Magia do Sangue – Nora Roberts – #Resenha

///Magia do Sangue – Nora Roberts – #Resenha

Sinopse: Há muitos anos, Branna O’Dwyer entregou seu amor a Finbar Burke. No entanto, o romance durou pouco. Uma maldição ligada ao sangue de suas famílias os proibiu de ficar juntos. Branna tentou preencher esse vazio com amigos e familiares, mas sabe que, sem Fin, sua vida nunca estará completa. Ele, por sua vez, passou os últimos doze anos viajando pelo mundo, focado exclusivamente no trabalho.

Atormentados pela forte atração que nem a distância pôde aplacar, nenhum dos dois acha que um dia se entregará de novo ao amor. Entretanto, em meio às sombras que ameaçam destruir tudo o que eles consideram mais precioso, esse relacionamento sem futuro pode ser também a última esperança que lhes resta.

Ficha Técnica

Magia do Sangue - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Magia do Sangue – Skoob

Titulo Original: Blood Magick – Goodreads

Autor(es): Nora Roberts

Tradução: Maria Clara de Biase

Editora: Arqueiro

Ano: 2015

ISBN: 978-85-8041-471-4

Série: Trilogia Primos O’Dwyer

Volume: 03

Número de páginas: 281

Sobre a Autora

Magia do Sangue - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Nora Roberts (nascida Eleanor Marie Robertson a 10 de Outubro de 1950) é uma escritora norte-americana, autora de best-sellers românticos. Foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame.
Autora de maior destaque da lista de best sellers no New York Times e a primeira a ser escolhida para a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, Nora Roberts é considerada uma pintora de palavras que a cada pincelada, dá vida a personagens cheios de energia e vigor. Escritora metódica e insaciável, Nora já publicou mais de 160 romances, a maior parte no gênero suspense romântico, traduzidos para 25 idiomas e editados em todo o mundo. Sua alta popularidade como romancista advém do grande talento que possui para sensibilizar o leitor ao escrever narrativas de suspense que também falam sobre turbilhão de emoções que acontecem quando entramos em contato com nossos sentimentos mais profundos, principalmente amor e paixão. Suas histórias prendem o leitor com temas explícitos e intensos, descritos de forma clara e objetiva, passando uma mensagem curta e rica em detalhes. Os capítulos de seus livros são longos, e poucos, em média apenas 12. As paisagens descritas nos levam a viajar do México aos subúrbios de Washington, com certa suavidade e exatidão que sonhamos acordados, ou temos pesadelos! Histórias publicadas no início de sua carreira: Negócio de Risco (1986); Alerta da Natureza (1984); A suspeita (1989); No ano de 1995 a autora editou o primeiro volume da Série Mortal no original Naked in death (Nudez Mortal) sobre o pseudonimo de J.D. Robb, o qual hoje é prestigiado pelo mundo inteiro com mais de 25 volumes (em alguns países o número é menor). Autora Consagrada já vendeu mais de 2 milhoes de livros em todos os países publicados.

Opinião da Nathy

Eu jurava que esse seria meu livro favorito da trilogia. Então fui toda empolgada para fazer a leitura. Mas, a minha empolgação durou poucos minutos. Talvez pode não ter sido o momento certo para fazer a leitura. Mas, estava esperando algo e foi um tanto diferente. Mesmo que o foco seja na luta deles contra o Cabhan estava esperando por algo muito maior no romance. Afinal de contas os dois mocinhos já tinham uma linda história de amor. Precisava apenas saber conduzir. E infelizmente não achei que foi tão bem trabalhada. Ficou faltando algo no caminho. Mesmo sendo um livro da diva.

Esse é o último volume da trilogia primos O’Dwyer. Nele o leitor novamente vê a luta do círculo para tentar destruir de uma vez por todas o Cabhan. Porém, o que eles não esperavam é que segredos do passado pudessem ser a solução dos seus problemas. Algo que não esperavam surge na sua frente. As aparições do passado continuam acontecendo e sendo de grande ajuda para o círculo. E também para Branna e Fin. Que a cada dia que passa estão mais apaixonados. E sofrendo por não poderem desfrutar desse grande amor. Mas, quando o desejo toma conta nem mesmo o sangue deles é capaz de impedi-los.

A narrativa continua sendo em terceira pessoa. Com o foco principalmente no círculo. E em alguns momentos do passado. A escrita da autora continua sendo excelente. No entanto, como estava esperando algo mais dinâmico acabou se tornando cansativo. Algumas partes eu estava achando desnecessária. E confesso que tive que voltar para entender de novo o que estava ocorrendo. Porque determinados segredos eram tão importantes.

E assim os filhos de Sorcha voltaram ao lar.

A Branna sempre teve um papel fundamental nos livros anteriores. Era aquela que dominava facilmente sua magia. A que cuidava de todos ao seu redor. Seja com sua magia ou com sua comida. Eu gostava dela porque fazia um papel mais de mãe. Porém, nesse livro eu achei que ficou um pouco arrogante. Estava acreditando que poderia ferir o Cabhan sozinha e muitas vezes o saía para procurá-lo. Sabe aquele ditado quem procura acha? Pois, bem ela estava procurando tanto que acabou encontrando e não de uma forma muito boa. Fiquei irritada com ela em diversos momentos. Mesmo entendo sua sede por acabar logo com o grande vilão do livro.

