SuperNova: A Estrela dos Mortos – Renan Carvalho – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/SuperNova: A Estrela dos Mortos – Renan Carvalho – #Resenha

Sinopse: Após deixar sua cidade natal, Leran está perdido em busca de uma pessoa que possa ajudar sua irmã Luana a controlar seus poderes. Enquanto foge de caçadores colocados em seu encalço, o arqueiro conhecerá novos lugares e aliados para sua jornada. Ao mesmo tempo, Tlavi, a jovem Estrela da Cura, tenta desvendar os mistérios de um criminoso capaz de erguer as forças das trevas no território pacificado do Reino Central. O caminho desses personagens está ligado pelo destino. Será que poderão lutar juntos para descobrir como vencer os novos inimigos? Conseguirá Luana despertar sua verdadeira força? Como Leran agirá diante da evolução dos poderes da irmã? É o que você vai descobrir em Supernova: A Estrela dos Mortos. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

SuperNova: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: SuperNova: A Estrela dos Mortos – Skoob

Titulo Original: SuperNova: A Estrela dos Mortos – Goodreads

Autor: Renan Carvalho

Tradução: Livro Nacional

Editora: Novas Páginas (Grupo editorial Novo Conceito)

Ano: 2015

ISBN: 978-85-8163-791-4

Série: SuperNova

Volume: 02

Número de páginas: 479

Sobre o Autor

SuperNova: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Renan Carvalho cresceu com um gosto inexplicável por histórias fantásticas. Amante de desenhos, HQs, filmes, games e livros, aprendeu desde cedo a criar seu próprio mundo. Era aquele que na escola escrevia mais de vinte páginas nas redações e tirava zero por ter fugido do tema proposto. Com o passar dos anos, Renan deixou a fantasia de lado e voltou para o mundo real. Graduou-se em Marketing e passou a trabalhar em sua área de formação. Aos 25 anos, decidiu reler os cadernos empoeirados dos tempos de criança e redescobriu sua paixão.

Opinião da Nathy

Eu fiquei muito empolgada com o primeiro livro. Então estava muito ansiosa pelo segundo volume. Isso até eu começar a ler. Não consegui ficar tão encantada assim com esse volume. Eu tive a sensação de que toda a luta na primeira parte foi deixada de lado. Como se mais nada daquilo importasse. Agora uma nova jornada com um novo vilão estava sendo formado. Então não me agradou muito porque queria ter visto um encerramento melhor. Tanto que em alguns momentos eu achei a leitura cansativa.

Nesse volume tem duas histórias paralelas. Com Leran tentando encontrar um modo de proteger a sua irmã. Do momento em que saíram de Acigam. Uma busca implacável pela a verdade. Enquanto, Tlavi está lutando contra um inimigo cada vez mais poderoso. A vida de todos está em perigo. Não importando a cidade que se encontra A Estrela dos Mortos está formando um exército para acabar com todo mundo. Para conseguir todo o poder que precisa. Quando as duas histórias se tornam uma o caos toma conta. Onde tudo o que importa é sobreviver mais um dia.

A narrativa é em primeira pessoa e mudando entre três personagens. Como as histórias tem seus momentos diferentes foi legal ter a visão desses personagens. Assim nada ficava perdido no meio. Apesar de que teve uma parte que não foi explicada, mas consegui relevar. Porque estava mais envolvida na história. A escrita do autor melhorou muito do primeiro livro para esse. A forma como ele escrevia por mais que tivesse partes cansativas, também instigava para saber o que iria ocorrer no final.

Um inimigo poderoso colocou as mãos no reino.

Desde o primeiro livro eu tinha gostado muito do Leran e de seu amadurecimento. Mas, nesse livro ele se superou. Mostrou que tem um amor incondicional por sua irmã. Inclusive colocando sua vida em risco para salvá-la. Ele é um personagem que me cativava em cada uma das suas falas. Tudo bem que ele fica muito protetor com a sua irmã. Mas, por tudo o que passou e a missão que lhe foi dada não era tão fora do comum. Quando precisa chamar a atenção de sua irmã ou acabar com a vida de alguém não pensa duas vezes. Fica focado no que importa. Tudo bem que poderia ter essa bondade com outras pessoas e não guardar rancor. Mas, ainda assim não consigo sentir raiva dele.

