Sangue na Neve – Jo Nesbø – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/Sangue na Neve – Jo Nesbø – #Resenha

Sinopse: O mestre do thriller escandinavo está de volta. Olav tem apenas um talento: matar pessoas a sangue-frio. Não há nada que ele preze mais que ter o poder sobre a vida e a morte. Porém, sua natureza sensível é proporcional às suas habilidades como matador de aluguel. Uma vez tentou roubar bancos, mas não deu certo – ele se sentiu tão culpado que foi visitar uma das vítimas no hospital. Agenciar mulheres para prostituição, idem – Olav se apaixona muito fácil. O assassinato foi tudo que lhe restou.

Ele leva uma vida solitária em Oslo até se ver envolvido em um trabalho importante para um dos mais perigosos chefes do crime organizado na cidade, Daniel Hoffman. Ao aceitá-lo, Olav finalmente conhece a mulher da sua vida, mas logo se depara com dois problemas. O primeiro é que ela é a esposa do chefe. E o segundo é que ele foi contratado para matá-la.

Ficha Técnica

Sangue na Neve - Jo Nesbø - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Sangue na Neve – Skoob

Titulo Original: Blood on Snow – Goodreads

Autor: Jo Nesbø

Tradução: Gustavo Mesquita

Editora: Record (Grupo Editorial Record)

Ano: 2015

ISBN: 978-85-01-09153-6

Coleção: Sangue na Neve

Volume: 01

Número de páginas: 152

Sobre o Autor

Sangue na Neve - Jo Nesbø - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Jo Nesbo vive em Oslo. É músico, compositor e economista, além de ser um dos escritores mais bem-sucedidos e aclamados na Europa atualmente. Seu primeiro romance policial estrelado pelo detetive Harry Hole tornou-se sucesso instantâneo na Noruega, conquistando o prêmio Glass Key por melhor romance nórdico de 1998.  Em 2004, Garganta vermelha, primeiro livro do autor publicado pela Editora Record, foi eleito o melhor romance policial de todos os tempos, pelos Clube do Livro Noruegues. Aclamado pela crítica internacional, o escritor norueguês Jo Nesbo conquistou seu lugar entre os principais nomes da literatura policial escandinava. Suas tramas complexas e inteligentes protagonizadas pelo detetive Harry Hole sempre chegam ao topo da lista de mais vendidos dos países escandinavos.

Opinião da Nathy

Eu gosto muito dos livros do Jo Nesbø não é à toa que se tornou um dos meus favoritos nesse gênero. Então imagina a minha empolgação para ler Sangue na Neve. Tanto que quando chegou passou na frente de todos os livros. E foi a minha primeira decepção. Não gostei do personagem principal e muito menos do desfecho. Fiquei com aquela sensação de vazio. Como se o autor não tivesse tido tempo para desenvolver bem a história, mas tinha que entregar algo pronto. Estou com esperança de que o próximo livro da série seja muito melhor.

O livro conta a história de Olav. Ele é um matador de aluguel que trabalha para Daniel um poderoso chefe do tráfico. Sua missão é matar e não fazer perguntas. Porém, sua nova missão é matar a mulher de Daniel. Uma mulher que aparentemente sofre abusos de seu amante. Uma mulher frágil que cativa o coração de Olav. Ele apenas não contava que isso poderia lhe custar um preço muito alto.

O sangue pingava da barra de sua camisa na neve.

A narrativa é em primeira pessoa. Sendo narrado pelo Olav. O que deveria facilitar na identificação com o personagem. Mas, apenas serviu para que não gostasse dele. Algo positivo é que a leitura flui de uma maneira muito rápida. Ainda mais porque não são muitas páginas. Tudo ocorre em um piscar de olhos. Quando menos se espera já encontra o desfecho. Mesmo não tendo gostado tanto do livro a escrita de Jo Nesbø continua me impressionando muito. Quanto mais eu leio os livros desse autor, mais eu quero outros livros.

Como disse acima o Olav me incomodou bastante. Ele é um matador de aluguel e supostamente deveria ser forte. Um personagem que não tem medos e que é muito inteligente. Ainda mais para saber se está sendo enganado ou não. Mas, Olav é muito ingênuo. Começa a tomar atitudes desnecessárias. Tenta sair da caixa e acaba criando a maior confusão de sua vida. Não gostei porque o personagem se tornou muito fraco. Entendo que deveria ter alguma fraqueza. Porém, uma coisa é ter uma fraqueza e outra é agir da forma que fez no livro.

