Homens, Mulheres & Filhos – Chad Kultgen – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/Homens, Mulheres & Filhos – Chad Kultgen – #Resenha

Sinopse: Homens, mulheres & filhos é a melhor obra de ficção já escrita sobre a sexualidade de adolescentes e adultos em tempos de Internet. O autor cria uma rede de personagens que levam vidas comuns e aparentemente normais, mas, no fundo, repletas de neuroses, fraquezas, pudores, perversões, inseguranças, ingenuidades, e cujo comportamento é influenciado diretamente pela mídia e pelo mundo virtual.

Ficha Técnica

Homens, Mulheres & Filhos - Chad Kultgen - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Homens, Mulheres e Filhos – Skoob

Titulo Original: WMen, Women and Children – Goodreads

Autor: Chad Kultgen

Tradução: Fabiana Colasanti

Editora: Record (Grupo Editorial Record)

Ano: 2014

ISBN: 978-85-01-07069-2

Número de páginas: 351

Sobre o Autor

Homens, Mulheres & Filhos - Chad Kultgen - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Chad Kultgen é romancista e vive em Los Angeles. Ele é o maior fotógrafo vivo de esquilos.

Opinião da Nathy

Eu acho que essa foi uma das leituras mais difíceis que fiz nos últimos tempos. Meu interesse no livro surgiu após ver o trailer do filme que prometia ser maravilhoso e intrigante. Mas, foi uma decepção. Logo no começo já tem uma conotação vulgar que pensava que iria mudar ao longo da história. No entanto, não tem um conteúdo o livro. Se tivesse alguma mensagem ficou apagada devido à forma do autor em somente falar sobre sexo. Além de não ser o tipo de leitura ao qual estou acostumada me sentia muito mal com o passar das páginas. Tenho certas restrições quanto ao conteúdo de um livro e a forma do autor descrever as diversas cenas eu achei ofensiva. Sem contar que o final acabou sendo abrupto demais deixando espaço para a imaginação do leitor.

O livro conta diversas histórias ao mesmo tempo. O que torna um pouco dificil de acompanhar a vida de cada um deles. Tem sobre o marido que pensa vinte e quatro horas por dia em sexo. Sua esposa que já sente mais tanto esse desejo. O menino que vive apenas com seu pai e passa o dia inteiro jogando world of warcraft. Enquanto, nutre uma paixão por uma menina da sua escola. Tem os jogadores de futebol e seu técnico que não pensam em outra coisa a não ser no futebol e também em sexo. As lideres de torcida que não podem ficar uma atrás da outra, então se uma delas já fez sexo a outra também quer fazer. E uma das lideres que sofre de bulimia e anorexia. Sem contar a mãe de uma das meninas que é completamente paranoica sobre o que acontece na internet.

Essa imagem era tudo em que conseguia se concentrar nos 45 minutos que ainda restavam de sua cada vez mais curta hora do almoço.

A narrativa é feita em terceira pessoa de uma forma que parece que o autor está conversando com o leitor. A leitura flui muito bem porque não se torna cansativa, mesmo que em alguns momentos não aguentasse mais os pensamentos dos personagens. Tudo é muito bem descritivo. Geralmente gosto quando o ator descreve os passos dos personagens e seus pensamentos. Mas, nesse livro por ser sempre o mesmo pensamento não gostei tanto assim. Não havia a necessidade de tamanha descrição.

O personagem que mais se sobressaiu para mim foi justamente o que estava passando por problemas mais sérios e tentando lidar com eles. Tim Mooney largou o futebol e passou a ser perseguido por seus colegas. Mas, não se deixa influenciar por conta disso. Passa seus dias jogando e tentando se aproximar da menina que tanto gosta. E somente de estar ao seu lado é o suficiente. Acredito que por não ter os pensamentos dos outros foi que mais me agradou. Enquanto, tenta lidar com a depressão. Por um momento fiquei preocupada com o seu futuro, por isso que quando estava começando a gostar do livro queria que tivesse um pouco mais de sua história. No final não acabou sendo bem explorada.

O problema era que, ultimamente, Tim Mooney estava achando mais e mais difícil manter essa atitude.

Assim como a história de Allison. Ela tinha um problema sério que foi tratado de uma forma muito banal. Por falta de informações ou dos pais prestarem atenção acabou por se prejudicar cada vez mais. Parecia muito uma menina desnorteada que não sabia qual rumo seguir. Minha frustração foi que ficou mais na parte sexual ao invés de lidar com os outros problemas dela. Exatamente como sua amiga Brooke que não conseguia pensar nenhuma outra coisa que não fosse arrumar um jeito de transar com seu namorado.

Uma personagem que não consegui gostar e nem me conectar foi com a mãe de Brandy. Sim, na internet tem muitos perigos e é importante prestar atenção no que os filhos estão fazendo. Mas, a mulher ultrapassa todos os limites. Não estava sendo uma verdadeira mãe para a menina. Ainda mais quando se colocou em seus assuntos sem se preocupar com as outras pessoas. Uma relação não importa qual seja a sua natureza deve ser baseada na confiança e isso era algo que não existia com essas duas. Por isso que a menina fazia as coisas escondidas o que é pior.

Sim, querido, limpei a internet dela.

Esse é o tipo de leitura para um público muito especifico. A leitura não funcionou comigo, mas pode ser que tenha uma experiência diferente.

Quote Favorito

Homens, Mulheres & Filhos - Chad Kultgen - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

A capa também acabou por não me agradar. Talvez se fosse com a capa do filme teria ficado mais bonita e chamasse mais atenção. As duas pessoas abraçadas se sobressaindo passa a imagem de que todo mundo ao redor está preocupado com algo, enquanto os dois somente querem ficar juntos. Mas, não é exatamente assim no livro. A diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página, não tem marcação nas mudanças de cena. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Homens, Mulheres & Filhos - Chad Kultgen - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Nota da Nathy

Homens, Mulheres & Filhos - Chad Kultgen - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Homens, Mulheres & Filhos - Chad Kultgen - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Homens, Mulheres & Filhos - Chad Kultgen - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Homens, Mulheres & Filhos - Chad Kultgen - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Homens, Mulheres & Filhos - Chad Kultgen - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)