Sinopse: Ian Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil — mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão.

Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo. Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto. Em Destinado: as memórias secretas do sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia — desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.

Ficha Técnica

Destinado - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMTitulo Nacional: Destinado – Skoob

Titulo Original: Destinado – Goodreads

Autor(es): Carina Rissi

Tradução: Livro Nacional

Editora: Verus Editora (Grupo Editorial Record)

Ano: 2015

ISBN: 978-85-7686-457-8

Série: Perdida | Volume: 03

Número de páginas: 460

Sobre a Autora

Destinado - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração. Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião. Nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista. Seu primeiro livro, Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo, foi traduzido e publicado na Alemanha, onde entrou para as listas de mais vendidos. Procura-se um marido é seu segundo livro.

Opinião da Nathy

Eu gosto muito dos livros da Carina Rissi. Quando descobri que ela estava escrevendo um livro na visão do Ian já estava louca querendo ler. Porém, é um problema sério quando começa um livro cheia de expectativas e elas não são alcançadas. Eu senti que estava lendo de novo a primeira história. Não estava tendo aquele algo a mais. Apesar de ter gostado muito do livro. E de ter ficado tensa com o Ian. Não tive a mesma sensação quando li Perdida. Aquele amor todo não estava acontecendo. Eu acho que porque já estava ficando um pouco cansada. Não teve aquela mudança no enredo. Não sei explicar, mas estava esperando por algo realmente eletrizante. Tanto que não li em apenas um dia como nos anteriores.

Ian Clarke é um homem de muita sorte. Tem uma esposa maravilhosa ao seu lado e uma filha que é uma graça. Tudo o que sempre quis na vida lhe foi dado. Porém, ele ainda tem medo de que sua amada esposa possa sumir. Mesmo tendo jurado que agora era para sempre Ian sente que pode perdê-la a qualquer momento. E quando toma uma decisão muito arriscada é exatamente isso que pode acontecer no final. Para salvar uma pessoa que tanto ama Ian pode acabar perdendo outra. No entanto, ele não está disposto a perder ninguém. Irá até as últimas consequências para proteger a todos que ama.

A narrativa muda de figura nesse livro. Ian Clarke é quem relata todo o seu sofrimento e alegria. Eu gostei de ver um pouco da visão dele. Mas, confesso que em alguns momentos ficava perdida. Porque estava acostumada com a Sofia contando a história. Então tinha que reler e entender o que estava acontecendo. Algo que me incomodou muito foi que vários mistérios foram introduzidos no livro. Para apenas serem resolvidos de uma vez no final. Eu gosto quando é resolvido aos poucos ao longo da história. Por isso acabou se tornando um pouco cansativo.

Se alguém buscasse em um dicionário a definição da palavra “felicidade”, certamente encontraria o meu nome.

Se nos outros livros eu amava loucamente o Ian nesse esse amor cresceu. Não sei se isso é possível. Mas, ele é um personagem muito fofo. Faz tudo o que pode pelas pessoas que ama. Não adianta dizer que não pode fazer aquilo ou que colocara em risco sua vida. Ele fará tudo o que estiver ao seu alcance. Em alguns momentos fazia coisas que eu nunca imaginaria que pudesse fazer. Porque é sempre tão responsável e certinho. Nesse livro ele não se importa com nada além de ter sua esposa e irmã ao seu lado. Eu amei ver esse outro lado do personagem. Meu coração ficou apertado ao ver o que estava lhe acontecendo. E com todo o seu amor. Não vou falar disso porque senão posso soltar um spoiler sem querer. Mas, foi algo que me agradou bastante no livro.

Aquela personalidade forte e divertida da Sofia esteve um pouco apagada nesse livro. Na verdade, parecia que os dois tinham invertido os papeis. Ela estava mais focada no objetivo. Não tinha mais aquelas frases tão engraçadas. Talvez porque depois que teve a Marina tentou ter a cabeça mais focada. Não sei, mas não a senti tão vibrante quanto nos outros livros. Por isso gostei muito mais dela. Não ficava fazendo besteira atrás de besteira. Eu até cheguei a ficar com pena dela em alguns momentos. Porque não tem como questionar seu amor pelo Ian. E ver tudo o que estava acontecendo lhe machucava demais.

