A Luva de Cobre – Holly Black e Cassandra Clare – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/A Luva de Cobre – Holly Black e Cassandra Clare – #Resenha

Sinopse: Nesta fantasia urbana, um universo de magia coexiste com nosso mundo. Um universo repleto de intrigas, onde crianças aprimoram seus poderes em uma escola de magia chamada Magisterium, com Mestres que temem a volta do mago mais poderoso, e ambicioso, de todos os tempos, o Inimigo da Morte. Nesse volume, o aprendiz de mago Callum Hunt precisa encontrar uma antiga arma mágica roubada do Magisterium. A luva de cobre é capaz de arrancar a magia de uma pessoa e destruí-la completamente. Ao mesmo tempo, ele tem de decidir se conta aos amigos que, dentro dele, vive a alma do Inimigo da Morte, apenas à espera do momento perfeito para retomar sua escalada pelo poder. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: A Luva de Cobre – Skoob

Titulo Original: The Copper Gauntlet – Goodreads

Autora: Holly Black e Cassandra Clare

Tradução: Rita Sussekind

Editora: Galera Record

Ano: 2015

ISBN: 978-85-01-10580-6

Série: Magisterium

Volume: 02

Número de páginas: 300

Sobre a Autora

A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Holly Black é uma escritora norte-americana que mora em West Long Beach, New Jersey. Ela ficou mundialmente famosa após escrever a série de livros As Crônicas de Spiderwick. Holly Black é uma grande colecionadora de livros raros de folclore. Em seus primeiros anos de vida ela morou em uma mansão abandonada em estilo vitoriano com sua mãe, que contava a ela várias estórias de fantasmas e fadas. Seu primeiro livro, Tithe: A Modern Faerie Tale, foi muito bem recebido pela crítica e foi publicado no outono de 2002. A escritora só viria a ficar famosa um pouco mais tarde, com o lançamento do livro As Crônicas de Spiderwick: O Guia de Campo, primeiro livro da série As Crônicas de Spiderwick.

Cassandra Clare nasceu em uma família americana no Teerã, Irã e passou grande parte de sua infância viajando pelo mundo com sua família, incluindo uma caminhada pelo Himalaia quando criança, que foi quando ela passou um mês vivendo na mochila de seu pai. Antes dos seus dez anos de idade ela morou na França, Inglaterra e Suíça. O fato de que sua família se mudava muito, ela encontrou familiaridade nos livros e estava sempre com um livro debaixo do braço. Ela passou seus anos de escola em Los Angeles, onde ela costumava escrever histórias para divertir seus colegas, incluindo um romance épico chamado “The Beautiful Cassandra”, baseado na homônima história de Jane Austen. Após a faculdade, Cassie viveu em Los Angeles e Nova York, onde trabalhou em várias revistas de entretenimento e até mesmo em alguns tablóides bastante suspeitos, onde ela relatou sobre a viagem ao mundo de Brad e Angelina e as avarias do guarda-roupa de Britney Spears. Ela começou a trabalhar no seu romance YA, Cidade dos Ossos, em 2004, inspirada na paisagem urbana de Manhattan, sua cidade favorita. Ela dedicou-se em tempo integral em sua ficção fantasia.

Opinião da Nathy

Eu tinha adorado o primeiro volume dessa série e por isso estava com um pouco de receio. Se iria continuar gostando e tendo as mesmas emoções. Em vista que no primeiro livro já teve uma revelação bem forte. Para a minha felicidade as autoras conseguiram construir mais uma excelente história. Quando finalizei o livro fiquei com aquela sensação de que elas nem revelaram um terço do que está por vir. Lembra um pouco os livros do Harry Potter que os leitores já imaginavam uma situação e no próximo livro pronto não era nada daquilo que estavam esperando. Tenho ficado surpresa a cada livro. Já gostava das duas autoras separadas, juntas então está sendo perfeito.

Nesse segundo volume Callum Hunt está enfrentando um desafio muito pior do que no primeiro ano no Magisterium. Seu pai acredita que alma do Inimigo da Morte vive dentro de seu filho. E parece ter planos para destruir essa alma de uma vez. Mas, Callum não está disposto a esperar e saber quais são os planos de seu pai. Começa a traçar seus próprios planos para conseguir retornar ao Magisterium e controlar seus poderes. Ele sabe que se ir atrás da Luva de Cobre tem uma chance de sobreviver contra tudo isso. No entanto, nada é como Callum imagina e o perigo está mais próximo do que pensa.

A narrativa continua sendo em terceira pessoa, mas com o foco em Callum. Então tudo o que se sabe é de acordo com a vivência do menino. Por isso muitas surpresas devem estar por vir. Eu gosto muito do modo das autoras escreverem. Não consigo identificar que escreveu cada capítulo. O jeito delas se mescla de um modo muito perfeito. Dando uma continuidade surpreendente na história. Por mais que tenham muitas páginas a leitura flui de uma maneira muito rápida. Mas, sem deixar furos.

Call, não é o que você pensa.

