chocada e envergonhada de ver Jiang Meng conhecido como Ah Mon que deixa a carta cair na frente dele e foge. Ele pega a carta e passa a chantagear a menina para fazer tudo o que deseja, senão toda a escola vai saber do conteúdo da carta. Para piorar a sua situação Qi Yue descobre que sua mãe pretende se casar com o pai de AhMon. Tornando-o assim seu meio-irmão.

E vocês quais doramas recomendam para serem assistidos???