Sinopse: Segundo livro da trilogia Primos O’Dwyer, Feitiço da sombra é uma emocionante história sobre os maiores poderes mágicos que existem: o amor, a amizade e a família. Connor O’Dwyer se orgulha de chamar o Condado de Mayo de seu lar. É lá que Branna, sua irmã, mora e trabalha e onde Iona, sua prima, encontrou o verdadeiro amor. Foi nessa terra que seus parentes e amigos formaram um círculo de proteção que nunca poderá ser rompido… Até que um beijo põe em risco a segurança de todos.

Depois de um breve encontro com a morte, Connor e a melhor amiga de sua irmã se entregam um ao outro. Eles se dão bem desde a infância e, depois do tórrido encontro, o rapaz tem esperança de que esse relacionamento evolua. Para frustração dele, no entanto, Meara se contenta apenas com o prazer do momento, temendo se perder – e perder a amizade dele. Essa mudança em sua relação pode abalar o círculo e permitir que uma perigosa ameaça ressurja aos poucos, como uma névoa. Para detê-la, Connor precisará novamente da família e dos amigos para despertar a força e a fúria que correm em seu sangue. Quem sabe pela última vez. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Feitiço da Sombra - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Feitiço da Sombra – Skoob

Titulo Original: Shadow spell – Goodreads

Autor(es): Nora Roberts

Tradução: Maria Clara de Biase

Editora: Arqueiro

Ano: 2015

ISBN: 978-85-8041-418-9

Série: Trilogia Primos O’Dwyer

Volume: 02

Número de páginas: 280

Sobre a Autora

Feitiço da Sombra - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Nora Roberts (nascida Eleanor Marie Robertson a 10 de Outubro de 1950) é uma escritora norte-americana, autora de best-sellers românticos. Foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame.
Autora de maior destaque da lista de best sellers no New York Times e a primeira a ser escolhida para a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, Nora Roberts é considerada uma pintora de palavras que a cada pincelada, dá vida a personagens cheios de energia e vigor. Escritora metódica e insaciável, Nora já publicou mais de 160 romances, a maior parte no gênero suspense romântico, traduzidos para 25 idiomas e editados em todo o mundo. Sua alta popularidade como romancista advém do grande talento que possui para sensibilizar o leitor ao escrever narrativas de suspense que também falam sobre turbilhão de emoções que acontecem quando entramos em contato com nossos sentimentos mais profundos, principalmente amor e paixão. Suas histórias prendem o leitor com temas explícitos e intensos, descritos de forma clara e objetiva, passando uma mensagem curta e rica em detalhes. Os capítulos de seus livros são longos, e poucos, em média apenas 12. As paisagens descritas nos levam a viajar do México aos subúrbios de Washington, com certa suavidade e exatidão que sonhamos acordados, ou temos pesadelos! Histórias publicadas no início de sua carreira: Negócio de Risco (1986); Alerta da Natureza (1984); A suspeita (1989); No ano de 1995 a autora editou o primeiro volume da Série Mortal no original Naked in death (Nudez Mortal) sobre o pseudonimo de J.D. Robb, o qual hoje é prestigiado pelo mundo inteiro com mais de 25 volumes (em alguns países o número é menor). Autora Consagrada já vendeu mais de 2 milhoes de livros em todos os países publicados.

Opinião da Nathy

Dificilmente um livro da Nora Roberts irá me decepcionar porque gosto de tudo o que ela escreve. Porém, tem livros que tenho altas expectativas e elas não são alcançadas. Foi o caso do Feitiço da Sombra. Eu achava mesmo que o romance seria muito bem trabalhado. Ficou muito focado no problema deles com o Cabhan. Foi interessante vê-los tentando encontrar uma forma de acabar com esse problema. Porém, estava esperando algo mais como do primeiro livro. Focado muito nos sentimentos dos personagens.

No segundo livro o leitor fica mais envolvido com a história dos Bruxos da Noite. Como esses dois irmãos junto com sua prima e amigos tentam derrotar um poderoso bruxo. No meio dessa luta Connor e Meara acabam se entregando a uma paixão adormecida durante anos. Mas, Meara não acredita mais no amor. Após seu pai ter abandonado a sua família anos atrás. Tudo o que quer é uma noite de paixão e nada além disso. No entanto, o que Connor deseja ele consegue. E tudo o que quer mais quer é que Meara aceite seu sentimento.

A narrativa é feita em terceira pessoa. Focando nos dois personagens principais. Assim como no Cabhan. Tem pessoas que não gostam do estilo da autora e sua escrita. Mas, eu gosto muito. Tanto que esse livro li em apenas algumas horas. A leitura flui muito rápida e gostosa. Perto do final pode ficar um pouco cansativo. No geral a leitura é bem dinâmica.

Quando Cabhan vier, precisaremos mais que poções e curas.

