Sinopse: Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra… Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão… Bem, algo aconteceu… Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha “luz” extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro.

Ficha Técnica

Obsidiana - Jennifer L. Armentrout - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Obsidiana – Skoob

Titulo Original: Obsidian – Goodreads

Autor(es): Jennifer L. Armentrout

Tradução: Camila Pohlmann

Editora: Valentina

Ano: 2015

ISBN: 978-85-65859-79-0

Série: Saga LUX

Volume: 01

Número de páginas: 319

Sobre a Autora

Obsidiana - Jennifer L. Armentrout - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Jennifer L. Armentrout vive no oeste da Virginia. Quando não está escrevendo, ela passa seu tempo lendo, trabalhando, vendo filmes de zumbis, e fingindo escrever. Ela divide sua casa com o marido, um parceiro K-9 chamado Diesel, seu hiper Jack Russell Loki, e sua tartaruga de estimação chamado Michelangelo. Seu sonho de se tornar autora começou na aula de álgebra, onde ela passou o tempo escrevendo contos. Jennifer escreve livros Adultos e Jovens Adultos, fantasia e romance.

Opinião da Nathy

Eu fiquei em uma animação quando descobri que a editora ia publicar a Saga Lux. estava sempre de olho para ver quando esse dia chegaria. Eis que quando o livro chegou eu fiquei gritando toda feliz por um bom tempo. Nem estava acreditando que estava com ele em mãos. Um livro que amei fazer a releitura. Geralmente quando faço a releitura de algumas histórias percebo diversos erros e acabo não gostando tanto. Mas, com Obsidiana foi ao contrário. Quanto mais estava lendo mais estava morrendo de amores pelos personagens. Estava me apaixonando novamente. Nunca tinha me empolgado para ler livros com alienigenas. Tinha a mesma opinião da Kat até conhecer Daemon. Posso ficar aqui suspirando por ele?

O livro conta a história de Katy. Uma menina que vive dentro de casa e adora escrever seu blog. Após a morte de seu pai sua mãe decide que elas precisam de uma mudança em suas vidas. Por isso se mudam da Califórnia para uma cidade que parece esquecida por Deus. Aquela cidade em que todo mundo se conhece e sabe da vida do outro. Um dia ela vai até a casa de seu vizinho pedir uma informação e descobre que ele é o homem mais lindo que já viu. Parece a personificação da perfeição. Isso até que ele abre a boca e é extremamente grosso com ela. A partir desse encontro parece que a vida dos dois estará ligada para sempre. Mesmo que isso possa colocar a vida dos dois em risco.

A narrativa é em primeira pessoa. Tudo é relatada pela a visão de Katy. Por isso é pouco impossível saber o que o Daemon está realmente pensando da menina. Na primeira vez que li não tinha gostado do fato de ser em primeira pessoa. Dessa vez, eu até que gostei. Mas, preferia que fosse na visão dos dois. Tenho certeza que iria surtar muito mais com o Daemon. A escrita da autora é leve e bem dinâmica. Não deixa o livro cansativo mesmo que tenha bastante informação.

A gente se vê por aí, gatinha.

A Katy tem uma personalidade muito boa. Ela não leva desaforo para casa. Mesmo que depois fique remoendo o jeito que agiu. Se precisa jogar macarrão na cabeça das pessoas ela vai fazer isso, porém não deixará que ninguém pise nela. Eu amei o seu jeito de ser. Tudo bem que em alguns momentos ela foi paciente demais. E já teria mandado ir fazer outras coisas úteis. Não teria mais ido atrás e passaria a viver minha vida em paz. Mas, ela é teimosa e bem persistente. Gostei do seu jeito determinado. Também é muito leal, capaz de colocar a sua vida em perigo pelos seus amigos. Um amor de menina.

