Sinopse: Quem determina o que é certo ou errado? Como saber qual caminho seguir? O que nos garante a certeza de ter feito a escolha correta? Será que a razão deve prevalecer ou seguiro coração é sempre o melhor? Você conseguiria viver sabendo que as suas decisões podem mudar tudo? Por que o destino as vezes nos testa?

Para Fabiana nada poderia mudar a sua história. Ela sempre teve esta certeza, até que a vida provou que nem sempre é fácil decidir qual rumo tomar. Que o seu coração é quem comanda e a guiará para a decisão correta.

Em um sábado como outro qualquer, Fabiana se vê diante de uma situação que mudará a sua estrutura, deixando-a com dúvidas sobre a sua, perfeita, vida. Ela será obrigada a fazer a sua escolha, quando o destino exige uma decisão.Como não se entregar ao verdadeiro amor? Como viver sem se sentir culpada? E por quê? Porque ela estava sendo testada daquela forma?

Essas e outras perguntas começaram a fazer parte do seu dia a dia, desde o momento que resolveu seguir os seus sentimentos. E você? Faria o que? Seguiria o seu coração?

Ficha Técnica

Escolhas - Cristina Valori - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Escolhas – Skoob

Titulo Original: Escolhas  – Goodreads

Autora: Cristina Valori

Tradução: Livro Nacional

Editora: Qualis Editora

Ano: 2015

ISBN: 978-85-6883-900-3

Número de páginas: 254

Sobre a Autora

Escolhas - Cristina Valori - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Cristina Valori, nasceu e cresceu em São Paulo. Formada em Administração, empresária, tem 37 anos, casada, mãe de dois filhos, Guilherme e Marina. Além do seu bem mais precioso: a família, músicas, shows e principalmente os livros, fazem parte da sua rotina. Cristina, estreia com o livro “Escolhas”, publicado pela Qualis!

BookTrailer

Opinião da Mari

No começo falei que talvez você fosse sentir raiva, desprezo, pena ou que fosse se identificar com a minha luta, e espero que tenha me entendido, que eu tenha tocado o seu coração. Mas, se não aconteceu, tudo bem, eu entendo. Ás vezes, precisamos “viver” ou como dizem, “sentir na própria pele”, para entendermos.

Fabiana, a protagonista, está correta. Praticamente todos os sentimentos acima descritos por ela, foram vivenciados por mim. O que me leva a crer que os objetivos da autora com o livro tenham sido atingidos, ainda que comigo a leitura não tenha funcionado.

O livro é narrado em primeira pessoa pela protagonista, que nos conta sua história como se fossemos sua amiga. Particularmente achei a narrativa bem inconsistente, ora no passado, ora no presente. Com um linguajar descontraído, mas com frases politicamente corretas como “Conectamo-nos” “Senti-me como se estivesse fora de mim”. Enquanto em outros momentos palavrões foram usados de forma esporádica pelos personagens.

Fabiana também nos faz muitas perguntas, com dúvidas de suas próprias escolhas durante a leitura. Mas nos conta uma história já vivida onde nada pode ser mudado, o que apenas me fez julgá-la o tempo inteiro. Ela não tem muito propósito com sua história, como nos conta próximo do final livro – trecho abaixo – porém quer que entendamos suas escolhas. Bem, eu entendi seus motivos, mas não concordei com suas decisões. Mas, graças a Deus nunca vivenciei nada parecido e nem espero vivenciar, então quem sou eu pra julgá-la?!

Quando comecei a contar essa história não tinha ideia de qual seria o final, só queria desabafar com alguém, dizer as minhas dúvidas, as minhas inseguranças, os meus medos daquela época e falar sobre amor… Contar à vocês a minha trajetória, da perda ao renascimento.

Apesar dos problemas acima da narrativa, que me fizeram demorar muito mais tempo do que eu imaginava, o livro não possui uma escrita difícil. Se você conseguir se conectar com os personagens acredito que a leitura seja concluída em poucas horas. Eu não consegui me conectar com os personagens principais, porém não me vejo como público alvo do livro. Não sou casada, não tenho filhos e por esse motivo achei muito difícil me identificar com a história de Fabiana. Uma mulher com três filhos e dez anos de casamento, que precisa escolher entre o marido – praticamente perfeito – e a possibilidade de viver um romance à primeira vista com o recém descoberto amor de sua vida.

