Finalmente um episódio que trouxe algo de novo. E melhor de tudo que já teve uma resolução satisfatória. Talvez porque não estava com as expectativas altas Red Rag the Bull acabou sendo muito bom. Não foi o melhor episódio de todos, mas ao menos me fez ficar apreensiva e fazendo vários comentários contra alguns personagens. Gosto quando a série se torna um pouco mais dinâmica e não fica enrolando com as coisas que são totalmente desnecessárias. Então continue lendo e saiba mais a minha opinião lembrando que contém spoilers para quem ainda não viu.

Começando pelos momentos em que mais dei risada. O Boden colocou na cabeça de que será um pai melhor e mais presente do que o dele. Mas, estava levando a Donna a loucura. Eu dei tanta risada com ela conversando com o Christopher e pedindo ajuda. E depois ele ajudando o Boden em como dar a péssima notícia para a sua mulher. A cara do Christopher para os dois foi simplesmente hilária. Eu gostei desse período dele sendo um pai longe dos bombeiros. Porque trouxe aquela nova dinâmica que estava querendo para a série. Poderia ter continuado por mais um episódio, mas gostei que foi logo resolvida. Sim, Nathy sendo bipolar nesse momento.

Chicago Fire - 3X16: Red Rag the Bull - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Também gostei demais do Welch. Não sei o que acontece, mas eles colocam as pessoas malvadas nas séries e logo as transforma em boas. Ele poderia ter assinado o papel que poderia prejudicar demais o Severide, mas resolveu ficar ao lado dos seus companheiros. Nesse momento estou torcendo para que retorne para o pessoal. Gosto do Newhouse, mas não fazia muita coisa de diferente. Com o Welch pelo menos tem uma tensão com o Casey e a Gaby. Mesmo que tenha “resolvido” eu acho que pode causar um pouco mais de confusão.

Chicago Fire - 3X16: Red Rag the Bull - #Review | OBLOGDAMARI.COM

E esse novo Chief descobriu muito cedo do relacionamento do Casey com sua mulher. Está muito claro que foi a mulher quem contou porque estava desejando o perigo. Ele é tão profissional que deixou isso infligir no seu trabalho. Colocou a vida de um homem em risco porque estava com inveja de Casey. E ainda tentou jogar toda a culpa para cima do homem. Ainda bem que existem homens como o Severide na série. A forma como ficou do lado do Casey e contou toda a verdade foi perfeita. Melhor de tudo foi ver o homem indo embora do batalhão. Mas, eu acho que ainda deve voltar para alguma vingança tola.

Chicago Fire - 3X16: Red Rag the Bull - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Um dos momentos mais constrangedores da série foi Gaby indo no encontro duplo. Tudo na minha visão não passou de um modo de introduzir um personagem de Chicago Med. Porque ela não está pronta para um encontro. E tendo em vista dos homens com as quais andou se encontrando esse da administração está longe de fazer o seu perfil. Mas, foi muito fofo da parte da Brett tentar ajudá-la nisso. Vão tentar transformar a amizade das duas em algo que ela tinha com a Shay. De certa forma me agrada muito.

Chicago Fire - 3X16: Red Rag the Bull - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Cada vez mais eu gosto da Trudy, seja nessa série ou na própria dela. A mulher sabe exatamente o que dizer e conhece muito bem as pessoas. Mouch descobriu que tem um filho, mas não queria encontrar o menino. Ela foi forte o suficiente dizendo que ele precisava e lhe deu total apoio. Eu fiquei irritada que no final ele fugiu do menino com medo. E a Trudy soube apenas de lhe olhar que não foi capaz de olhar o menino de frente. Isso ainda deve repercutir em alguns episódios. O que me agrada porque quero ver Mouch sendo um pai. Irá proporcionar bons momentos de diversão.

Chicago Fire - 3X16: Red Rag the Bull - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Comentários Rápidos