Sinopse: A Transformação de Raven – Florença, o berço do Renascimento. Um lugar culturalmente fervilhante, perfeito para quem quer esconder segredos ou está em busca de uma segunda chance. Como a doce Raven, que se muda para a cidade na tentativa de esquecer os traumas do passado e se dedicar à sua maior paixão: a restauração de pinturas renascentistas.Um dia, voltando para casa do trabalho na Galleria degli Uffizi, sua vida muda para sempre. Ao tentar evitar o espancamento de um sem-teto, Raven é atacada. Sua morte parece iminente, mas seus agressores são impedidos e brutalmente assassinados. Assustada e prestes a perder os sentidos, ela só consegue vislumbrar uma figura sombria que sussurra: Cassita vulneratus.

Ao despertar, Raven faz duas descobertas perturbadoras: uma semana se passou desde o ocorrido e ela se transformou por completo. Quando volta ao trabalho, mais uma surpresa: alguém conseguiu burlar o sofisticado sistema de segurança da galeria e roubar a inestimável coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia. Em busca da verdade, Raven cairá diretamente nos braços do Príncipe de Florença – tão belo quanto poderoso, tão sedutor quanto maligno –, que lhe apresentará um submundo de seres perigosos e vingativos, cujas leis ela precisa aprender depressa se quiser se manter viva e salvar os que a cercam. A transformação de Raven marca o início da série Noites em Florença, cujos personagens foram apresentados em O príncipe das sombras. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

A Transformação de Raven - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: A Transformação de Raven – Skoob

Titulo Original: The Raven – Goodreads

Autora: Sylvain Reynard

Tradução: Fernanda Abreu

Editora: Arqueiro

Ano: 2015

ISBN: 978-85-8041-386-1

Série: Noites em Florença

Volume: 01

Número de páginas: 438

Sobre a Autora

Quase nada foi divulgado sobre a verdadeira identidade do autor por trás do pseudônimo Sylvain Reynard. Sabemos que ele é canadense, já escreveu vários livros de não ficção e tem um profundo interesse pela arte e pela cultura renascentistas. Mas, embora declare ser do gênero masculino, seus fãs têm uma forte suspeita de que na verdade S.R. seja uma mulher. Semifinalista ao prêmio de Melhor Autor e Melhor Livro no Goodreads Choice Awards de 2011, Reynard apoia diversas instituições de caridade e acredita que a literatura ajuda a explorar os diversos aspectos da condição humana, como o sofrimento, o amor e a redenção.

Opinião da Nathy

Assim que finalizei a leitura de O Príncipe das Sombras eu quis pegar a continuação. Estava muito curiosa para saber como seria ver o Príncipe se apaixonando por uma humana. Porque estava muito claro que isso iria acabar acontecendo. Apenas estava com receio de que acabasse se tornando uma repetição de O Inferno de Gabriel. Ainda que não tenha terminado essa trilogia. Mas, foi uma agradável surpresa. Comparando os dois primeiros livros das trilogias eu gostei muito mais desse livro. Eu me vi muito envolvida na história e não queria que chegasse ao final de tão boa que estava à história.

O livro continua contando a vida do Príncipe das Sombras, conhecido por alguns como William York. Ele comanda Florença, enquanto planeja a sua vingança contra os Emersons. Ele ainda não desistiu de fazer Gabriel pagar por ter roubado suas pinturas. Mas, um dia vê sua vida mudar completamente. Quando em uma noite ele impede que Raven seja estuprada por alguns homens. Desse momento em diante não consegue deixar a mulher sozinha um minuto que seja. Ela por outro lado não consegue entender porque ele continua a protegendo. Enquanto, tenta lutar contra a forte atração que sente pelo homem. Mas, como se tudo isso já não fosse suficiente uma nova ameaça paira sobre a cidade. Podendo destruir tudo o que ele construiu ao longo desses anos.

A narrativa é terceira pessoa com o foco mudando entre William e Raven. Eu me senti tão envolvida pela a escrita que quando menos esperava já estava finalizando o livro. Mas, teve alguns momentos que se tornou cansativo. Justamente nas partes em que estavam descrevendo as histórias dos quadros ou comparando a deles com de alguma história bem antiga.

Aquela era a manhã mais feliz de sua vida.

