Real – Katy Evans – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/Real – Katy Evans – #Resenha

Sinopse: Remington Tate tem a reputação de ser um bad boy, dentro e fora. É conhecido também pelo corpo escultural e pelo poder, sexy e selvagem, que emana de cada gota de suor, levando toda e qualquer mulher que o veja a um verdadeiro frenesi. Em seus olhos, brilha um desejo brutal, devastador e real. Brooke, uma especialista em fisioterapia esportiva, é contratada para manter aquele corpo funcionando como uma máquina mortal. Esse parecia ser seu emprego dos sonhos, mas, ao circular pelo perigoso circuito de lutas clandestinas com Tate e sua equipe, Brooke passa a ser dominada por um novo sentimento, um fogo e uma necessidade com os quais ela não sabe lidar. O que começa com um simples flerte pode virar uma obsessão sexual incontrolável. Terríveis segredos serão revelados, e Brooke deverá lutar para manter-se sã, discernindo o que há de real e o que é pura ilusão em seus próprios sentimentos.

Ficha Técnica

Real - Katy Evans - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Real – Skoob

Titulo Original: Real – Goodreads

Autora: Katy Evans

Tradução: Júlio de Andrade Filho

Editora: Novo Século

Ano: 2014

ISBN: 978-85-4280-177-4

Série: Real

Volume: 01

Número de páginas: 299

Sobre a Autora

Real - Katy Evans - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Katy Evans tornou-se autora best-seller do The New Yor Times e do USA Today pelo estrondoso sucesso de Real, fenômeno de vendas em todo o mundo. Vive em San Antonio, Texas, nos Estados Unidos.

Opinião da Nathy

Já tem um tempo que li esse livro, mas não tive tempo de fazer a sua resenha. No meio de tantos livros com homens machos Alpha conquistando as mocinhas delicadas esse livro foi uma quebra muito bem-vinda. Sim, continua tendo todo o romance e a parte do mocinho querendo conquistar a mocinha. No entanto, a autora conseguiu trazer um conteúdo novo e muito mais profundo. Logo nas primeiras páginas já fiquei empolgada com a leitura e não queria largar até saber o que iria acontecer no final. E, obviamente já queria a sua continuação. Sabe aquele livro que começa sem esperar muita coisa e de repente ele te toca de maneira que não consegue explicar? Pois foi exatamente desse jeito que me senti com esse livro. Mesmo que para algumas pessoas possa ser mais do mesmo, comigo foi uma experiência nova e muito positiva.

O livro relata a história de Brooke e Remington, duas pessoas de mundos diferentes, mas que acabam por se encontrar uma na outra. Ele é um lutado com a reputação de ser um bad boy. Ninguém realmente o conhece de verdade, apenas aquilo que transparece para não decepcionar seus fãs. Ela é uma fisioterapeuta esportiva que teve muitas feridas no passado e até hoje tenta lidar com seus problemas. Quando os dois se encontram pela a primeira vez as faíscas voam correndo o risco de provocar um incêndio. Mas, Remington tem seus segredos e seus medos. O maior deles é revelar toda a verdade para a Brooke e de repente ela ir embora da sua vida. Em meio a tanta escuridão ela é a sua luz de esperança de que pode ser mais do que as pessoas o julgam.

A narrativa é em primeira pessoa feita pela a Brooke, mas não precisa ficar desesperado com isso, pois a autora já publicou um livro com a história na visão de Remington. A escrita da autora me lembra um pouco as de fanfics, não que seja algo ruim, porque acabou me envolvendo de uma forma que não conseguia pensar em mais nada. A leitura flui de uma forma rápida e bem dinâmica. Toda vez que pego nesse livro ou vejo alguma menção eu fico com vontade de fazer de novo a sua leitura. E aquela história que consegue ser bem trabalhada e com um final maravilhoso. Impossível começar a ler e não querer saber do restante.

Ele pisca para mim e fico chocada quando seu sorriso vai desaparecendo lentamente, transformando-se em algo que é insuportavelmente íntimo.

Ao contrário da maioria das mocinhas a Brooke tem muita força de vontade. A mulher batalha por tudo o que deseja em sua vida e não deixa que um homem acabe com tudo. Mesmo desejando muito o Remy ela permanece firme em ajudar as pessoas ao seu redor. Inclusive faz de tudo para lidar da melhor forma com essa grande atração que sente pelo lutador. Gostei demais da personagem por não ser fraca. Quando tem que tomar uma decisão importante podia estar morrendo por dentro, mas sabia que estava tomando a decisão que achava na época ser a correta. Consegui me identificar demais com ela. Tudo bem que em um momento fiquei com tanta raiva por não contar tudo o que estava passando em sua mente, mas logo fiquei tranquila porque eu tomaria a mesma decisão. Uma pessoa capaz de fazer tudo pela pessoa que ama.

