A Escolha Perfeita do Coração – Bianca Briones – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/A Escolha Perfeita do Coração – Bianca Briones – #Resenha

Sinopse: Continuação do sucesso As batidas perdidas do coração Viviane e Rafael enfrentaram uma montanha-russa de emoções em As batidas perdidas do coração, antes de finalmente se entenderem e conseguirem o que tanto queriam: ficar juntos para sempre. Agora, dois anos depois, esse recomeço está longe de ser tranquilo. Os fantasmas de Rafael o assombram, e Viviane, mais uma vez, precisa lutar para mostrar que ele mesmo é seu único inimigo. O que fazer quando a pessoa que você ama é uma força autodestrutiva? Como redimir alguém que não acredita ser digno de redenção? É possível amar a pessoa que mais te magoou? Até onde vale a pena lutar por um amor? Esta é a chance de Rafael e Viviane aprenderem que a mesma pessoa que pode partir seu coração em mil pedaços é capaz de juntar os estilhaços e fazer você se sentir inteiro outra vez.

Ficha Técnica

A Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: A Escolha Perfeita do Coração – Skoob

Titulo Original: A Escolha Perfeita do Coração – Goodreads

Autor(es): Bianca Briones

Tradução: Livro Nacional

Editora: Verus (Grupo Editorial Record)

Ano: 2015

ISBN: 978-85-7686-450-9

Série: Batidas Perdidas

Volume: 1.5

Número de páginas: 149

Sobre a Autora

A Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Bianca Briones cria histórias desde antes de saber escrever. Foi uma menina sonhadora e manteve essa qualidade, o que a faz se perder em pensamentos com frequência. O romantismo explodiu em sua vida na adolescência, quando decidiu que seus filhos teriam nome de heróis. E tiveram — Athos e Arthur são dois garotos encantadores que a salvam todos os dias. Desde 2010, Bianca tem como prioridade a escrita e está sempre trabalhando em um novo projeto, enquanto outros personagens esperam pacientemente (ou nem tanto) que ela também escreva suas histórias. Publicou o new adult “As Batidas Perdidas do Coração”, em agosto de 2014 pela Editora Verus. Atualmente está trabalhando em um novo projeto, enquanto outros personagens esperam pacientemente (nem tanto) que ela também escreva suas histórias. Nas horas vagas, está sempre acompanhada de um bom livro, seus filhos Athos e Arthur; Max, o Husky Siberiano, e seus dois coelhinhos, Morgana e Lancelot.

Opinião da Nathy

Eu comecei esse livro confundindo completamente os personagens. Estava muito perdida na história. Até me dar conta de que se tratava de uma história da reconciliação do Rafa e da Vivi. Eu não consegui gostar do primeiro livro envolvendo esses dois. No segundo volume quando apareceram até que consegui aceitá-los como um casal. Mas, lendo novamente a história dos dois. Vendo o quão complicado é entre esses dois me fez pensar que não fazem sentido ficarem juntos. Sim, o amor vence tudo, na teoria é lindo. Mas, eles continuam não me convencendo como um casal. Por isso não consegui me envolver nessa história dos dois.

Como disse acima se trata de um livro curto contando como foi o reencontro entre Rafa e Vivi. Ambos guardam grandes feridas do passado. Tudo o que mais querem é ficarem juntos. Porém, todas essas marcas do passado parecem não permitir que sigam em frente em seu futuro. Algo parece estar impedindo que os dois se entreguem de verdade a esse sentimento. Rafa parece estar melhor e se recuperando muito bem de tudo o que passou antes. Porém, está tendo dificuldades para lidar com todos os seus problemas. E talvez apenas a Vivi seja rapaz de mostrar a felicidade para esse homem tão atormentado.

A narrativa continua padrão da autora. Com a narrativa em primeira pessoa mudando o foco entre os dois personagens. Os capítulos são curtos e isso tornou a leitura muito mais rápida. A autora sabe escrever muito bem. Ela consegue trabalhar na história de modo a deixar que fique cansativa. Tanto que fui lendo e quando menos esperei já estava no final. Nos outros livros tive um problema com algumas passagens desnecessárias. Mas, nesse parece que conseguiu explorar todos os lados sem deixar repetitivo ou cansativo.

O amor é uma contradição.

