Sinopse: Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa – até mesmo do amor. Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata.

Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima. Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Ligeiramente Escandalosos - Mary Balogh - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Ligeiramente Escandalosos – Skoob

Titulo Original: Slightly scandalous – Goodreads

Autor(es): Mary Balogh

Tradução: Ana Rodrigues

Editora: Arqueiro

Ano: 2015

ISBN: 978-85-8041-454-7

Série: Os Bedwyns | Volume: 03

Número de páginas: 287

Sobre a Autora

Ligeiramente Escandalosos - Mary Balogh - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Mary Balogh nasceu e foi criada no País de Gales. Ainda jovem, se mudou para o Canadá, onde planejava passar dois anos trabalhando como professora. Porém ela se apaixonou, casou e criou raízes definitivas do outro lado do Atlântico. Sempre sonhou ser escritora e tinha certeza de que, no dia em que escrevesse um livro, ele seria ambientado na Inglaterra do Período da Regência. Quando sua filha mais nova tinha 6 anos, Mary finalmente encontrou tempo para se dedicar ao antigo sonho. Depois de três meses escrevendo na mesa da cozinha, a primeira versão de sua obra de estreia estava pronta. Publicada em 1985, deu a Mary o prêmio da Romantic Times de autora revelação na categoria Período da Regência. Em 1988, depois de vinte anos de magistério, ela passou a se dedicar apenas aos livros. Hoje Mary Balogh é presença constante na lista de mais vendidos do The New York Times e vencedora de diversos prêmios literários.

Opinião da Nathy

Da série esse foi o livro que eu mais gostei. Muito divertido e descontraído. Os personagens não se perderam ao longo da história. Suas personalidades continuaram as mesmas do começo ao fim. Algo que não tinha ocorrido nos livros anteriores. Os eventos nesse livro também foram bem divertidos. Muito bem trabalhados com um desfecho ainda melhor. Dos três livros esse foi com a leitura mais rápida e dinâmica. Sabia que valia a pena continuar a leitura da série. E o próximo volume promete ser igualmente maravilhoso.

Dessa vez o livro conta a história de Freyja e Joshua. Ela sofreu muito com ao não poder ficar com o homem que amava. Conhecida na sociedade por sua sinceridade e nunca fazer aquilo que lhe é esperado. Já Joshua após a morte de seu primo se vê obrigado a assumir o seu posto. Algo que nunca desejou antes. Por isso é um dos homens mais cobiçados de toda Londres. Sua avó está mais do que disposta em casá-lo nessa temporada. Assim como sua tia que vive jogando sua prima nos braços dele. Quando os caminhos dos dois se cruzam decidem armar uma brincadeira com todos. O único problema é que a inocente brincadeira se tornou em algo muito mais sério. Algo que pode acabar fazendo os dois pagarem um preço mais alto.

A narrativa é em terceira pessoa com o foco nos dois personagens principais. Especialmente na Freyja e em sua personalidade forte. Se nos livros anteriores tinha ficado incomodada com o jeito de escrever da autora. E como estava enrolando para chegar no ponto principal do livro. Nesse eu consegui aproveitar cada um dos momentos. Mesmo que tivesse um drama maior por trás de tudo. A maior parte foi divertida. Por isso gostei tanto do livro.

E Freyja não conseguia se lembrar da última vez  em que se divertira tanto.

Eu amei a personalidade da Freyja. Em livros históricos é comum a mocinha ter aquela personalidade destoante da sociedade. Porém, ao se apaixonarem não tem mais a mesma garra. Com Freyja foi bem diferente. Ela é do começo ao fim uma mulher muito determinada. Nem mesmo quando estava tendo sentimentos pelo Joshua se deixou levar. Manteve a cabeça erguida e seguiu em frente. Se alguém usava alguma palavra para lhe ofender não pensava duas vezes e usava sua língua ferina. Uma personagem muito corajosa. Em alguns momentos muito teimosa, mas conseguia compreender seus receios. Porém, novamente não deixava que os seus medos e receios dominassem a sua vida.

E o Joshua é um mocinho a altura. No momento em que conhece Freyja sabe que ela é a mulher certa. Que nunca irá deixá-lo entediado. Quando ela tenta usar alguma artimanha em cima dele, consegue contornar a situação ao seu favor. Parece levar a vida na maior leveza. Como se nada fosse realmente importante. Quando na verdade usa as brincadeiras como uma máscara. Pois, esconde segredos profundos e tristes. Leva em seus ombros marcas de um passado duro. Mas, assim como a Freyja não deixou que isso ditasse as regras na sua vida. Fez aquilo que achava ser o certo e o melhor. Um mocinho que me conquistou completamente.

