Sinopse: Seis irmãos. Uma dinastia. RANCHO TEBOW. Conheça os irmãos McCoy e seus amigos – Homens do Texas que amam tão duro quanto trabalham. Cowboys do Texas e Cajuns QUENTES – nada melhor!!!

Aron McCoy largou a mulher. Ele se machucou uma vez e não pretende cair na armadilha matrimonial novamente. Quando Libby Fontaine chega ao Rancho Tebow, ela está determinada a viver uma vida inteira em poucos meses, já que o médico não lhe deu certeza de uma remissão permanente para sua leucemia. A atração entre eles é instantânea e avassaladora. Mas quando Aron descobre que Libby é virgem, ele recua. Aron não tem nada a oferecer para uma garota que merece laço branco e promessas, mas quando ele a encontra nua no tanque de armazenamento de água do rancho e a escuta gritar seu nome em prazer – o calor explode!!!

Ficha Técnica

O Calor do Vaqueiro - Sable Hunter - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: O Calor do Vaqueiro – Skoob

Titulo Original: Cowbiy Heat – Goodreads

Autora: Sable Hunter

Tradução: Vanessa Pugliesi Riccetti

Editora: Qualis

Ano: 2015

ISBN: 978-85-68839-04-1

Série: Hell Yeah! | Volume: 01

Número de páginas: 158

Sobre a Autora

A cidade natal de Sable será sempre New Orleans. Ela ama a cultura Louisiana que permeia tudo o que ela faz. Atualmente ela vive no grande estado do Texas e como a maioria das mulhres do sul, ela adora cozinhar especialmente Cajun e Tex-Mex. Ela também gosta de pesquisar o sobrenatural, mas shhhh não conte a ninguém.

Sable escreve romances e acredita que seu objetivo como escritora é fazer com que seus leitores riam com alegria, chorem em simpatia e precisem se abanar quando lêem as partes quentes – ha!

Os mundos que ela cria em seus livros são aqueles em que o amor vence tudo e esperar por um herói não é um sonho impossível.

Opinião da Nathy

Um romance rápido e descontraído era justamente o que estava precisando. Não estava com as expectativas altas com relação ao livro. Imaginava que iria me lembrar muito dos livros de banca. Gostei da forma como a autora desenvolveu o romance dos dois. Porém, tudo no livro é extremamente rápido. Todos os problemas apresentados não são bem desenvolvidos. Tudo gira em torno do romance e do feliz para sempre. Em alguns momentos isso pode ser ruim. Mas, como estava querendo ler algo bem nesse estilo fiquei muito satisfeita com a leitura.

O livro gira em torno de Libby e Aron. Ela está passando por um momento muito delicado em sua vida. Está entrando em remissão depois de anos lutando contra um câncer. Ele é o dono do rancho onde Libby irá trabalhar durante um tempo. Depois de um casamento fracasso ele não quer saber de mais nenhuma mulher em sua vida. Mas, no momento em que coloca os olhos em Libby não consegue controlar o forte desejo que sente. Ele quer essa mulher em sua vida e não como um caso passageiro. O único problema é convencer Libby que ela poderá ter o tão sonhado feliz para sempre.

A narrativa é feita em terceira pessoa com o foco mudando entre os personagens principais. Não sei se é porque é apenas o primeiro livro da série. Mas, algo no modo de escrever da autora me incomodou um pouco. A leitura é rápida e fluída. Porém, a forma como as cenas eram descritas me incomodou. Talvez porque achasse a maioria das coisas irreais. Não sei, porém, espero não ter esse mesmo problemas nos demais livros.

Libby jogou seu romance para o alto. Ele pousou bem no topo da cabeça careca do médico.

A Libby é uma mulher que passou por muitos problemas desde sempre. Tem medo de se apegar as pessoas para apenas deixá-las depois. Porém, sempre teve fortes sentimentos pelo Aron e nunca pode fazer nada sobre isso. Gostei da sua força de vontade. Também da sua personalidade. Ela queria apenas um caso passageiro e lutou para que as coisas ficassem desse jeito. Não importando que pudesse ter fortes sentimentos pelo Aron. Queria viver sua vida de um modo e se manteve firme em suas decisões. Teve seus momentos vulneráveis. No entanto, nada que tornasse a mocinha aquela ser irritante.

Agora o Aron tinha tudo para ser um ótimo mocinho. Porém, seu jeito me irritou bastante. Não queria ninguém, mas bastou um olhar e desejou a Libby. Depois ficou com atitudes totalmente machistas. Cada palavra que saia de sua boa eu achava extremamente falso. Como se no final estivesse dizendo aquilo apenas para levá-la para cama. Ele tem o jeito da maioria dos mocinhos literários de romance. Porém, eu somente conseguia enxergá-lo como alguém machista que não acreditava na capacidade de sua mulher.

