Sinopse: Nesta versão estendida do super conto de Paula Pimenta no Livro das Princesas, Cinderela é reinventada. Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música! Mas a garota vê seu cotidiano virar de cabeça para baixo depois da separação dos pais: vai morar com a tia, se afasta do pai e, principalmente, deixa de acreditar no amor. Até que um encontro inesperado e revelador a faz rever as próprias escolhas – havia mesmo um belo príncipe em sua história, e tudo que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira!. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Cinderela Pop - Paula Pimenta - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Cinderela Pop – Skoob

Titulo Original: Cinderela Pop – Goodreads

Autora: Paula Pimenta

Tradução: Livro Nacional

Editora: Galera Record

Ano: 2015

ISBN: 978-85-01-10358-1

Número de páginas: 156

Sobre a Autora

Cinderela Pop - Paula Pimenta - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMPaula Pimenta nasceu em Belo Horizonte – MG. Desde criança apresentou aptidão para a escrita e por esse motivo prestou vestibular para Jornalismo, embora tenha transferido para Publicidade, curso no qual se formou na PUC Minas. Estudou também Música na UEMG, deu aulas de violão e técnica vocal por vários anos, e é compositora.
Sua carreira de escritora começou em 2001, com o lançamento do livro de poemas “Confissão”, que foi relançado em 2013. Ficou realmente conhecida do grande público em 2008, quando lançou “Fazendo meu filme 1” pela editora Gutenberg.

Opinião da Nathy

Faz algum tempo que li o conto da Paula Pimenta no Livro das Princesas. Mas, lembro que tinha ficado com sensação de que pudesse ter se estendido um pouco mais. Então podem imaginar a minha expectativa com Cinderela Pop. Que infelizmente não foram superadas. Tiveram algumas partes diferentes, no entanto, eu senti que estava apenas relendo o conto. Tudo ocorreu novamente de forma muito rápida. Estava esperando por novos elementos na história com relação ao casal que surpreendessem. Ou que me fizesse ter aquele frio na barriga.

O livro conta a história de Cintia uma menina que do dia para a noite tem sua vida completamente mudada. Seus pais acabam de se separar e seu pai já está vivendo com a nova mulher e suas filhas. Por não aceitar essa relação Cintia vive com sua tia, enquanto a mãe está trabalhando no Japão. Uma menina estudiosa que trabalha em algumas festas como DJ. Uma dessas festas é justamente de suas “irmãs” na qual ela conhece um menino mascarado que traz um pouco de cor para sua vida tão escura. Mas, ela nem imaginava que conhecer esse menino poderia ser a maior felicidade ou a maior complicação de sua vida.

A narrativa é feita em primeira pessoa pela Cintia. Eu gostaria muito que tivesse sido acrescentada a visão do Freddy. Talvez me sentisse mais próxima do casal e de seus sentimentos. Mas, a narrativa é tão leve e divertida que a leitura acaba fluindo muito bem. No entanto, eu tive um problema que por já conhecer a história algumas partes se tornaram cansativa. Mal via o momento em que chegaria às partes em que Cintia não sofria tanto.

Nem que para isso tivesse que tomar uma medida drástica: falar com o meu pai.

A Cintia é uma menina com personalidade muito forte. E por tudo o que passou fica praticamente impossível não ficar do seu lado. Luta pelo que acredita e cede as chantagens das pessoas ao seu redor. Mas, tem demonstra uma vulnerabilidade de alguém que já não aguenta mais tanta complicação. Teve momentos em que queria de alguma forma ajudá-la a sair da situação complicada que se encontrava. No entanto, ela consegue ter força o suficiente para se livrar de qualquer problema. Tem seus momentos de adolescente rebelde e também aqueles na qual necessita muito de sua mãe. Por esses e outros motivos que gostei muito da personagem.

Não tem como falar muito do Freddy a não ser o que é relatado pela a Cintia. E sinceramente não iria me apaixonar por esse menino. Afinal de contas não fez absolutamente nada que levasse para esses sentimentos. Em uma conversa ele se sente conectado com a Cintia e fez apenas dois movimentos para tentar encontrar a menina. E logo desistiu. Então não me fez acreditar que estava mesmo interessado na menina. Sem contar que o fato de ele ser a pessoa mais querida pelas meninas e tudo mais me faz ficar com receio. Não gosto quando o personagem é colocado como o homem mais maravilhoso do mundo. Gosto de tirar minhas próprias conclusões sobre ele.

Por isso já podem imaginar que não me conectei com o romance. Mesmo porque não tem tantas cenas românticas envolvendo os dois. E quando teve pareceu irreal demais. E não de um jeito fofo. Eu adoro quando os personagens masculinos têm aquela atitude linda. Mas, mesmo com o Freddy tentando demonstrar não convenceu. E a Cintia parecia ter uma personalidade muito forte para se envolver com um menino como ele.

Por favor, suba ao palco, rainha de Copas! Ou melhor, DJ Cinderela!

Por se tratar de Cinderela a madrasta e suas filhas não podiam ficar de fora. E nossa que mulher insuportável. Ela é exatamente como muitas mulheres nesse mundo. Aproveita-se de um homem que está passando por uma dificuldade no casamento e usa isso em seu favor. Sem nem ao menos ser apaixonada pelo homem. As filhas dela então são ainda mais insuportáveis. Conseguia ouvir até mesmo aquelas vozes bem irritantes. Mas, se pensa que fiquei com pena do pai de Cintia está enganado. O homem merecia sofrer até os seus últimos dias com essa mulher. Porque sinceramente quem é que acredita na mulher que acabou de se relacionar ao invés de sua filha? Esse tipo de atitude me tira do sério.

A mãe dela quase não aparece, mas quando faz é para colocar cada coisa em seu devido lugar. Apenas gostaria que tivesse resolvido seus problemas em ambiente privado e não expondo para todo mundo. Ela também tem uma personalidade bem decidida. Estava torcendo para que encontrasse alguém novo e esfregasse na cara do pai da Cintia. Apenas para que visse que ela estava em uma situação muito melhor. Sim, nesse ponto sou um pouco vingativa.

Parem! Ela não vai dançar!

Eu gosto dos livros da Paula Pimenta e fico na expectativa dos próximos. Ainda mais os que são voltados para as princesas modernas. Se você gosta de um romance leve e rápido irá aproveitar muito esse livro.

Quote Favorito

Cinderela Pop - Paula Pimenta - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

As capas dos livros da Paula nessa série estão ficando lindas. Gostei da menina na frente com o vestido azul na mesa de DJ e com o sapatinho de cristal ao lado. Os tons de roxo com amarelo também combinou. Apenas o nome do livro ficou um pouco apagado. Talvez se fosse branco tivesse ficado mais bonito e vivo.

Cinderela Pop - Paula Pimenta - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Já a diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página. Ao lado da marcação do capítulo tem duas estrelas. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a digitalização.

Nota da Nathy

Cinderela Pop - Paula Pimenta - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Cinderela Pop - Paula Pimenta - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Cinderela Pop - Paula Pimenta - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Cinderela Pop - Paula Pimenta - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Cinderela Pop - Paula Pimenta - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”