Agora o Daemon é aquele ame e odeie. No começo ele é um completo idiota. Tudo bem que não é apenas no começo. Porém, depois de um tempo ele acaba mostrando diversos lados. Nem tem como negar como me apaixonei por ele. Mas, assim como Katy queria ficar o xingando por tudo o que dizia. Cada vez que abria a boca era para falar algo humilhante. Então depois fica um pouco impossível acreditar em suas palavras. Se são sinceras ou está novamente brincando com os sentimentos dela. Mas, eu gostei dele. Se manteve firme no papel e foi extremamente protetor.

E claro que com essa tensão toda somente poderia gerar um romance entre os dois. Não é nenhum spoiler não se preocupem. Em vista de tudo o que acontece saber que os dois se envolvem romanticamente não é nada. Mesmo porque todo mundo já deve imaginar isso. As cenas de brigas desses dois são carregadas de tensão. E quando finalmente ocorre algo entre os dois é de tirar o folego. Eu gostei porque não se tornou vulgar ou coisa de pele. Mesmo o Daemon querendo passar essa ideia. Dava para perceber que ambos estavam bem cativados.

Essa é a declaração mais ridícula que eu já ouvi.

Como não se apaixonar pelos secundários. A Dee é a mais fofa de todas. Uma menina que apenas quer ser feliz do seu modo. E não do jeito que as outras pessoas lhe impõe. Queria ser a melhor amiga da Katy e lutou por esse direito até o final. Eu também gostei muito do Adam que estava sempre ao lado da menina. Eu torço muito para que ela desperte e tenha sentimentos por ele. Que os dois possam ficar juntos e serem bem felizes. O Adam tem um jeito mais sério para ver as coisas então seria um ótimo par com ela.

A trama no liro também foi muito bem elaborada no primeiro livro. Deixando claro que deve vir coisas piores pela frente. Gostei da forma como eles têm que lutar pela a sua sobrevivência. Não é como se pudessem desfrutar de momentos de tranquilidade. As cenas de lutas foram bem intensas. Somente teve dois personagens que não gostei a Ash e o Andrew eles foram muito grossos. Devem aprontar alguma coisa para cima da Katy nos próximos livros. Não posso deixar de comentar sobre a mãe dela que é um amor. Fiquei encantada com a personagem. Uma excelente mãe que apenas quer ver a sua filha feliz.

Os Arums vão acabar matando o Daemon. Por sua causa, pequena humana. Ele vai ser morto tentando te proteger.

Se ainda não leu esse livro não perca mais tempo e corre para ler. Porque vale muito a pena. Mesmo que a temática seja sobrenatural vale a pena. Eu apenas espero que a editora não demore muito para publicar os próximos volumes.

Quote Favorito

Obsidiana - Jennifer L. Armentrout - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Uma das coisas que eu estava mais com medo era de como ficaria a capa. Porque já sairam muitas versões. Algumas maravilhosas e outras nem tanto. Então já estava naquela expectativa e com muito medo. Até que foi divulgada qual seria. Algumas pessoas não gostam dessa versão. Mas, eu adoro. O modelo é muito lindo e combina com o estilo do Daemon. Tudo sendo verde também ficou muito legal. Combinando com o cenário de fundo. Fiquei muito aliviada quando vi essa capa.

Obsidiana - Jennifer L. Armentrout - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação é simples. Cada capítulo começa em uma nova página. Tem marcação quando ocorre mudança de cena dentro do mesmo capítulo. As páginas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização. O começo de cada paragrafo tem um destaque.

Nota da Nathy

Obsidiana - Jennifer L. Armentrout - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMObsidiana - Jennifer L. Armentrout - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMObsidiana - Jennifer L. Armentrout - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMObsidiana - Jennifer L. Armentrout - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMObsidiana - Jennifer L. Armentrout - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamento

  • Shadows – Lux #0.5 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Obsdiana – Lux #01 – Lançado em 2015
  • Oblivion – Lux #1.5 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Onyx – Lux #02 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Opal – Lux #03 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Origin – Lux #04 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • Opposition – Lux #05 – Não há previsão de lançamento no Brasil
  • The Wedding – Lux #5.5 – Não há previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Valentina. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”