Sinopse: Alice é independente, bem-sucedida profissionalmente e muito ambiciosa. Além do sucesso no trabalho, tem um namorado que é o sonho de qualquer mulher: lindo, apaixonado, louco para se casar e ter filhos. Mas ela não é qualquer mulher, e acha que a carreira vem antes de tudo. Então, quando Casseano a coloca contra a parede e exige mais espaço em sua vida, os dois entram em um impasse e acabam se separando. Em poucos dias, Alice sente que o fim do relacionamento está sendo mais duro do que esperava. Para piorar, o trabalho entra em crise e sua sócia, preocupada com a saúde da amiga, a obriga a se afastar por um tempo. As férias a ajudarão a arejar a cabeça e voltar mais produtiva. Com tudo dando errado ao mesmo tempo, Alice aceita a sugestão e compra uma passagem para Londres. Chegando lá, mergulha numa profunda jornada de autodescobrimento e percebe o que realmente importa para ela. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

O que eu quero pra Mim - Lycia Barros - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: O que eu quero pra Mim – Skoob

Titulo Original: O que eu quero pra Mim – Goodreads

Autora: Lycia Barros

Tradução: Livro Nacional

Editora: Arqueiro

Ano: 2015

ISBN: 978-85-804-406-6

Número de páginas: 201

Sobre a Autora

O que eu quero pra Mim - Lycia Barros - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMLycia Barros nasceu no Rio de Janeiro, em 1976. Chegou a cursar Letras na UFRJ e iniciou a carreira de escritora em 2010, com A bandeja, que está sendo relançado agora. Em 2013, o livro ganhou o prêmio Codex de Ouro na categoria Melhor Romance. Lycia já tem oito livros publicados. Ela dá palestras por todo o Brasil e ministra aulas sobre o mercado editorial. Mora em sua cidade natal com o marido e os dois filhos.

Opinião da Mari

O que eu quero pra mim tem uma abordagem diferente dos livros anteriores da Lycia Barros, mas no meu coração nada mudou. O livro foi uma ótima leitura e ela continua sendo uma das minhas autoras nacionais favoritas. A história deixa o foco no romance um pouco de lado e nos leva a uma incrível jornada de autoconhecimento das personagens. Aprendi um pouco mais sobre mim mesma e isso já foi o suficiente para me considerar bem satisfeita com a leitura.

Quem nos acompanhou no snapchat ou no twitter nos últimos dias conseguiu ver o meu ritmo de leitura que começou intenso, teve momentos de calmaria e finalizou muito bem. A narrativa da Lycia está incrivelmente melhor. Eu já gostava da forma que ela escrevia, mas neste livro tudo parece mais maduro. Gostei do drama, mas gostei mais ainda de ver o tom cômico da história no ponto certo, um ponto que reclamei na minha resenha de Uma Herança de Amor #2: Armadilhas do Destino. A ambientação em Londres também ajudou muito! O livro ganhou um clima mais gostoso, além de uma riqueza ainda maior de detalhes. Mas, preciso dizer que as passagens no Rio de Janeiro foram as minhas favoritas.

O que eu quero pra mim acompanha a vida de Alice. Uma garota bem sucedida, que trabalha em leilões imobiliários com sua sócia Camilla. Ela namora Casseano, um médico pediatra maravilhoso, que não vê a hora de se casar com ela, a mulher de sua vida. O problema é que ela está tão focada em sua carreira, que dar o próximo passo está longe de seus planos. O conflito faz com que os dois se separem. Alice surta no meio de um leilão e se vê obrigada a tirar umas férias forçadas. De passagem comprada ela vai para a casa de sua amiga Luana em Londres, onde tudo em sua vida ganha um novo sentido.

Não faça isso. Não vá para a cama com o primeiro homem que aparecer. Não se desvalorize só porque outra pessoa já fez isso com você. Tenha amor-próprio.

Imaginei que Alice fosse viver em Londres um romance arrebatador, mas no decorrer do livro consegui perceber que antes dela se entregar verdadeiramente à uma paixão, ela precisava se conhecer. Em Londres, onde conhecemos Luana, também conhecemos Eamon seu ex-marido e Pietro seu filho. Os três são parte importante nessa história, não apenas pela jornada deles, que também tem altos e baixos, mas também pela forma que indiretamente ajudam Alice a se encontrar. Gostei muito da protagonista, mas em alguns momentos achei sua história muito neutra. Não odiava, mas também não a amava.

Já no caso de Luana, uma coadjuvante quase protagonista, a situação não foi muito diferente. Ela também muda muito no decorrer do livro, mas inicialmente não gostei nem um pouco da personagem. Sua personalidade me irritava e o fato dela ser uma mãe desnaturada mais ainda. Eamon assim como Casseano faz o papel de mocinho muito bem, porém como a maioria das situações amorosas vividas por ele já haviam acontecido e nos eram contadas através de lembranças, não caí de amores por nenhum dos dois. Pelo menos não até os seis últimos capítulos do livro. Momento em que a história deslanchou de verdade para mim.

– E quem você deseja ser? – perguntou Alice, apoiando o queixo na mão.

– Eu quero ser tudo. – Luana sorriu e seus olhos brilharam – Quem disse que eu preciso ser só uma coisa? Quero ser atriz e quero ser dançarina. Quero ser solteira e depois arrumar um namorado. Quero ser desinibida no verão e discreta no inverno… Tudo depende do meu humor ao acordar.

Lycia também aborda dois temas bem importantes no livro, primeiro como estupros e/ou tentativas de estupros precisam ser reportados pela vítima. Não apenas para a punição da pessoa que os cometeu, mas também para que outras pessoas não sejam vítimas dela. A culpa nunca é da vítima! Segundo, como a vida das pessoas pode ser afetada pela codependência, uma patologia que quase não vejo as pessoas comentando, mas que muitas devem viver. Enfim, recomendo a leitura do livro pelos motivos acima citados, apesar dos momentos mais lentos, a leitura vale a pena.

Quote Favorito

O que eu quero pra Mim - Lycia Barros - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Adorei a capa do livro. As cores, as fontes, Londres ficou tudo bem harmonioso. O fato de um casal não estampar a capa também me agradou, já que a história em si não foca no romance, como já disse acima. A diagramação é simples. Não há muitos detalhes, apenas uma pequena folha em baixo da numeração do capítulo, que sempre inicia em uma nova página. As páginas são amarelas e o livro não apresenta problemas de revisão. Um bom trabalho da editora.

O que eu quero pra Mim - Lycia Barros - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Nota da Mari

O que eu quero pra Mim - Lycia Barros - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO que eu quero pra Mim - Lycia Barros - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO que eu quero pra Mim - Lycia Barros - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO que eu quero pra Mim - Lycia Barros - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMO que eu quero pra Mim - Lycia Barros - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Arqueiro. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”