O amor dos dois tem que passar por mais uma dura prova. Sentimentos tão fortes pode se apagado em questão de segundos. Eu ficava com um sorriso bobo no rosto cada vez que o Ian demonstrava seu amor. Através de suas palavras ou gestos. Claro que tem umas cenas mais quentes entre os dois. Mas, nada muito detalhado. Muitas vezes ficando de acordo com a imaginação do leitor. Gosto quando não tem nada vulgar em um romance tão lindo. Muitas vezes isso poderia atrapalhar os dois. Um beijo entre os dois muitas vezes era o suficiente.

Não havia nada mais certo no mundo quanto Sofia e eu.

Quem eu quis matar nesse livro foi a Elisa. Por suas atitudes eu não consigo vê-la como uma adolescente. Por isso ficava tão irritada com algumas atitudes de menina mimada. Parece compreender muito bem as regras da sua sociedade. Mas, ainda assim parece fazer algumas birras. Não consegui gostar dela nesse livro. Apenas estou ansiosa por sua história por causa do lindo do Lucas. Ele demonstra todo seu amor em seus gestos. E ela ainda assim não parece acreditar. E acaba magoando o rapaz. Quero muito saber o que será da história dos dois. Como gostei dela nos outros livros quero ver os dois juntos. Mas, se estivesse lendo apenas esse livro iria jurar que ela não gostava do rapaz.

Amei rever a Nina e o Rafa. Os dois continuam sendo muito engraçados e extremamente fofos. Por um momento fiquei pensando se o problema do Ian não estava influenciando no Rafa. Foi outro momento que me deixou em uma tensão muito grande. A Sofia não podia ter outra melhor amiga. Nina nem questiona e ajuda da forma que pode no futuro. Queria que tivesse um livro apenas dos dois. Contando sobre suas dificuldades na atualidade. E como ela se sente recebendo as cartas da Sofia.

Tem certeza que você não caiu de um dos livros da Sofia?

Obviamente eu recomendo os livros dessa série. Todo mundo deveria ler ao menos uma vez os livros da Carina. Assim decidir se gosta ou não. Eu adoro mesmo tendo alguns problemas. Um romance delicioso. Você acaba imerso em um mundo desconhecido. Aquele mundo do Sr. Darcy. Aconselho que seja lido na ordem de lançamento porque senão terá infinitos spoilers que podem estragar a história.

Quote Favorito

Destinado - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Capa e Diagramação

Eu fiquei apaixonada por essa capa. O Ian está muito lindo. Do mesmo jeito que não é possível ver o rosto de Sofia nesse Ian somente mostra seu corpo. Gostei do fato de não ter ficado com a capa escura. As cores mais claras deram um ar mais histórico. A casa de fundo também foi um toque legal. O Ian em seus trajes segurando um celular também foi algo que encaixou muito bem. O nome da autora tem seu destaque, mas não rouba a cena. Assim como o nome da série não rouba tudo para si. O mais chama atenção é o nome do livro e o Ian.

Destinado - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

A diagramação é simples, com cada capítulo iniciando em uma nova página e o número do capítulo está em uma fonte diferente. As páginas são amarelas e grossas não prejudicando a leitura. A fonte muda quando estão escrevendo cartas ou tem algum pensamento diferente da Ian. O formato do livro é 16 x 23 x 2,6 cm.

Nota da Nathy

Destinado - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMDestinado - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMDestinado - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMDestinado - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COMDestinado - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

Datas de Lançamentos

  • Perdida – Perdida #1 – Lançado em  2013 – Resenha
  • Encontrada – Perdida #2 – Lançado em 2014 – Resenha
  • Destinado – Perdida #3 – Lançado em 2015

Onde Comprar

O livro é uma cortesia da Editora Verus. A resenha realizada aponta os pontos positivos eou negativos de forma sincera, encontrados pela autora do post durante a leitura do livro. A opinião da autora é pessoal e independente da editora.

Aproveite para conferir os posts abaixo, acho que você também vai gostar...