Gustavo é descrito de forma deslumbrada, por alguém que acabou de se apaixonar por ele. Ainda assim ele não conseguiu me conquistar. Provavelmente, porque minha torcida era para Fábio, marido de Fabiana. A traição sem dúvidas foi algo que pesou nessa escolha, mas o fato dele fazer tudo por ela, além de ser alguém muito digno foram decisivos para mim, que estava apenas lendo a história.

Quando tirei a roupa, me amaldiçoei, pois o Gustavo estava certo, eu nunca iria esquecê-lo, e nem poderia. Ele estava marcado na minha pele e na minha alma.

E apesar dos personagens acima serem os principais foi Alex, filho de Fabi, quem realmente me conquistou. Diferente de sua mãe ele se mostrou muito maduro e nem um pouco egoísta. Amei o ver sempre ao lado da mãe, durante a trama, que aborda além do romance, o drama de perder alguém querido.

Por sinal, os momentos de maior dificuldade vividos por Fabi, para mim, foram os melhores do livro. Pois, se o romance não me conquistou, o drama conseguiu fazer seu papel perfeitamente, sofri com os personagens e vivenciei com eles novamente aquele momento de futuro incerto tão delicado. Enfim, o desfecho do livro foi o esperado (por mim), devido as suas circunstâncias.

Como disse anteriormente o livro não atingiu as minhas expectativas, mas pode ser que você consiga se identificar com a história de Fabiana de um jeito que eu não consegui.

Quote Favorito

Escolhas - Cristina Valori - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Escolhas - Cristina Valori - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A capa do livro ficou bem legal, mas confesso que depois de finalizar a leitura do livro desejei ver a tatuagem de Fabiana estampada na capa, acho que chamaria mais atenção e talvez nos dissesse ainda mais sobre a história. Quanto a diagramação, ela está bem bacana. O livro possui páginas amarelas e fonte grande. A tabulação não me agradou muito, pois ela inicia bem no topo da página, mas isso é mais uma questão de gosto mesmo, nada que atrapalhe a leitura. Os capítulos iniciam sempre em uma nova página, com sua numeração em destaque utilizando a mesma fonte da capa. As mudanças de espaço e tempo, dentro dos próprios capítulos são feitas utilizando a imagem de um coração, base da tatuagem de Fabi. Acabei não mencionando acima, mas os protagonistas masculinos narram determinados capítulos da história – também em primeira pessoa – e quando isso acontece seus respectivos nomes aparecem logo abaixo da numeração base do capítulo. No final de cada capítulo, você ainda consegue conferir um trecho da música que inspirou a autora. Gostei bastante do resultado final da playlist, por isso resolvi compartilhá-la com vocês aqui!

  • Aerosmith – Angel
  • Aerosmith – What Could Have Been Love
  • Bon Jovi – Living in Sin
  • Bon Jovi – I’ll Be There For You
  • Boyce Avenue – Mirrors
  • Banda Malta – Baby
  • Birdy – Tee Shirty
  • Christina Aguilera – Say Something
  • Extreme – More Than Words
  • Heart – All I Wanna do Is Make Love to You
  • Hoobastank – The Reason
  • Jack Johnson – I Got you
  • Jonathan Rhys Meyers – Something Inside
  • Kate Perry ft John Mayer – Who You Love

  • Kiss – Forever
  • Lifehouse – You and Me
  • Muse – Resistance
  • Marillion – Beautiful
  • P!nk – Just Give Me a Reason
  • Papa Roach – No Matter What
  • Pearl Jam – Sirens
  • Ronan Keating – When You say Nothing At All
  • Van Halen – Can’t Stop Lovin’ You
  • Whitesnake – The Deeper The Love

Nota da Mari

Escolhas - Cristina Valori - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMEscolhas - Cristina Valori - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMEscolhas - Cristina Valori - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Escolhas - Cristina Valori - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMEscolhas - Cristina Valori - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

  • Escolhas: Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes | Cultura | Fnac |
  • Escolhas (E-book):  Amazon | Cultura | Itunes | Saraiva

“O livro é uma cortesia da Qualis Editora. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”