O romance dos dois foi tão desenvolvido. Porque ficava mais nas partes de cenas mais quentes. A cada nova página estavam os dois rolando na cama. Ou em qualquer outro lugar que acreditavam ser confortável. Não gosto muito quando ocorre dessa forma porque parece que eles apenas desejam seus corpos. Que não tem sentimento que é tudo físico. Preferia que ele tivesse demonstrado seu amor de uma forma diferente. Algo que gostei foi que autora descreveu as cenas para que não ficasse de um jeito vulgar.

Quanto mais rápido terminarmos, mais rápido eu posso tê-la em meus braços.

Eu adorei os irmãos McCoys. Já estou curiosa pela a história de cada um deles. Jacob é aquele que em um primeiro olhar já te conquista com tanta fofura. O Joseph é um pouco mais arriscado e não conseguiu roubar completamente meu coração. O Isaac é o tipo bad boy que se coloca em qualquer tipo de encrenca que vê pela frente. E o Nathan é o menino fofo que tem dislexia. Aquele que faz você ter vontade de cuidar dele para que nenhum mal do mundo o atinja. Sim, estou bem curiosa pela a história de todos eles.

Claro que não poderia deixar de falar sobre Sabrina. A personagem mais odiável de todas. Espero de verdade que não venha a aparecer nos próximos volumes. Mas, se isso vier ocorrer que leve mais de uma surra. Uma mulher que destrói tudo aquilo que toca. Ou que pelo menos tenta tocar. Não consegui gostar dela. Senti muita raiva em diversos momentos. E acredito que a maioria dos leitores iriam se senti desse jeito.

Com a lei. Isso não é nada. Somos os únicos na merda sem uma pá. Temos de enfrentar o Aron.

Quem gosta de um romance mais leve e rápido irá gostar bastante da história de Libby e Aron. Eu já estou na expectativa dos próximos volumes.

Quote Favorito

O Calor do Vaqueiro - Sable Hunter - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Esse é um tipo de capa que chama atenção. Porém, eu teria gostado muito mais se fosse um casal. Mesmo que o título esteja mencionando apenas o homem. Gostei da forma como colocaram o nome. Um estilo meio velho oeste. Combinou bastante e acabou me agradando. O nome da autora tem seu destaque, porém não rouba a cena. Tudo está em uma medida certa.

O Calor do Vaqueiro - Sable Hunter - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A editora também teve um cuidado com a diagramação. Cada capítulo inicia em uma nova página. Na indicação do capítulo colocaram o nome da autora logo abaixo. Da mesma forma que está na capa. Quando ocorre mudança de cena dentro do mesmo capítulo tem um chapéu marcando o início da outra cena. As páginas são amarelas, mas não são tão grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização. Se houve algum erro passou despercebido.

Nota da Nathy

O Calor do Vaqueiro - Sable Hunter - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Calor do Vaqueiro - Sable Hunter - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Calor do Vaqueiro - Sable Hunter - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Calor do Vaqueiro - Sable Hunter - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM O Calor do Vaqueiro - Sable Hunter - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • O Calor do Vaqueiro – Hell Yeah! #1 – Lançado em 2015
  • Hot on Her Trail – Hell Yeah! #2 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • Her Magic Touch – Hell Yeah! #3 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • A Brown-eyed Handsome Man – Hell Yeah! #4 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • Badass – Hell Yeah! #5 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • Burning Love – Hell Yeah! #6 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • Forget Me Never – Hell Yeah! #7 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • I’ll See You in My Dreams – Hell Yeah! #8 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • Finding Dandi – Hell Yeah! #9 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • Skye Blue – Hell Yeah! #10 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • I’ll Remember You – Hell Yeah! #11 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • True Love’s Fire: A Red Hot Valentine Story – Hell Yeah! #12 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • Thunderbird – Hell Yeah! #13 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • Welcome To My World – Hell Yeah! #14 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • How to Rope a McCoy – Hell Yeah! #15 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • One Man’s Treasure – Hell Yeah! #16 – Não há informações de lançamento no Brasil
  • You Are Always on My Mind: Hell Yeah! – Hell Yeah! #17 – Não há informações de lançamento no Brasil

Onde Comprar

  • O Calor do Vaqueiro – Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes  Cultura | Ponto Frio | Extra | Fnac
“O livro é uma cortesia da Editora Qualis. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”