Sinopse: A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia – bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso. No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela. Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente.

Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro? Contada sob a perspectiva de ambos, Zac e Mia é a história tocante de dois adolescentes comuns em circunstâncias extraordinárias. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

Zac & Mia - A.J. Betts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Zac & Mia Skoob

Titulo Original: Zac and Mia – Goodreads

Autora: A. J. Betts

Tradução: Sylvio Monteiro Deutsch

Editora: Novo Conceito (Grupo Editorial Novo Conceito)

Ano: 2015

ISBN: 978-85-8163-774-7

Número de páginas: 285

Sobre a Autora

Zac & Mia - A.J. Betts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A.J. Betts cresceu em Far North Queensland, na Austrália. Depois de adulta, viajou pelo mundo com uma bicicleta, uma mochila e uma câmera. Quando não está escrevendo ou lecionando, ela pedala, cozinha e eventualmente conversa com os leões-marinhos que vivem perto da sua casa. A. J. mora em Perth, capital da Austrália Ocidental.

Opinião da Nathy

Não estava com as expectativas altas com esse livro. Imaginava que seria algo no estilo de A Culpa é das Estrelas. Mesmo sem ter lido já imaginava um final trágico. Ou com algumas situações bem complicadas. Mas, tive uma agradável surpresa. Não tinha lido antes um livro no estilo sick lit. E acabei gostando muito dele. Não digo que vou me arriscar em outros livros do gênero. Eu acho que acabei dando muita sorte com ele. Tive meus momentos de irritação, mas valeu a pena a leitura.

Como visto na capa o livro conta a história de Zack & Mia. Duas pessoas que se conhecem na ala de oncologia de um hospital. Os dois estão enfrentando uma difícil batalha. No meio de todos os problemas eles conseguem tempo para desenvolver uma linda amizade. Que passa a crescer mais com o tempo. Porém, quando eles pensam estar vencendo a batalha se torna mais complicada.

A leitura fluiu muito bem. Estava achando que ia ser mais densa devido a sua temática. Mas, tudo foi até que bem rápido. Quando menos estava esperando já estava finalizando a leitura. A narrativa é feita em primeira pessoa. A maior parte do tempo quem narra é o Zack. Depois de um determinado ponto tudo fica com a Mia. Nesse momento meu coração apertou. Porque estava amando o modo do Zack narrar e adorando o personagem.

Um novato chega ao quarto ao lado.

Como disse acima eu amei o Zack. Ele é um adolescente passando por uma doença muito complicada. Mas, ele consegue levar tudo de um modo mais tranquilo. Sabe das suas chances de sobreviver. Ainda assim não se deixa abater. Consegue ter a força necessária inclusive para ajudar a sua mãe e família. Tem atitudes muito maduras para a sua idade. E passa toda a sua experiência para a Mia. Eu adorei a forma como tentou ajudar a menina. Não passava a mão em sua cabeça. Dizia apenas os fatos e tentava colocar um pouco de juízo na sua cabeça.

Agora a Mia conseguia me tirar do sério. Eu tentava entender que estava passando por um momento complicado. Que estava precisando de toda ajuda possível. Mas, seu jeito me irritava muito. Culpava sua mãe e era muito imatura. Por ver o Zack lidando tão bem com a sua situação a Mia conseguia me tirar do sério. Eu tinha que ter sido mais compreensiva. No entanto, ela complicava tudo. Quando tentou enganar o Zack foi o momento que eu mais quis brigar com ela. Estava olhando apenas para si mesma.

Quartoze dias após o transplante e é oficial. Estou horrível.

A família do Zack é muito boa. Eu gostei muito deles. Principalmente da mãe que está presente no livro inteiro. Ela aguenta tudo firme. Mesmo quando tudo parece perdido ela encontra forças. Não sei se iria lidar de uma forma tão positiva. Cada nova etapa estava com um sorriso no rosto. Brincando com seu filho e fazendo de tudo ara colocar um sorriso em seu rosto. Um acabava dando força para o outro. E quando ele mais precisou dela com Mia estava de braços abertos. Abrindo os olhos do filho para a grave situação.

Queria ter visto muito mais da mãe da Mia. Ela parecia não se importar com a filha. Nem o que estava acontecendo em sua vida. Por isso teria sido mais interessante se nos momentos em que Mia está narrando ela aparecesse mais. Porém, depois de ver alguns dos comportamentos de sua mãe fiquei com pena da mulher. A Mia estava praticamente torturando a mulher. Fazendo ela ficar cada vez mais triste com tudo. Sendo que ela ama a filha mais do que tudo. Também estava tentando encontrar um modo de lidar com essa situação.

Então ela me abraça e eu penso que, talvez, eu seja amada.

Eu gostei bastante do livro, mas não sei se faz o estilo de todo mundo. Não é romance. E sim um livro para se refletir. Como cada pessoa lida de uma forma diferente com a dor.

Quote Favorito

Zac & Mia - A.J. Betts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

A capa é bem diferente. Não sei ainda se me agrada ou não. Gostei das cores e da disposição. Mas, não sei se vendo ela na livraria sentiria vontade de ler. Esse olho não me diz nada sobre a história. Ou o que esperar do livro. A diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página. A imagem da capa presente em cada um dos capítulos. Assim como nas mudanças de cenas. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Zac & Mia - A.J. Betts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Nota da Nathy

Zac & Mia - A.J. Betts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMZac & Mia - A.J. Betts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMZac & Mia - A.J. Betts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMZac & Mia - A.J. Betts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMZac & Mia - A.J. Betts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

O livro é uma cortesia da Editora Novo Conceito. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.