Eu queria testar o atalho para o lugar que não sabíamos existir.

E Daniel para um chefe do tráfico durão também era bem tranquilo. Não fazia nada que colocasse medo nos seus funcionários. Tanto que eram capazes de o desafiar em suas ações. Não tinha como torcer por ele ou para que conseguisse aquilo que estava desejando. Queria um desfecho muito pior para ele. Foi outro personagem detestável. Estava sabendo de tudo o que ocorria com sua esposa e não movia um dedo para ajudar. Pelo contrário a culpava na situação.

Outros personagens secundários também me irritaram. Como a tal Maria. Uma mulher que aceitava tudo na vida sem lutar contra. A única que conseguiu me cativar um pouco mais foi a Corina. Porque estava sofrendo muito nas mãos do marido e do amante. Mas, não abaixava a cabeça. Usava aquilo que a vida estava lhe dando sem nenhum remorso. Sabia aproveitar cada chance. Uma mulher muito forte e decidida. Sem contar muito inteligente.

Senti uma lágrima quente escorrer pelo meu rosto; eu a vi cair e afundar na neve fresca.

Não é um livro que eu tenha gostado, mas eu sempre recomendo que tirem suas conclusões. Porque um livro que não funcionou comigo pode funcionar com outras pessoas. Ainda mais se tratando do  Jo Nesbø que é um ótimo autor.

Quote Favorito

Sangue na Neve - Jo Nesbø - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

E se o livro não me agradou muito a capa me conquistou completamente. O sangue, o nome do livro e do autor estão em uma textura diferente. Ficou simplesmente linda. Mesmo que seja simples. Como digo muitas vezes o simples é o melhor caminho. Gostei demais de como ficou o nome do autor em destaque, mas sem apagar o nome do livro. Foi um ótimo trabalho da editora.

Sangue na Neve - Jo Nesbø - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação é simples. Cada capítulo inicia em uma página. As folhas são amarelas e grossas. Não tive problemas com a tradução/digitalização.

Nota da Nathy

Sangue na Neve - Jo Nesbø - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Sangue na Neve - Jo Nesbø - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Sangue na Neve - Jo Nesbø - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Sangue na Neve - Jo Nesbø - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM Sangue na Neve - Jo Nesbø - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Sangue na Neve – Sangue na Neve #1 – Lançado em 2015
  • Midnight Sun – Sangue na Neve #2 – Não há previsão de lançamento no Brasil

Onde Comprar

“O livro é uma cortesia da Editora Record. A resenha realizada aponta os pontos positivos e\ou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.”

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

3 Comments

  1. Kemmy Oliveira 8 de janeiro de 2016 at 20:39 - Reply

    Bem, o único livro que li do autor foi Boneco de Neve. Gostei bastante apesar de achar a leitura meio arrastada. E aqueles nomes, então? Meh, enquanto lia eu substituia Hwqndihsa por “Zé” hahahahaah
    Sangue na neve tem bem menos páginas, pelo que posso ver. Isso de se apaixonar pela pessoa que deveria matar é bem clichê, né? Enfim, pelo que vi todo mundo trai todo mundo aí, é isso mesmo produção? hahah não sei se entendi bem o motivo do tal Daniel querer matar a esposa, mas parece que ela estava traindo ele e sendo abusada pelo amante…
    A trama tem muitos elementos e isso de ter sido tudo corrido (como você disse) deve atrapalhar bastante

    Beijos!

    • Nathalia Garcia 10 de fevereiro de 2016 at 15:21 - Reply

      Oiee Kemmy!!

      Vou usar a sua tática porque os nomes deles são complicados demais. Melhor chamar de Zé que fica tudo certo rs.
      SIm é isso mesmo, ela estava traindo o marido e sendo abusada pelo amante. Mas, tudo vai muito além disso. O principal toma decisão errada atrás de decisão errada. Não consegui gostar desse livro infelizmente rs.
      Beijos

  2. mgrezender 7 de janeiro de 2016 at 11:38 - Reply

    Ainda não li nenhum livro desse autor e espero ter a oportunidade de ler esse ano. Já li muitas resenhas e comentários sobre o livro e a cada uma que leio, fico mais determinada que devo ler esse livro. Gostei da sua resenha.
    Maristela G Rezende

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)