Logo no começo eu gostei muito de Raven. Ela é uma personagem que passou por situações complicadas em sua vida, mas nem por isso abaixou a cabeça. Não está dentro do padrão de beleza considerado pelos personagens do livro. E isso é o que a torna tão linda. Tem seus momentos de fragilidade. No entanto, mostra para todos que está bem consigo mesma. Não importa a opinião dos que estão ao seu redor. Ela consegue colocar o William na linha com essa mistura em sua personalidade. Teve momentos que queria que se entregasse logo a esse amor. Mas, ao mesmo tempo entendia que tinha que ter o tempo certo. Espero que nos demais livros ela continue tendo essa personalidade decidida.

Já o William é o macho Alpha. No começo tenta afastar Raven de todas as formas que conhece. E no final acaba completamente apaixonado. Faz ela se sentir ainda mais especial. Apenas não gostei quando teve que desvalorizar outras formas de mulheres para elogiar Raven. Porém, eu acabei relevando. Assim como Raven já teve que enfrentar muitas coisas no seu passado. Inclusive a perda da mulher que amava quando ainda era humano. Todos esses sentimentos tornaram o personagem muito lindo. Eu gostei muito mais dele do que do Gabriel.

Vim ver se você estava bem.

As cenas de romance entre os dois são muito lindas. Deixando bem claro que são as cenas de romances. O William tenta fazer gestos que demonstrem exatamente o que está sentindo. Mesmo que em alguns momentos seja complicado. Um pequeno gesto de sua parte já me trazia um sorriso no rosto. Não tem muitas cenas quentes. Mas, as que têm valem muito a pena. Isso é algo que gosto demais nos livros desse autor (ou dessa autora) o romance sempre é mais valorizado.

Também gostei demais das intrigas que tem no livro. A todo o momento alguém está tentando roubar o principado. Criando alguns conflitos em Florença para tentar tornar William um pouco mais fraco. Por essas e outras eu acho que a Aoibhe irá acabar traindo a confiança do Príncipe. Está doida para se tornar a mulher dele e assim governar Florença ao seu lado. E caso isso não venha a ocorrer tenho certeza que irá passar para o lado das outras pessoas.

Somos aliados, Aoibhe, não amantes. E de agora em diante é só isso que vamos ser. Não volte aqui.

Os Emersons aparecem um pouco no livro. Eu pensava que iriam aparecer um pouco. Que o foco fosse ser divido. Mas, acabou que tiveram algumas participações. Talvez nos próximos livros apareçam mais. Isso me agradou bastante. Porque um dos meus receios era justamente de que o livro não fosse ser do William completamente.

Não tem como não recomendar esse livro, mas seria legal ler na ordem. Não por causa de spoilers. Apenas para estar um pouco mais conectada com o William. Como esse é o primeiro livro da série não terá spoilers que possam estragar a história. No entanto, como os Emersons aparecem um pouco na história pode ter spoilers dos seus livros. Eu não terminei e consegui ler tranquilamente.

Quote Favorito

A Transformação de Raven - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu tive um pequeno conflito com essa capa. Ao mesmo tempo em que eu gostei também não gostei. A mulher na lateral toda delicada ficou muito bonita. Mas, o homem em um pequeno lugar acima e Florença abaixo ficou muito apagado. Tudo ficou sombrio demais. Mesmo que o livro tenha essa temática poderia ter tido um pouco mais de clareza. O nome do livro em dourado e em fonte grande teve um bom destaque. Assim como o nome do autor sem chamar a atenção apenas nesse detalhe.

A Transformação de Raven - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação mudou um pouco no padrão da editora. Capa capítulo inicia em uma nova página. E tem marcação quando ocorre a mudança de cena dentro do mesmo. As páginas são amarelas e um pouco grossas. É possível ver um pouco da sombra da página seguinte. Mas, não ao ponto de que atrapalhasse a leitura. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Nota da Nathy

A Transformação de Raven - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Transformação de Raven - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Transformação de Raven - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Transformação de Raven - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Transformação de Raven - Sylvain Reynard - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamento

  • O Príncipe das Sombras – Noites em Florença #0.5 – Lançado em 2015
  • A Transformação de Raven – Noites em Florença #01 – Lançado em 2015

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Arqueiro. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”