Infinito + um – Amy Harmon – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/Infinito + um – Amy Harmon – #Resenha

Sinopse: Quando duas pessoas se tornam aliadas improváveis e foras da lei quase sem querer, como podem vencer todos os desafios?

Bonnie Rae Shelby é uma estrela da música. Ela é rica, linda e incrivelmente famosa. E quer morrer. Finn Clyde é um zé-ninguém. Ele é sensível, brilhante e absurdamente cínico. E tudo o que ele quer é uma chance na vida. Estranhas circunstâncias juntam o garoto que quer esquecer o passado e a garota que não consegue enfrentar o futuro. Tendo o mundo contra eles, esses dois jovens, tão diferentes um do outro, embarcam numa viagem alucinante que não só vai mudar a vida de ambos, como pode até lhes custar a vida. Infinito + um é uma história sobre fama e fortuna, sobre privilégios e injustiças, sobre encontrar um amigo por trás da máscara de um estranho — e sobre descobrir o amor nos lugares mais inusitados.

Ficha Técnica

Infinito + um - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Infinito + um – Skoob

Titulo Original: Infinity + One – Goodreads

Autora: Amy Harmon

Tradução: Monique D’Orazio

Editora: Verus Editora (Grupo Editorial Record)

Ano: 2015

ISBN: 978-85-7686-442-4

Número de páginas: 334

Sobre a Autora

Infinito + um - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Amy Harmon soube desde cedo que queria ser escritora, e dividia seu tempo entre escrever canções e histórias durante a juventude. Tendo crescido em meio a campos de trigo, sem televisão, com apenas os livros e os irmãos para entretê-la, ela desenvolveu uma forte noção do que faz uma boa história.

Amy é autora de sete livros campões de vendas, quatro dos quais serão lançados no Brasil pela Verus: Infinity + One, A Different Blue e Running Barefoot, além de Beleza Perdida. Seus livros foram publicados em diversos países, a realização de um sonho para uma garota do interior de Utah, nos Estados Unidos.

Opinião da Nathy

Quando li Beleza Perdida tinha gostado muito da forma que a autora abordou uma temática difícil. Então fiquei curiosa para saber o que iria fazer nesse livro. No final acabei gostando do livro, mas não me apaixonei. Fiquei irritada em muitos momentos. Porque não estava fazendo muito sentido as ações dos personagens. Acho que estou vivendo uma relação de amor e ódio com a autora. Espero ler mais livros dela no futuro e assim descobrir como realmente me sinto.

O livro conta a história de Bonnie e Finn Clyde. Ela é uma cantora muito famosa. Que está um pouco cansada de ter sua vida comandada por sua avó. Mesmo tendo o mundo aos seus pés ela sente que algo falta dentro de si. Por mais que as pessoas a olhem e pense que é feliz. Bonnie guarda uma grande dor em seu coração que não consegue superar. Já Clyde é um completo desconhecido. Ninguém se importa com que está fazendo com sua vida. Ele apenas quer viver um dia de cada vez. Ter momentos de paz depois de tanta dor que encontrou no seu passado. Algumas deixando sérias marcas em seu corpo. Quando a vida deles se cruza não esperavam que iria ter tantas mudanças. Que o mundo de ambos iria virar de cabeça para baixo.

A narrativa é em primeira e terceira pessoa. Quando o foco está em Bonnie é em primeira pessoa. Quando o foco está em Clyde acaba sendo em terceira pessoa. Eu achei isso um pouco confuso. Porque você está envolvida na leitura quando de repente tem essa mudança brusca. Preferia que tivesse sido feita em um único estilo. Ainda mais a escrita da autora é muito boa e envolvente.

Não quero telefonar para ninguém! Não quero ver ninguém.

