Sinopse: Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan. Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos. Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Rush Sem Limites - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Rush Sem Limites – Skoob

Titulo Original: Rush too far – Goodreads

Autora: Abbi Glines

Tradução: Cássia Zanon

Editora: Aqueiro

Ano: 2015

ISBN: 978-85-8041-411-0

Série: Rosemary Beach | Trilogia: Sem Limites

Volume: Rosemary Beach 07 | Sem Limites 04

Número de páginas: 192

Sobre a Autora

Rush Sem Limites - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Abbi Glines nasceu em Birmingham, Alabama. Morou na pequena cidade de Sumiton até os 18 anos, quando seguiu o namorado do colégio até a costa. Atualmente os dois moram com seus três filhos em Fairhope, Alabama.

Opinião da Nathy

Finalmente o primeiro livro na versão do Rush. Confesso que eu estava com um pouco de receio ao fazer a leitura. O ideal teria sido se logo no começo da série a autora já tivesse colocado a visão dos dois. Mas, já que isso não foi feito eu fiquei satisfeita com essa versão. O único problema é que pode se tornar cansativo reler uma história já conhecida em outro ponto de vista. Em alguns momentos queria que passasse logo determinada parte porque sabia o que iria acontecer. Em outras queria ver logo o beijo entre os dois e saber qual era a extensão dos sentimentos do Rush.

Como disse acima o livro relata o primeiro livro da série. Mas, com alguns pontos adicionais. Com Rush mostrando o quão seus sentimentos estavam em conflitos no momento em que Blaire apareceu em sua vida. A luta dele em querer que sua irmã fosse feliz ao mesmo tempo em que não podia abrir mão de tais sentimentos. E quanto sente ao saber de todo o sofrimento que pode ter causado indiretamente na vida de Blaire agindo sem nem ao menos pensar nas consequências de seus atos.

Mas ela não é apenas uma garota. É um anjo. Meu anjo.

Desde que começou a série eu tenho uma relação de amor e ódio com o Rush. Todos seus comportamentos me faziam ficar em conflito. Ainda mais quando se tratava de suas atitudes por causa de sua insuportável irmã. Nesse livro eu me senti um pouco mais próxima dele e até entendendo seus sentimentos. O porquê estar agindo de certa forma com a Blaire. Ainda assim eu tive alguns momentos que queria torcer seu lindo pescoço por não prestar atenção em cada um dos seus atos. Ele não é o meu mocinho da série, mas consigo sentir um amor inexplicável pelo personagem. Porque eu fico com pena dele quando se dá conta de que seu comportamento no passado poderia destruir todo o seu futuro. Ele tenta cuidar da Blaire da melhor forma possível sendo extremamente fofo e um pouco possessivo.

Lendo esse livro percebi que não ia conseguir ser corajosa como a Blaire. Essa menina mostra uma força incrível. Perder sua irmã e logo depois a mãe. O seu pai sendo um completo covarde. Ela é uma das mocinhas que mais gosto. Não abaixa a cabeça diante das adversidades. Pode estar no fundo do poço, mas não deixa que ninguém pise em cima dela. Vendo nos livros anteriores eu não seria capaz de perdoar da mesma forma que fez com o Rush. Mesmo ele sendo o homem mais lindo do mundo não ia conseguir superar meu sentimento de frustração e tristeza.

As cenas de romance e amor dos dois não mudam do primeiro para esse livro. Mesmo já tendo lido essas passagens antes eu me vi tendo sentimentos diversos. Talvez porque agora estava vendo a dimensão do desejo e do amor que o Rush sentia pela Blaire. Cada uma das cenas me fazia perder o fôlego. A autora usa um linguajar da qual não me agrada muito. No entanto, me vi envolvida da mesma forma nas cenas.

Porra, como eu te amo.

E não tem jeito na minha visão a Nan sempre será a personagem mais chata de todas. Mesmo que venha a ter atitudes bonitas não consigo gostar dela. Eu a acho mimada e egoísta demais. Em nenhum momento a Blaire disse que estava indo recuperar seu pai, pelo contrário, a menina deixou claro que não queria saber dele. Mas, a Nan com seu jeito ficava implicando com ela e não vivendo a própria vida. Espero de verdade que quando tiver um livro dela eu consiga gostar da personagem e entender seu comportamento. Porque até esse momento eu somente quero torcer seu pescoço igualzinho com o Rush. Nem mesmo quando o Rush tentou explicar suas atitudes e teve aquele momento no passado eu consegui gostar dela.

Agora quem eu morro de amores é pelo Grant. Da mesma forma que o Woods é o meu preferido até esse momento. O Grant simplesmente rouba a cena cada vez em que aparece. Ele é um verdadeiro irmão para o Rush. Quando precisa falar a verdade não se preocupa se está magoando ou não a pessoa porque necessita ouvir aquelas palavras. Um personagem muito sincero e honesto com seus sentimentos. Um fiel amigo. Quero muito que tenha um ótimo livro. E que, por favor, seja um livro da Nan bem longe dele.

Você não vai conseguir continuar com isso. Ela tomou conta de você.

Sem nenhuma sombra de dúvidas recomendo essa série. Mas, caso não goste de romances eróticos com algumas cenas bem descritivas essa série pode não ser o ideal para você. Ainda assim eu acho que devem dar uma chance porque a Abbi te envolva completamente no mundo deles. Contudo, deve ser lida na ordem para não ter nenhum spoiler dos volumes anteriores. Caso já esteja acompanhando toda a série não pode deixar de conferir esse na visão do Rush e se apaixonar mais um pouco por ele.

Quote Favorito

Rush Sem Limites - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Essa capa é simplesmente maravilhosa. Muito mais bonita de que a original. O modelo na frente parece muito com o jeito marrento do Rush. Fica impossível não chamar a atenção. O único problema foi com a cor do nome do Rush que eu achei que ficou um pouco difícil de se enxergar. Não teve um bom contraste. Já o nome da autora está no tamanho ideal e a cor deu um destaque ainda melhor.

Rush Sem Limites - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação segue o padrão da série. Cada capítulo inicia em uma nova página – algo que gosto muito. Tenho a impressão de que se os capítulos estão na mesma página o capítulo anterior não teve uma finalização. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a digitalização/tradução.

Nota da Nathy

Rush Sem Limites - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Rush Sem Limites - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Rush Sem Limites - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Rush Sem Limites - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Rush Sem Limites - Abbi Glines - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Paixão Sem Limites – Lançado em 2013
  • Tentação Sem Limites – Lançado em 2014
  • Estranha Perfeição – Lançado em 2014 – Resenha
  • Amor Sem Limites – Lançado em 2014 – Resenha
  • Simples Perfeição – Lançado em 2015 – Resenha
  • Take a Chance – Previsão de lançamento em 2015
  • Rush Sem Limites – Lançado em 2015
  • One More Chance – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • You Were Mine – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • When I’m Gone – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Kiro’s Emily – Não há previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Arqueiro. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”