Assim como Fin. Ele ficava remoendo pelos cantos por ter o sangue do Cabhan. Por querer uma vingança por ter seu sangue. Quando na verdade deveria estar focando no círculo. Em como todos juntos poderiam destruir esse ser. Também teve seus momentos querendo encontrar o homem sozinho. Como se tivesse uma força surpreendente para destrui-lo. Em alguns momentos estava certo sobre suas ações. Que ajudaram nessa luta. Porém, eu estava esperando que fosse ser aquele mocinho apaixonante que rouba a cena. O que não foi o caso.

Por estar um pouco irritada com os personagens de forma individual. Posso ter sido influenciada no romance deles. Não estava mais acreditando naquele amor todo que diziam sentir. Tudo parecia ser uma forma para colocar para fora anos de tensão. Claro que as cenas não deixaram a desejar. O primeiro encontro deles é muito intenso. Por isso estava esperando que as demais cenas também seriam assim. No entanto, foi algo do tipo “pronto colocou o casal junto vamos focar na luta”. Então fiquei bem decepcionada com o desenvolvimento desse amor.

Como posso amá-lo mais agora do que já amei?

Os demais casais continuam aparecendo bastante. No entanto, apenas quando se trata de lutar contra o Cabhan. E suas ideias mirabolantes. Gostaria que tivesse mostrando ao menos o casamento de um deles. Não foi abordado mais nada em relação a eles. Por isso tinha gostado tanto do Quarteto de Noivas. Não deixava de mostrar como estavam os outros casais. Quais eram seus planos e se tudo estava caminhando bem. Podia ter ocorrido o mesmo nesse livro. Mas, não tudo girava em torno do Cabhan.

E nosso o vilão para ser chato. Ele não fazia nada do que ficar acabando com a paciência de todo mundo. Porque de verdade ele não fazia mais nada do que pedir para as mulheres serem dele. Ou ameaçando as coisas mais ridículas. Porque na hora de agir mesmo ele pulava fora. Não gostei dele assim como não gostei da Sorcha e afins. Foi um bom plot que poderia ter sido melhor explorado.

Distância em espaço não significa nada. Sempre estaremos juntos.

Eu gosto muito dos livros da diva e sempre os recomendo. Então não poderia deixar de recomendar essa também. Ainda mais se você gosta de livro com uma pitada de fantasia. Mesmo não tendo gostado muito desse livro eu acho que vale a pena ser lido. Não por ser da Nora, mas porque cada pessoa tem uma opinião diferente.

Quote Favorito

Magia do Sangue - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu amei a capa. Se a história me decepcionou um pouco. A capa conseguiu superar todas as minhas expectativas. O roxo deu o tom mais sombrio para o livro. Mas, a casa clara e o cachorro bem visível deixaram mais leve. Ou seja, teve essa mistura que combinou perfeitamente. Também gosto de o fato do nome da autora estar em destaque. Porém, não roubou a cena. O nome do livro também tem um ótimo destaque.

Magia do Sangue - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação segue o padrão dos livros anteriores. Cada capítulo inicia em uma nova página. Eu gosto de o fato da editora ter mudado em alguns livros. Eu ficava incomodada com os capítulos iniciando tudo na mesma página. Além, de não ficar bonito visualmente. Ao menos eu acho isso. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Nota da Nathy

Magia do Sangue - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMMagia do Sangue - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMMagia do Sangue - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMMagia do Sangue - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMMagia do Sangue - Nora Roberts - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamento

  • Bruxa da Noite – Primos O’Dwyer #1 – Lançado em 2015 – Resenha
  • Feitiço da Sombra – Primos O’Dwyer #2 – Lançado em 2015 – Resenha
  • Magia do Sangue – Primos O’Dwyer #3 – Lançado em 2015

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Arqueiro. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”
By | 2017-03-13T14:52:12+00:00 25/12/2015|Categories: Livros, Resenhas|Tags: , , , , , , , |2 Comments

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

2 Comments

  1. mgrezender 3 de janeiro de 2016 at 07:36 - Reply

    Adoro ler os livros da Nora. Ainda não li essa trilogia, mas sempre fico com um pé atrás quando se trata de mais de dois livros, pois acabo sempre me decepcionando com algum deles. Até que em se tratando de trilogia, não foge muito da história mas é sempre um risco que corremos: esperamos muito por algo e deparamos com outra situação. Espero ler esse livro em breve.

  2. Milena Soares 2 de janeiro de 2016 at 19:10 - Reply

    Estou doida pra começar a ler essa trilogia, gosto muito da escrita da Nora Roberts, curto muito sobrenatural e cada resenha que leio dos livros me deixa ainda mais ansiosa em conferi a série.

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)