O Connor sempre me pareceu o mais centrado dos três. Ele sabe o que quer é não para até conseguir. Porém, nesse livro em diversas vezes ele agiu de uma forma impulsiva. Acreditava mesmo que conseguia derrotar o Cahban sozinho. Tudo porque queria proteger a Meara dos perigos. Por isso teve momentos em que fiquei irritada com o personagem. Porque parecia que a Meara não era capaz de fazer as coisas sozinhas. Mas, também teve seus momentos fofos. E mostrando que não importava os perigos sempre estaria ao lado dela. Gostei do personagem, no entanto, não foi o meu favorito dentre todos já escrito pela autora.

Já a Meara tem que mostrar seu valor praticamente todos os dias. Desde a sua mãe até para o Connor. Mesmo que tudo seja na sua cabeça. Gostei demais da personagem. Ela é forte e determinada. Não se deixa abalar pelas menores coisas. No entanto, morre de medo do amor. Isso foi algo que me incomodou. Porque os receios dela foram resolvidos de forma muito rápida. Eu a via de uma forma muito diferente dos seus amigos. Porque ela era sim muito forte para lidar com os problemas. No entanto, a forma como os amigos falavam pareciam que tratavam de uma criança. O que me fez gostar ainda mais da personagem. Que não se deixava abalar.

Como disse antes o romance não foi muito bem trabalhado. Mas, nem por isso as cenas entre os dois foram fracas. As falas e os gestos foram muito lindos. E as cenas mais quentes realmente pegavam fogo. No que se refere as descrições eu acho que não foi nada vulgar. Tudo ficou de uma forma mais romântica. Não voltada para o desejo entre duas pessoas. Desde o começo era perceptível que se tratava de amor entre os dois.

Nós dois somos inteligentes e equilibrados o suficiente para fazer isso.

Eu estou louca para ver o livro do Fin com a Branna. Os dois enfrentam problemas desde o primeiro livro. Mas, o amor deles é visível em cada palavra. Por isso não vejo o momento em que ela finalmente irá se entregar a esse amor. Deixar de lado tudo o que acredita que os mantém separados. Ela é muito determinada, mas na frente dele não sei se torna mais vulnerável. E ele está sempre disposto a recolher todos os pedaços quebrados dela. Inclusive fazer o que for necessário para protegê-la. Eu adoro o Fin e dessa trilogia eu acredito que será o meu favorito. Nesse livro a química entre eles melhorou.

Teve algumas cenas do Boyle e da Iona. Afinal de contas eles estão todos juntos contra o Cabhan. Nada além disso. O romance deles não é visível. Apenas o fato de que estão para se casar. Algo que está me incomodando é que as mulheres não escolhem seus vestidos. Mas, suas melhores amigas ou quem está ao seu lado. Isso teve muito na série quarteto de noivas. Não estava querendo mesmo ver o romance entre os dois por isso gostei que não focou neles. E sim na forma como iam acabar com a vida do Cabhan.

Por falar nele, o homem é realmente insuportável. Tudo o que deseja é ter poder. Para isso iria usar das diversas formas. Inclusive tentar abusar da Meara. Não se importa com quem irá se ferir desde que alcance seus objetivos. Mal vejo o momento em que todos eles irão acabar com a vida dele. Para então todos ficarem felizes e contentes. Até mesmo seus antepassados vão poder ficar em paz ao saber que esse mal já não está mais a solto no mundo.

Só sentia dor, ódio e uma sede de vingança.

Eu sou fã da Nora e por isso fico encantada com todos os seus livros. Porém, essa trilogia não é a melhor dela. Gosto muito mais do Quarteto de noivas. Não é tão focado no romance, mas se gosta de sobrenatural tenho certeza que irá apreciar o livro dela.

Quote Favorito

Feitiço da Sombra - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu gostei dos tons da capa. A floresta ficou muito legal e a cabana de fundo. E apesar de entender o porquê o falcão na capa, eu não achei que combinou. Ele ficou um pouco jogado na capa. O nome do livro junto com a trilogia ficou linda. E o nome da autora teve destaque, mas pela a posição não teve tanto destaque. O que eu acho bom. Melhor de tudo é que ficou no padrão do livro anterior.

Feitiço da Sombra - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página. No número do capítulo tem uma imagem dando uma diferença. As páginas são amarelas e grossas. Tiveram alguns erros de digitalização, mas nada que atrapalhasse a minha leitura.

Nota da Nathy

Feitiço da Sombra - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMFeitiço da Sombra - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMFeitiço da Sombra - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMFeitiço da Sombra - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMFeitiço da Sombra - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamento

  • Bruxa da Noite – Primos O’Dwyer #1 – Lançado em 2015 – Resenha
  • Feitiço da Sombra – Primos O’Dwyer #2 – Lançado em 2015
  • Blood Magick – Primos O’Dwyer #3 – Não há previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Arqueiro. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”