Hoje eu vim fazer uma postagem um pouco diferente sobre os doramas. Como foi lançado três versões do mesmo dorama, mas em diferentes países resolvi fazer uma comparação para vocês dos três. Sobre qual deles em minha visão foi melhor adaptado. Quais os personagens se pareciam mais com o da história. Qual teve a melhor química. Entre outras coisas. Ainda mais porque em setembro irá estrear uma nova versão. Que eu já estou louca para assistir porque tem tudo para ser a melhor. Então tenha em vista de que essa é a minha opinião sobre eles. Como eu me senti assistindo cada um deles.

A Série

Vou falar sobre o dorama de uma forma geral. O ponto em comum nos três. Porque teve pontos que mudaram, mas isso eu irei comentar um pouco mais abaixo. Nesse ponto vou apenas explicar sobre o dorama para quem tiver curiosidade em assistir.

Os doramas são baseados na série de mangá chamada Itazura na Kiss escrita pela Kaoru Tada. O mangá teve 23 volumes, porém não foi finalizado por causa da morte repentina da autora. Na história Kotoko Aihara – o nome varia de dorama para dorama – é uma estudante do ensino médio que finalmente decide confessar seu amor pelo Naoki Irie. Porém, ele é muito inteligente e bom em tudo o que faz, ao contrário dela. Por isso rejeita a sua declaração de amor. Mas, quando um evento coloca os dois morando na mesma casa. Quanto mais tempo passam juntos mais vão descobrindo novos sentimentos.

Você pode assistir as três versões legendado no site DramaFever!

A partir desse ponto a review pode conter spoilers para quem ainda não viu nenhuma das três versões.

A história gira em torno de uma menina apaixonada por um rapaz muito inteligente. Alguém que faz de tudo para apenas ficar ao seu lado. Sem ter grandes expectativas de ficar com ele após ser rejeitada. Para então ir aos poucos conquistando o coração do rapaz. Eu não li os mangás, mas vi o anime. E a versão japonesa e taiwanesa foram as que eu achei que foram mais fieis. Pelo estilo dos personagens e como a história foi conduzida. A versão coreana me decepcionou um pouco. Inclusive com a história. Eu assisti a versão coreana primeiro e tinha gostado muito. Mas, depois que assisti as outras duas versões ela acabou ficando em último lugar. Fiquei um tanto decepcionada.

Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Inclusive com relação ao personagem masculino. Sim, em minha opinião o Kim Hyun Joong é muito mais bonito do que os outros dois. Mas, nem isso salvou o dorama. Ele ficava o tempo inteiro sorrindo com as coisas que a mocinha fazia. Quando na verdade ele deveria ser mais frio e nem ao menos dar um sorriso para a menina. Por isso gostei tanto do Yuki Furukawa. Ele nasceu para o papel. Tanto eu sentia uma imensa vontade de bater nele cada vez que tratava a menina mal. Nem o mando mais do que tudo iria aguentar todas as coisas que ela aguentou. Ele foi muito perfeito e apesar da minha raiva morria de amores por ele. Assim como pelo Cheng Joe. Ele chegava a ser ainda mais grosso do que os outros. Ficou ótimo no papel, mas o Yuki simplesmente sabia dar uma vida melhor ao personagem.

Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Com as mocinhas eu tive um sério problema. Vontade de bater nas três. Não sei se as admiro com a força de vontade dela para conseguir o que tanto deseja. Ou se é ingênua demais para ficar atrás de um homem que não dava a mínima importância para elas. Eu ficava irritada demais. Principalmente com a mocinha na versão coreana. Ela aguentou coisas que eu já teria o deixado casar com a outra menina. No quesito beleza a coreana é a mais bonita. Porém, ela foi a que mais se sujeitou as piores coisas. Ela parecia muito submissa às vontades dele. Tudo o que importava era o rapaz. As outras duas também tiveram algumas atitudes irritantes. Porém, consegui relevar. Porque em alguns momentos elas conseguiam se impuser e gritavam todos os seus sentimentos em cima dos rapazes. Deixando-os inclusive pasmos com as suas reações porque não esperavam por esse comportamento. As suas tinham muito mais personalidade.

Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Com relação ao casal em Playful Kiss (versão coreana) tiveram uma química muito fraca. Até tentaram melhorar com os beijos. Mas, o rapaz não parecia muito interessado nela. Enquanto, em Itazura na Kiss – Love in Tokyo a química foi ótimo. Ainda que os beijos não fossem tão intensos tinham um carinho muito lindo. Os abraços eram ainda mais perfeitos. Com as cenas de ciúme tudo se tornava ainda melhor. Não precisava de muito desses dois para colocar um sorriso no meu rosto. No entanto, quem fez minha completa alegria foi o casal de It Started with a Kiss (versão Taiwanesa). Os dois tinham a química mais forte deles. Os beijos dos dois pegavam fogo. As cenas de ciúme eram lindas. Principalmente da parte do rapaz. Ele demonstrava ainda mais seus sentimentos. O carinho com a qual tratava ela deixava tudo perfeito. Melhor ainda na segunda temporada.

Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM

No mangá e também no anime a família do rapaz parece bastante. Uma vez que a mocinha acaba indo morar em sua casa. Novamente a versão coreana me soou muito forçada em suas atitudes. Sim, todos eles tinham atitudes forçadas. Mas, ficou muito mais explicito que era uma atuação. Na versão japonesa e taiwanesa tiveram na medida certa. A mãe dele com a câmera tirando fotos dos momentos dos dois eram as melhores partes. Nisso as duas não diferem. O que desempata o meu gosto é a interação com o irmão mais novo dele. Gostei muito mais do jeito que o irmão dele se apaixona na versão japonesa. Toda vez que via uma cena dele um sorriso enorme surgia no meu rosto.

  Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM  Itazura na Kiss - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Pode não parecer, mas eu gosto muito mais dos doramas coreanos. No entanto, no que se refere a adaptações eles geralmente não são os meus favoritos. Eu gosto muito das três versões, mas até o momento a versão japonesa é a minha favorita. Mas, eu acho que a versão tailandesa Kiss Me será a minha favorita justamente por causa da química entre os atores. Apenas de fazer essa postagem já fico com vontade de assistir de novo.