A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra – Robin Sloan – #Resenha

Home/Livros/Resenhas/A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra – Robin Sloan – #Resenha

Sinopse: A recessão econômica obriga Clay Jannon, um web-designer desempregado, a aceitar trabalho em uma livraria 24 horas. A livraria do Mr. Penumbra — um homenzinho estranho com cara de gnomo. Tão singular quanto seu proprietário é a livraria onde só um pequeno grupo de clientes aparece. E sempre que aparece é para se enfurnar, junto do proprietário, nos cantos mais obscuros da loja, e apreciar um misterioso conjunto de livros a que Clay Jannon foi proibido de ler. Mas Jannon é curioso. Primeiro Capítulo.

Ficha Técnica

A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra - Robin Sloan - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra – Skoob

Titulo Original: Mr. Penumbra’s 24-Hour Bookstore  – Goodreads

Autora: Robin Sloan

Tradução: Edmundo Barreiros

Editora: Novo Conceito (Grupo Editorial Novo Conceito)

Ano: 2013

ISBN: 978-85-8163-023-6

Número de páginas: 288

Sobre o Autor

A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra - Robin Sloan - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Robin Sloan é de Detroit, estudou economia em Michigan e é coautor de uma revista literária chamada Aveia. Entre 2002 e 2012, trabalhou no Poynter Institute for Media, na Current TV e no Twitter, dando suporte às novas mídias. Sua passagem do mundo da tecnologia para o mundo impresso aconteceu, segundo ele mesmo, numa manhã de terça-feira quando chegou ao clube Grolier — um reduto de colecionadores de livros raros — e apaixonou-se por todos aqueles livros impressos.

Booktrailer

Opinião da Nathy

Esse era um dos livros que quando teve seu lançamento mais fiquei empolgada. Teve uma ótima divulgação e o booktrailer me deixou muito curiosa. Porém, depois de ler uma boa parte do livro comecei a ficar bem decepcionada. Nada estava sendo como imaginava. E não de uma forma positiva. Tudo começou a ficar denso e cansativo. Chegou um ponto do livro que não conseguia compreender porque o autor estava demorando tanto em apresentar o desfecho. Senti que abordava diversas coisas e na verdade não abordava nada. A temática é interessante, mas não achei que soube desenvolver de uma forma legal e que prende o leitor.

Os mistérios sobre o que é a livraria do Mr. Penumbra vai muito além de pessoas a frequentando tarde da noite e buscando livros que ninguém mais desejaria. Eu pensava que no final teria alguma coisa engraçada e divertida. Ou alguma outra coisa. Mas, não esperava pelo final que teve. Parecia que o autor não sabia mais o que escrever e por isso jogou o seu final. Não me instigou e chegou ao ponto que estava desejando que a leitura chegasse ao seu final. Para que assim pudesse ir pegar algum outro livro que me animasse.

A história é do Clay Jannon que começa a trabalhar na livraria do Sr. Penumbra. A livraria não é tão frequentada, mas tem seus fieis consumidores. Todas as noites vem alguém diferente pegar um livro de uma estante. Não perde tempo procurando. Sabe exatamente o que quer e onde está localizado. Após um de eles entregar o livro outra pessoa vem e pega este mesmo livro. Como se fosse uma comunidade secreta em que todos necessitam de ler estes livros. Clay fica cada vez mais curioso porque não acredita mais que seja simplesmente uma livraria. Então é tragado para esse novo mundo, onde não para até encontrar a resposta que deseja.

Meus olhos traçam uma linha acima dos nós dos dedos, para procurar entre as lombadas, e lá eu o vejo.

O livro é narrado em primeira pessoa com Clay nos relatando as suas aventuras na livraria. Por ser em primeira pessoa o leitor somente fica sabendo o que Clay descobre e tem momentos que nem assim ele revela o que descobriu. Tentando desse jeito atiçar um pouco a curiosidade dos leitores. Mas, para esse tipo de livro acho que foi uma escolha acertada, talvez em terceira pessoa tivesse ainda mais detalhes. E não seria um ponto positivo. Entender como funciona a mente de Clay foi um ponto positivo ainda que não me fizesse gostar do mesmo.

Por ser o personagem Clay deveria ser cativante e descontraído. E no começo até pode se que seja bem legal. No entanto, quando começa a se envolver mais profundamente com a livraria começa a ficar bem apagado. Mesmo que seu papel fique importante, achei que ficou apagado diante de tudo o que estava acontecendo. A livraria passa a se tornar o personagem principal e toda a sociedade por trás dela. Mas, acho que por ter o foco em uma pessoa curiosa querendo descobrir tudo Clay deveria ter ficado mais em evidência e sua iniciativa em descobrir tudo.

Está muito quieto. Apoio o queixo na mão e penso em meus amigos e o que mais está escondido bem debaixo dos meus olhos.

O Mr. Penumbra tem o nome mais apropriado do mundo. Ele é sombrio e misterioso. Sabe exatamente quais pauzinhos está mexendo para atiçar a curiosidade de Clay, mas tudo para que seus planos deem certo. Deixa sempre o Clay sozinho com sua loja a espera de seus clientes, mas está presente para tirar as duvidas de Clay sobre o que é a loja. Um personagem inteligente demais. No entanto, parece que ele chega a um ponto que já nada mais lhe importa nem mesmo a sua livraria e todo o mistério que a rodeia.

Os visitantes da loja nem tem como se apegar a algum deles. Eles pegam um livro e vão embora, em alguns momentos até trocam algumas palavras com o Clay, mas de importante. Depois de uma boa parte do livro parece que se tornam um verdadeiro grupo. Algo que deveria te sido melhor é que tudo o que acontece na livraria e um segredo. Mas, então o Clay quanto mais curioso fica mais ele conta para seus amigos. Isso me incomodou um pouco. Por que se não pode ser contado para ninguém o Clay deveria ter mantido a boca fechada.

Há coisas estranhas e misteriosas acontecendo na Livraria 24 horas do Mr. Penumbra.

Não é meu estilo habitual de leitura, mas gosto de me arriscar em gêneros diferentes. Uma pena que esse não tenha me agradado, mas vocês podem ter uma visão diferente do livro.

Quote Favorito

A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra - Robin Sloan - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

 

 

Capa e Diagramação

A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra - Robin Sloan - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMSe a história não me agradou a capa eu achei linda. Sombria nos tons certos. E a fachada de uma livraria no centro. O nome do livro também está em relevo e em uma textura diferente. Na lombada tem o nome do livro e o nome do autor. O nome do livro está em relevo. Gosto quando o nome do livro fica em maior destaque e o nome do autor um pouco menor.

A diagramação é no padrão da editora. As páginas são amarelas, cada capítulo inicia em uma nova página. Não tem marcação quando a cena muda dentro do mesmo capítulo. As letras são um pouco maiores do que normalmente estão nos livros. E na divisão das partes tem somente o nome daquela divisão sem nenhuma imagem.

Nota da Nathy

A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra - Robin Sloan - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra - Robin Sloan - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra - Robin Sloan - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra - Robin Sloan - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM A Livraria 24 horas do Mr.Penumbra - Robin Sloan - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Onde Comprar

O livro é uma cortesia da Editora Novo Conceito. A resenha realizada aponta os pontos positivos eou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)