Sinopse: Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.

Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido. Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.

Ficha Técnica

Beleza Perdida - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Beleza Perdida – Skoob

Titulo Original: Making Faces – Goodreads

Autora: Amy Harmon

Tradução: Monique D’Orazio

Editora: Verus Editora (Grupo Editorial Record)

Ano: 2015

ISBN: 978-85-7686-374-8

Número de páginas: 332

Sobre a Autora

Beleza Perdida - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Amy Harmon soube desde cedo que queria ser escritora, e dividia seu tempo entre escrever canções e histórias durante a juventude. Tendo crescido em meio a campos de trigo, sem televisão, com apenas os livros e os irmãos para entretê-la, ela desenvolveu uma forte noção do que faz uma boa história.

Amy é autora de sete livros campões de vendas, quatro dos quais serão lançados no Brasil pela Verus: Infinity + One, A Different Blue e Running Barefoot, além de Beleza Perdida. Seus livros foram publicados em diversos países, a realização de um sonho para uma garota do interior de Utah, nos Estados Unidos.

Opinião da Nathy

Esse é o meu primeiro contato com a autora e gostei demais da sua escrita. Estava esperando por algo um pouco mais emocionante. Tudo no livro era para toca fundo no coração. Mas, sinceramente mesmo sabendo que isso acontece de verdade. Eu não consegui me conectar muito com a história nem com os personagens. Porém, gostei do modo como a autora pegou uma temática difícil e conseguiu desenvolver bem. Mesmo não conseguindo me conectar eu gostei da forma como foi trabalhada. O começo é um pouco lento, mas depois tudo passa a fluir de uma forma mais rápida.

O livro conta a história de Ambrose e Fern. Ele é o mais popular da escola junto com seus amigos. Parece que tem tudo certo em sua vida. Até que decide se juntar ao exercito. Ao ser o único a retornar não consegue mais encarar ninguém na cidade. Por causa das suas cicatrizes tanto as exteriores quanto as interiores. Mas, talvez Fern seja a pessoa que o fará perceber que tudo na vida acontece com algum objetivo. Ela nunca se achou bonita e vive as sombras com seu melhor amigo Bailey.

A narrativa é em terceira pessoa focando entre os personagens principais. O modo de a autora descrever as cenas deixou o começo um pouco cansativo. Tudo tinha que ser muito bem detalhado e descrito. Inclusive cenas do passado. Porém, isso tornou tudo mais lento. Quando o Ambrose retorna do exercito tudo se torna melhor.

Ele disse que, se ganhassemos nosso primeiro jogo, cantaria o hino nacional nessa reunião aqui no ginásio.

A personagem principal não tem uma postura muito confiante. A Fern é toda tímida e não consegue falar o que realmente pensa. Somente para o Bailey e a Rita. Mas, quando se trata das outras pessoas e principalmente do Ambrose ela trava. Pelo menos até ela amadurecer. Então a mulher muda um pouco. Consegue se abrir com o Ambrose e falar tudo em sua mente. Mas, não conseguiu se libertar. Ela parecia apagada do começo ao fim. Não parecia a principal da história e sim uma personagem que estava apenas de passagem.

Já o Ambrose no começo era todo alegre e divertido. Fazia as pessoas rirem e ficarem encantadas com seu jeito. Depois que volta do exercito tudo muda. Ele fica mais introvertido e inseguro. Eu acho que isso pode mesmo ocorrer com algumas pessoas que retornaram da guerra. Não deve ser fácil perder todos os amigos e ver tanta dor. Gostei muito do personagem apesar de não cair de amores. Em alguns momentos ele parecia melancólico demais. Tudo bem que estava passando uma realidade, mas foi algo demais.

Existem vários rapazes mais carentes… e mais feios… do que você nesta cidade, e ainda assim você é o único pela qual a Fern já demonstrou qualquer interesse.

O verdadeiro mocinho desse livro é o Bailey. Ele tem um problema, mas não deixa que isso o impeça de viver. Gostei demais da personalidade. Ele era todo feliz e tentava mostrar para os outros personagens que deveriam aproveitar suas vidas também. Em suas cenas eu dava muita risada, mas também chegava a ficar pensativa. Porque tinha um impacto maior. Ele conseguia analisar cada um dos personagens e com toda a sinceridade deixar claro onde estavam errando. E se continuassem daquele jeito tudo poderia ficar ainda pior. Foi o melhor personagem do livro.

Já Rita teve o poder de me irritar ao extremo. A personagem mais fraca do livro. Ficava agindo como se fosse a pessoa que mais sofria. Mas, era a única que tinha total poder de mudar realmente sua vida. Todos tinham, mas ela era a que mais ficava se lamentando. Eu não vi o Bailey reclamando por causa da sua situação. Enquanto a Rita ficava chorando pelos cantos por seus problemas.

Ele se virou e começou a andar, afastando-se de Fern da cena terrível que acabara de acontecer.

Apesar de não ser o estilo de livro que eu gosto mais, esse livro me conquistou na medida certa. Eu recomendo para quem gosta de romance com um toque de drama.

Quote Favorito

Beleza Perdida - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu adoro essa capa. O rapaz parece muito atormentado sem mostrar seu rosto. E suas roupas estão de um modo que ele parece quebrado. Transmitindo exatamente como o principal se sente. Gosto muito mais do que da original. O azul combinou bastante. Porém, o nome do livro ficou um pouco apagado. Enquanto, o nome da autora teve um destaque maior.

Beleza Perdida - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação segue o padrão da editora. Cada capítulo inicia em uma nova página. Tem marcação quando ocorre mudança de cena dentro do mesmo capítulo. As páginas são amarelas e grossas. Tiveram alguns erros de digitalização em algumas partes.

Nota da Nathy

Beleza Perdida - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Beleza Perdida - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Beleza Perdida - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Beleza Perdida - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Beleza Perdida - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Verus. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”