Não sei ainda o que sinto pelo Call. Em alguns momentos ficava morrendo de pena dele. Por toda a carga que estava carregando naquele momento. Por tudo o que estava tendo que enfrentar e sozinho. Porque não sabia em quem poderia confiar. Mas, em outros parecia um menino perdido. E ingênuo. Quando passou a tomar decisões mais sérias e arriscadas gostei muito mais. Ele ainda tem um potencial muito grande para ser mostrado. E mesmo tendo tudo mostrando que ele é o Inimigo da Morte eu fico pensando que tem muito mais nessa história. Que ele não pode simplesmente ser morto no final por causa de algo que nunca esteve no seu controle.

Fico muito incomodada com a importância que dão ao Aaron. Claro que todos os personagens têm o seu papel. Mas, colocaram o rapaz em um pedestal. Principalmente à Tamara. Estava mais preocupada com o que iria acontecer com ele do que com o Call. Tudo o que estava fazendo era para proteger o Aaron sem pensar nas consequências de suas ações. De como poderia estar prejudicando o seu amigo e sua família. E o Aaron mesmo sendo o Makar ele não fazia nada provando esse seu valor. Tudo bem, teve duas cenas em que ele foi fundamental. Ainda assim eu confio muito mais no Call.

Call! E se você estiver enganado quanto a ele querer matar Aaron? 

E os personagens secundários começam a ter mais destaque. Como o Jasper e a Célia. O Jasper mesmo tendo uma raiva contra Call não nega seu poder. Ele acaba por ajudá-lo de alguma forma. Passei a gostar muito mais dele nesse livro. Espero gostar mais nos próximos. Agora quem eu adoro mesmo é o Devastação. Esse é o lobo mais fofo de todos. Sempre ao lado do Call e ajudando ao seu amigo. Não importando quem estava contra Call ele se mantém fiel. Também gostei da Célia e de um possível romance dela com o Call. Já que a Tamara parece estar mais para o lado do Aaron.

Essa luta de Call contra Constantine está muito boa. O pai do Call tem seus planos e em certo momento faz até que fique com raiva. Mas, tudo porque não querem que Constantine renasça e faça as coisas ruins de novo. Eu até entendo o Constantine tudo o que fez foi porque não queria que seu irmão tivesse morrido. Porque não consegue lidar com a perda de alguém tão especial. Quem eu não confio é nos Mestres do Magisterium todos eles podem estar envolvidos com os planos do Mestre Joseph. Assim como não confio no Alex parece que todos os seus planos giram em torno do Call. Como se soubesse dos passos do menino.

Eu mataria o Inimigo da Morte com as minhas próprias mãos. Eu o odeio tanto.

Somente por serem livros da Holly Black e da Cassandra Clare já valem a pena serem lidos. E se gosta de fantasia então esses livros do Magisterium são um prato cheio. Para quem gosta apenas de romance pode acabar não apreciando muito. Porque nesse segundo livro começou a ser desenvolvido um romance. Mas, não é o foco principal.

Quote Favorito

A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu amei que a capa está no padrão do primeiro livro. Estava com receio de que fossem mudar a capa. Inclusive o tamanho do livro. Não gosto de colocar o livro na estante e ter aquela diferença. Uma capa bem chamativa. Em uma livraria com certeza eu pararia para ver. Algo também que gostei foi da marcação na lateral do volume da série. Porque quem não conhece pode pensar que esse é o primeiro volume.

A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação também está no padrão do primeiro livro. Cada capítulo inicia em uma nova página. Tem o símbolo de fundo no começo dele. Assim como uma figura representando a aventura dos jovens. Também quando ocorre mudanças de cenas dentro do mesmo capítulo tem marcação. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Nota da Nathy

A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Luva de Cobre - Holly Black e Cassandra Clare - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • O Desafio de Ferro (Livro 01) – Lançado em 2014 – Resenha
  • A Luva de Cobre (Livro 02) – Lançado em 2015
  • The Cosmos Blade (Livro 03) – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • The Golden Boy (Livro 04) – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • The Enemy of Death (Livro 05) – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Onde Comprar

    • O Desafio de Ferro – Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes  Cultura | Ponto Frio | Extra | Fnac
    • A Luva de Cobre – Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas | Martins Fontes  Cultura | Ponto Frio | Extra | Fnac
    • O Desafio de Ferro (E-Book) – Amazon | Saraiva | Itunes | Cultura
    “O livro é uma cortesia da Editora Galera Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

    About the Author:

    Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

    2 Comments

    1. mgrezender 21 de dezembro de 2015 at 13:00 - Reply

      Livros cuja história é cheia de fantasia, monstros, muita aventura é comigo mesmo. Adoro esse tipo de livro. Ainda não li nenhum livro da série mas quero muito ler . anotado na minha lista de livros para ler.

      • Nathalia Garcia 25 de dezembro de 2015 at 13:28 - Reply

        Eu acho essas duas autoras maravilhosas nesse estilo literario. Se gosta não perde tempo e comece a ler essa série. Eu estou na ansiedade pelos próximos livros rs

    Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)