Da mesma forma que o Remy. O homem leva qualquer mulher a loucura com seu jeito. Luta contra o desejo que sente por Brooke porque não quer que ela o abandone. Ao mesmo tempo não consegue resistir colocar as suas mãos nela. Ou procurar a sua admiração. Quando penso em tudo o que fez por ela no livro, mostrando que a amava de verdade sinto aquele aperto no coração. Sim, ele tem um segredo e não é qualquer coisa. Apenas quem tem esse “problema” ou conhece pessoas que passam pela a mesma situação é capaz de entender esse sentimento de medo tão forte. Por isso em muitos momentos queria segurá-lo forte até que esse medo passasse. Os dois não poderiam ser mais perfeitos um para o outro.

Quando ela descobre o porquê seu medo ela mostra que é bem mais forte do que Remy pudesse imaginar. Com pequenos gestos os dois já me deixam com frio na barriga. Apenas um segurar na mão já me deixava sem ar. Porque era um gesto de confiança e de carinho. Agora quando as coisas começam mesmo a pegar fogo a autora não poupou os detalhes. Gosto quando ela consegue descrever uma cena sem tornar tudo muito vulgar. Ainda que algumas frases não fossem realmente necessárias.

Nunca vou ter o suficiente de você, nunca.

Os personagens secundários também são ótimos e acredito que em breve deve ter livros deles. Riley e Peter estão desde o começo com o Remy e cuidam dele como um verdadeiro amigo. Os dois são demais e tomam decisões no que acreditam ser o melhor para o amigo. Eles ficaram do lado dele quando todas as pessoas o abandonaram. Eles mostraram o verdadeiro valor de uma amizade. Mesmo errando em algumas vezes ao longo do caminho, nunca foi com más intenções. Agora quem me fez rir em diversas vezes foi Melanie, melhor amiga de Brooke. Sério a menina é divertida e não perde a oportunidade de dizer o quanto acha o Remy gostoso. Apoia as decisões de Brooke ao mesmo tempo em que tenta colocar um pouco de juízo em sua cabeça.

Mas, nem tudo são flores no livro. Teve dois personagens que nossa conseguiu me levar no limite da raiva. Scorpion e Nora. Ele é simplesmente o homem mais nojento de todo o mundo. Cada cena em que aparecia e abria a boca para provocar o Remy tinha vontade de socá-lo. Sua obsessão com o homem não tem limites, por isso não via o momento em que Remy ia mostrar quem manda no ringue. Enquanto, Nora é a personagem mais fraca de todas. Não sei se vou gostar de um livro dela porque peguei uma raiva muito grande dela. Mesmo com todos querendo ajudá-la ficava agindo de uma forma como se não se importasse.

Você deveria estar no seu lugar na porra da fila à minha esquerda!

Preciso mesmo dizer que recomendo esse livro para todas as pessoas que amam um romance? Somente de estar fazendo essa resenha já quero pegar os livros e ler tudo de novo. Muito amor pelo Remington. Sem contar que a trilha sonora desse livro é linda demais. Fica impossível de escutar Iris e não se lembrar do Remington.

Quote Favorito

Real - Katy Evans - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu simplesmente amo essa capa. O homem lutador um pouco apagado no fundo e a estrela vermelha tendo um destaque ficaram lindos. Assim como o nome do livro em relevo. Enquanto, o nome da autora fica um pouco menor acima, mas com destaque. Não é a mesma capa que a original, porém não tem tantas diferenças. A diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página e quando tem mudanças de cenas dentro do mesmo tem uma marcação. As páginas são amarelas e grossas.

Real - Katy Evans - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Nota da Nathy

Real - Katy Evans - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Real - Katy Evans - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Real - Katy Evans - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Real - Katy Evans - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Real - Katy Evans - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Real – Real #1 – Lançado em  2014
  • Meu – Real #2 – Lançado em 2014
  • Remy – Real #3 – Lançado em 2014
  • Rogue – Real #4 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Ripped – Real #5 – Não há previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

By | 2017-01-06T14:44:49+00:00 26/01/2015|Categories: Livros, Resenhas|Tags: , , , , , |2 Comments

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

2 Comments

  1. ediene santana 3 de julho de 2015 at 18:06 - Reply

    oi encontrei esse blog e me interessei.em ler os livros ,mas não estou entendendo muito bem não ,quero ler devasso,eu sei que real possui três.e devasso e o quarto complicado e a mesma historia ou não.quem puder me responder eu agradeço..

    • Nathalia Garcia 4 de julho de 2015 at 15:30 - Reply

      Ola Ediene!!

      Eu ainda não li Devasso, deve ler por esses dias.Mas, pelo que estou sabendo ele conta a história da amiga da Brooke. Pode ser que tenha algum spoiler sobre como está a vida do Remy e da Brooke. No entanto, não acho que o foco será neles dois. Espero ter ajudado =)
      Beijos

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)