O romance dos dois também foi muito bem trabalhado. Tiveram mais cenas engraçadas do que de desejo entre eles. Eu me divertia muito no encontro deles. Porém, as coisas pegavam muito fogo. Era apenas deixar os dois sozinhos que pareciam que iam incendiar Londres inteira. Gostei da forma como a autora descreveu seus beijos e as cenas mais quentes. Porque não tornou o livro tão vulgar e desnecessário. Tanto que o amor deles estava sendo explicitado através das conversas divertidas.

Talvez este seja o epitáfio no meu túmulo… a vida dele foi muito agradável, mas qualquer repetição seria aborrecida.

Os irmãos da Freyja aparecem bastante nesse livro. E ao invés de tornar tudo pesado trouxeram mais leveza ainda. Entraram na brincadeira da Freyja e do Joshua. Conseguiam deixar todo mundo nervosos e irritados. Mas, eu me divertia em cada uma das cenas. Fiquei pensando se eram tão engraçados nesse livro porque não foram do mesmo modo no livro deles. Mas, gostei de rever cada um deles. E mal posso esperar para ver os outros irmãos. Principalmente o duque caindo de amores por uma moça bem pulso firme. Ele merece alguém desse jeito em sua vida.

Boa parte da família dele também são muito fofas e legais. A avó dele foi um verdadeiro amor. Assim como as suas primas. Apenas não gostei da forma que trataram a Prue. Poderiam ter lidado com a situação de outra forma. Ainda mais ela que precisava de tantos cuidados. Não esperava por um drama tão pesado envolvendo essa família. Agora a tia dele essa merecia mais do que um soco no rosto. Uma mulher odiosa e vergonhosa. Tentou prejudicar o próprio sobrinho da forma mais horrível de todas. Apenas porque não teve a sua vontade realizada. Teve um final muito melhor do que aquele que merecia.

Esse foi o meu melhor beijo no estilo “deixe a dama de pernas bambas”. E foi muito agradável?

Eu amei o livro e para quem gosta do estilo eu acho que é uma boa pedida. Ainda que os livros anteriores não tenham sido dos melhores. Mesmo que não tenha spoilers grandes na história sobre as anteriores. É importante ler na ordem assim não ficará perdido em nenhum momento.

Quote Favorito

Ligeiramente Escandalosos - Mary Balogh - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Também amei essa capa. A menina com o olhar malicioso combinou perfeitamente. Ela parece mesmo a Freyja com seu jeito de olhar. Gostei dos tons de verde. Combinou muito com o rosto delicado da moça. O nome do livro teve seu devido destaque. Assim como o nome da autora. Eu preferia que não tivesse sido em vermelho. Porque não combinou muito bem com as outras cores.

Ligeiramente Escandalosos - Mary Balogh - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação segue o padrão dos outros livros. Cada capítulo inicia em uma nova página. Tem uma marcação quando ocorre mudanças dentro do mesmo capítulo. As páginas são amarelas e grossas. Teve um ou outro erro na hora da digitalização. Mas, nada que prejudicasse a leitura do livro.

Nota da Nathy

Ligeiramente Escandalosos - Mary Balogh - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMLigeiramente Escandalosos - Mary Balogh - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMLigeiramente Escandalosos - Mary Balogh - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMLigeiramente Escandalosos - Mary Balogh - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMLigeiramente Escandalosos - Mary Balogh - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • One Night for Love – Os Bedwyns Prequel#1 –  Não há previsão de lançamento no Brasil
  • A Summer to Remember – Os Bedwyns Prequel#1 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Ligeiramente Casados – Os Bedwyns #1 – Lançado em 2014 – Resenha
  • Ligeiramente Maliciosos – Os Bedwyns #2 – Lançado em 2015 – Resenha
  • Ligeiramente Escandalosos – Os Bedwyns #3 – Lançado em 2015
  • Ligeiramente Seduzidos – Os Bedwyns #4 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Slightly Sinful – Os Bedwyns #5 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Slightly Dangerous – Os Bedwyns #6 – Não há previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

O livro é uma cortesia da Editora Arqueiro. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.