A Bonnie me tirou muito do sério. Conseguia entender a sua dor e frustração. Nessa parte eu sentia uma simpatia por ela. Porque sua vida não estava sendo fácil. Porém, não conseguia aceitar como estava sendo egoísta. Colocava o Clyde em situações realmente perigosas para o homem. Mas, estava apenas preocupada em conseguir um tempo livre. Não estava se importando muito em quanto suas atitudes poderiam prejudicar o rapaz. No final acabei ficando com muita raiva dela e esperando que pudesse refletir seriamente sobre suas ações.

O Clyde era muito ingênuo. Mesmo tendo passado por complicações no seu passado ele não parecia perceber o que estava ao seu redor. Embarcava na onda da Bonnie sem problemas. Eu gostava quando ele ficava irritado e tentava colocar um pouco de juízo na cabeça dela. Mas, confesso que boa parte do que estava dizendo eu não conseguia compreender. Quando falava com tanto amor sobre a matemática eu ficava cativada, mas não conseguia compreender muitas coisas. Ele é um mocinho forte que ao mesmo tempo tem uma vulnerabilidade muito grande.

Tem um romance muito bem trabalhado entre os dois. Mas, não morri de amores. Apesar de ter gostado muito do Clyde a minha raiva com a Bonnie era tanta que não conseguia torcer para que ficassem juntos. As cenas são muito bem trabalhadas e desenvolvidas. Os beijos entre eles têm uma quimica muito boa. Porém, como disse preferia que não tivessem se envolvido. Tudo por causa dela.

Acho que estou tentando descobrir o que é real.

A avó dela foi a que mais me irritou junto com a imprensa. Ela armou um barraco muito grande por causa da neta. Mesmo sabendo que a menina estava agindo por conta própria ela transformou tudo. Isso porque queria o dinheiro da menina. Estava explorando a Bonnie de todas as maneiras possíveis. E a imprensa também estava fazendo uma palhaçada muito maior. Mesmo com todas as evidências apontando para algo mais simples. Foram duas coisas que me tiraram do sério.

As partes mais emocionantes envolviam os irmãos de Bonnie e Clyde. Os dois conseguiram alcançar meu coração. Cada um com um jeito único e engraçado. Queria que tivesse tido muito mais cenas deles. Assim como as partes sobre acreditar em Deus. Ela abordou de uma maneira muito bonita e cativante. Fiquei muito tocada nessas partes.

Você tem o Infinito, e eles têm um ao outro. E Fish disse: Quem é o gênio agora?

Se gosta de romance tem que dar uma chance para o livro. Mesmo eu tendo alguns problemas com ele cada um deve tirar suas próprias conclusões. Poderia ter sido melhor, mas a autora conseguiu desenvolver bem o livro.

Quote Favorito

Infinito + um - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu gosto das capas dos livros dessa autora. São bem descontraídas ainda que tenha um toque de drama. Os dois deitados mostrando apenas os pés ficou muito lindo. As cores também combinaram bem. E manteve um padrão do Beleza Perdida. A diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma nova página. As folhas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a digitalização/tradução.

Infinito + um - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Nota da Nathy

Infinito + um - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Infinito + um - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Infinito + um - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Infinito + um - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Infinito + um - Amy Harmon - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Verus. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

2 Comments

  1. Lydia Karla 4 de janeiro de 2016 at 13:23 - Reply

    A Amy Harmon se tornou uma nova diva pra mim…nossa, parece que tudo que escreve te marca…realmente apaixonada pelos livros dela, este ainda não li mas já estou interessada..

  2. mgrezender 3 de janeiro de 2016 at 07:43 - Reply

    Poxa, não conhecia esse livro e nem a autora. Acho que não li nada dela ainda, mas gostei muito da capa e da sinopse. Os opostos se atraem, e embora sempre batem de frente em seus pontos de vista, acabam por se sentirem atraídos e creio que isso a autora reproduz em seu livro, pelo menos foi isso que entendi. Espero estar correta. Pretendo ler o livro
    Maristela G Rezende

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)