Agora Tlavi me fez viver um conflito. Ela é uma Estrela da Cura. Uma guerreira em todos os sentidos. Uma mulher corajosa demais. Porém, por mais que tivesse todos esses elementos não me conquistou. O fato de se preocupar apenas com sua missão me irritou. Seu irmão precisava dela mais do que ninguém. Assim como seu pai. Mas, ela não parecia se importar com nenhum deles. Nem mesmo quando seu irmão foi deixado para morrer. Estava preocupada em derrotar um inimigo. Ficou me parecendo que ela não poderia parar e pensar na melhor estratégia. Estava ficando muito obcecada e isso me incomodou.

Assim como a Lua. No primeiro livro ela mostrava muito mais sabedoria. Nesse se deixou levar pelas palavras de várias pessoas. Começou a agir como se apenas a sua opinião importasse. Quando ela disse para o irmão que era uma Estrela e por isso poderia fazer as coisas eu quis sacudi-la. Não teria a paciência que o Leran teve. Mas, amei quando ele a colocou em seu devido lugar. Para abaixar um pouco a sua crista. Sim, ela é muito importante na história. Porém, não é a única personagem. Na minha visão o Leran é muito mais importante. Porque querendo ou não é ele quem acaba salvando a sua pele.

Eles deixaram claro que apenas Luana importa. É perigoso eu continuar com ela.

Agora quem me conquistou completamente foi o Gueth e o Keon. O Gueth é irmão de Tlavi e já passou por infinitos momentos difíceis. Mas, nunca abaixou cabeça. Ou se sentiu derrotado. Eu entendo seu ressentimento por sua irmã. Afinal estava querendo apenas uma palavra dela. Um homem muito corajoso e fofo. Torci para que ficasse com a Lua em algum momento. Ele é muito altruísta não importava quem estava precisando de ajuda. Arriscava a própria vida para ajudá-lo. Já Keon começa como um vilão, mas depois age de uma forma muito fofa. Eu acho que sente um dever com Gueth. Eu gostei muito dos dois e espero que uma amizade seja desenvolvida no próximo volume. Assim como a amizade de Gueth com o Leran.

Mesmo querendo que a trama do livro anterior tivesse sido abordada eu gostei da nova. Cheia de ação e diversos mistérios. Um vilão que não importa o que a pessoa faça acaba voltando. Ele me deixava com muita raiva. Mas, eu acho que esse era o objetivo dele desde o começo. Irritar ao máximo os leitores. E pelo final deve ainda aprontar todas no próximo livro. De verdade espero que tudo isso continue sendo explorado.

Shaz não vai me vencer. 

Quem leu o primeiro livro com certeza irá amar o segundo. Vale a pena conferir esses livros do Renan. Uma mistura de fantasia com mistério muito bom. Mal posso esperar pelo terceiro livro que provavelmente será lançado ano que vem.

Quote Favorito

SuperNova: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

A capa é simplesmente linda. E combina com a do primeiro livro. Os tons de roxo combinaram perfeitamente com a menina na frente. A menina percebendo o mal que estaria enfrentando. A diagramação também mantém no padrão. Cada capítulo iniciando em uma nova página. Tem o sol marcando a mudança de cenas dentro do mesmo capítulo. Também um símbolo quando ocorre a mudança de partes. As páginas são amarelas e grossas.

SuperNova: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Nota da Nathy

SuperNova: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM SuperNova: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM SuperNova: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM SuperNova: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM SuperNova: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • SuperNova: O Encantador de Flechas – SuperNova #1 – Lançado em 2015 – Resenha
  • SuperNova: A Estrela dos Mortos – SuperNova #2 – Lançado em 2015
  • SuperNova: O Satélite de Ferro – SuperNova #3 – Previsão de lançamento para 2017

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Novo Conceito. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

One Comment

  1. Gabriel Victor 21 de dezembro de 2016 at 16:18 - Reply

    É muito dificil achar leitores que ja apreciaram esse livro maravilhoso. Gueth e Keon me chamaram atenção de uma forma que eu não consigo explicar, eu estou muito ancioso para o terceiro livro e espero que tenha mais capitulos na visão de Gueth, e que pelo menos tenha um na de Keon. Eu não sei se fui o unico a perceber (Ou se fui o unico que interpretou assim), mas eu acho que Keon é homossexual e que Gueth demonstrou um interrese nele, eu realmente estou shippando esses 2 e espero que tenha um desenvolvimento da relação deles (tanto amizade quanto um relacionamento amoroso..).

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)