Dessa vez os dois personagens conseguiram me irritar. A Vivi parecia estar muito mais madura. Querendo ficar ao lado do Rafa não importando a situação. Porém, na minha visão continuou sendo a menina do primeiro livro. Quer ficar ao seu lado, mas não sabe como lidar com a pressão. Mesmo não querendo fugir quando o Rafa comete um pequeno erro já sai correndo brava. Todas as vezes ficou batendo porta e gritando. Quando deveria se acalmar e tomar as decisões mais sensatas. Não consigo enxergar essa força toda é que relatada no livro nessa personagem. Quando deveria estar tendo atitudes de uma mulher continua sendo apenas uma menina. Espero mudar minha opinião sobre ela nos próximos livros mesmo que ela não seja a principal.

E o Rafa continua agindo de uma maneira muito impulsivo. Ele acabou de voltar da reabilitação. Está aprendendo a se responsabilizar por todos os seus erros. Algo que deveria ter levado mais tempo. Poderia ter sido mais explorado. Assim como seu problema que ficou jogado de lado no livro. Não concordo que deveria estar correndo atrás da Vivi, mas mudar de cidade não seria a resposta. Da mesma forma que queria que a Vivi amadurecesse ele também precisava de um tempo e colocar a sua cabeça no lugar. Se quer ter Vivi como sua mulher para sempre e ter filhos com ela. Deveria ao menos começar a cuidar de si mesmo para depois pensar em um futuro.

Por essas e outras que não consigo gostar ou entender o relacionamento desses dois. Sim, tem cenas fofas e românticas. Como aquelas que pegam fogo. Os dois parecem dois coelhos quando se encontram. Não conseguem desgrudar um do outro. Então gostei que os dois pararam para pensar um pouco sobre esse relacionamento. Para que não ficassem apenas pensando no relacionamento carnal. Deixando seus sentimentos serem o mais importante. O amor que dizem sentir tanto um pelo outro.

Saio batendo a porta, sem parar para pensar se ele vai ficar bem ou não.

Como é um livro sobre a reconciliação dos dois o casal do segundo livro ainda não se encontra junto. Bernardo continua sendo o homem mais fofo de todos. Nesse livro eu apenas o amei mais ainda. Com atitudes realmente de um homem. Apenas não gostei que ficaram enrolando em esclarecer seu relacionamento com a Vivi para todos ao seu redor. Da forma suspeita que agiam parecia mesmo que tinham tido algo mais em Londres. Essa atitude vinha mais por parte da Vivi do que da dele. Porque sabia perfeitamente como era amar alguém e não poder ficar ao seu lado. Estava diariamente lutando contra esse sentimento. De verdade eu morro de amores por ele.

E os outros personagens estão com suas vidas de cabeça para baixo ainda. O Rodrigo vivendo sua fase do desapego. Não quer saber de nenhuma mulher em sua vida. Quer ficar com todas, mas não namorar com nenhuma delas. Está “feliz” desse jeito. Vendo seu forte amor pela a Branca eu queria muito que ficassem juntos de verdade. Assim como gostaria que o Lucas com toda a sua fofura encontrasse alguém menos complicado. Esse menino é muito bonzinho e merece alguém a sua altura. Nada de mulher problemática ao seu lado.

Acho que tá na hora de alguém me contar que porra aconteceu em Londres.

Quem já começou essa série de livros deve ler para entender um pouco mais sobre esse casal. Se ainda não leu eu aconselho que leia esse livro logo após o primeiro. Assim não terá spoilers sobre o segundo livro. Nem nada do estilo. Um ótimo romance.

Quote Favorito

A Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Se tem uma coisa que gosto muito nesses livros são suas capas. A menina com o rapaz apoiado em seu ombro ficou muito linda. Ele parece completamente vulnerável como ocorre de fato no livro. E ela sendo alguém que se pode apoiar. Tudo seguindo o padrão do primeiro livro. Até mesmo as cores. Algo que me agradou bastante.

A Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação também está no padrão da editora. Cada capítulo inicia em uma nova página. Tem marcação quando ocorre mudança de cena dentro do mesmo capítulo. As páginas são amarelas em um tom mais claro e grossas. Não tive problemas com a digitalização.

Datas de Lançamento

  • As Batidas Perdidas do Coração – Batidas Perdidas #1 – Lançado em 2014 – Resenha
  • A Escolha Perfeita do Coração – Batidas Perdidas #1.5 – Lançado em 2015
  • O Descompasso Infinito do Coração – Batidas Perdidas #2 – Lançado em 2015 – Resenha

Nota da Nathy

A Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMA Escolha Perfeita do Coração - Bianca Briones - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Verus. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)