Cada Um Na Sua Casa – Home – #Crítica

Home/Filmes/Críticas/Cada Um Na Sua Casa – Home – #Crítica

Sinopse: Quando a Terra é invadida pelos confiantes Boov – uma raça alienígena em busca de um novo lar – todos os humanos são prontamente deslocados, enquanto os Boov se ocupam de organizar o planeta. Porém uma esperta garota chamada Tip consegue evitar ser capturada e acidentalmente transforma-se em cúmplice de um Boov exilado chamado Oh. Os dois fugitivos percebem que há muito mais em risco que um simples dano às relações intergaláticas e embarcam na aventura de suas vidas.

Ficha Técnica

Cada Um Na Sua Casa - Home - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Cada Um Na Sua Casa

Titulo Original: Home

Elenco: Steve Martin, Rihanna, Jim Parsons, Jennifer Lopez, Matt Jones, April Winchell, Brian Stepanek, Lisa Stewart.

Direção: Tim Johnson

Gênero: Animação.

Duração: 94 min.

Distribuidora: Fox Filmes

Estreia:  Abril de 2015.

Trailer

Opinião da Nathy

Eu estava um pouco entediada esses dias e resolvi assistir algum filme. Mas, nada do que estava encontrando. Estava me agradando. Até que pensei em ver alguma animação. Sempre consegue me agradar e trazer um sorriso no rosto. Então assim que abri o Netflix dei de cara com esse filme. Não seria a minha primeira escolha. Mas, estava com preguiça de sair procurando. Resolvi assistir esse mesmo. Ainda mais porque já tinha visto comentários positivos dele. Geralmente sou do contra e acabo detestando o filme. Porém, resolvi dar uma chance.

E gostei bastante do que vi. Não se tornou filme favorito nem nada. Estava com a expectativa um pouco alta para ele. Por causa dos comentários que tinha visto. Em algumas partes até consegui dar risada. Mas, passei boa parte tentando me conectar com eles. Talvez não tenha sido o melhor momento para assistir ao filme. No entanto, gostei bastante de como a história foi trabalhada. Todos os problemas dentro de uma sociedade. Não importa qual seja. Que sempre acha que tudo é perfeito. Até perceber os grandes erros. As diversas mensagens por trás do filme foram bem tocantes e marcantes. Algo que faz você refletir.

Eu achei os Boovs as coisas mais fofas de todas. Principalmente o Oh. Fiquei morrendo de pena. Tudo o que ele mais queria era fazer amigos. Ter alguém do seu lado. Mas, todas as pessoas fugiam dele. A cena na casa foi muito triste. Somente pessoas que passam por situação semelhante conseguem se identificar. E sofrerem com ele. Em alguns momentos concordo que era bem irritante. O seu amor pelo Capitão era algo sobrenatural. Defendia o homem de todas as formas. Como acontece na nossa sociedade. Nada pode ser dito que outras pessoas estão prontas para ofender e tudo mais. Enfim, ele tinha seus momentos irritantes. Mas, na boa parte do tempo eu o achava fofo demais. Quando mudava de cor. Quando começou a dançar. E demonstrando o carinho que tinha pela Tip.

Também gostei bastante da Tip e do gatoporco. Sua luta para encontrar “minha mãe” foi muito legal. Ela mostrava toda a sua força e coragem. Enquanto, foi ensinado ao Oh a desistir e fugir. Ela aprendeu a lutar e enfrentar seus medos. Não desistir até alcançar seus objetivos. Ela era como o Oh no sentido de não ter amigos. Sofria bullying de todas as partes. Até que conseguiu encontrar um verdadeiro amigo. Os dois não começam muito bem, mas depois a amizade se torna muito linda. A sua história foi inteira sobre encontrar a sua mãe. Mas, na verdade girava em torno da sua amizade com Oh. Na força em que os dois tinham juntos. Eu gostei bastante da dupla formada. De algum jeito conseguiam se completar.

O Capitão Smek era o vilão. Mas, não era bem um vilão. Ele apenas queria ficar fugindo dos Gorgons. A maioria das minhas risadas eram por causa dele. Inventava cada coisa que meu Deus. Aquele psiuduisador. Algo nesse estilo não sei bem o nome. Era o melhor de todos. A sua raiva e como tentava controlá-la era hilário. Mas, tinha certeza que ele seria o grande responsável por eles estarem sendo seguidos. Tudo o que fazia acabava em uma confusão. Pensava em fugir de todos os problemas. Nunca em enfrentar. Nunca em pensar em suas ações e como isso pode prejudicar a sua nação.

Os Gorgons também trouxeram uma outra mensagem no filme. Tinha certeza de que aconteceria tudo aquilo no final. Se o Capitão Smek tivesse ficado quieto tudo ficaria bem. Acabava dando pena dele. O bicho não era bonito em um primeiro momento. Não teve tanta participação assim. Porque o foco do filme não era nele. Mas, as poucas participações foram bem importantes e tocantes.

A trilha sonora também é muito boa. Quando o Oh começou a se mover eu fiquei igual a ele. Querendo dançar no mesmo ritmo. Conseguiu combinar perfeitamente com o momento. Com músicas bem legais. Algumas delas não conhecia, mas logo fui atrás. Gosto quando o filme tem essa diversidade. Apenas não gosto quando fica tudo muito lento. Fico com vontade de dormir. E como já estava entediada não queria ficar ainda mais.

Um ótimo filme para passar um tempo. Me ajudou bastante durante meu tédio. Depois fiquei empolgada querendo fazer outras coisas. Todo mundo deveria dar uma chance. As animações raramente decepcionam.

Quote Favorito

Gratuity ‘Tip’ Tucci: You lied to me.
Oh: No, a lie is a bad thing. I did a thing so you can live.

Fotos

Cada Um Na Sua Casa - Home - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM Cada Um Na Sua Casa - Home - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM

Cada Um Na Sua Casa - Home - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM Cada Um Na Sua Casa - Home - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM

Cada Um Na Sua Casa - Home - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM Cada Um Na Sua Casa - Home - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM

Aproveite para conferir os posts abaixo, acho que você também vai gostar...

About the Author:

Nathalia Garcia - A Nathy! Tem 26 anos e é formada em Psicologia. Seu maior vício são os livros, ela sempre está se arriscando em um novo desafio literário. Romances policiais são os seus favoritos. Nos últimos anos também se tornou uma apaixonada por séries. Once Upon a Time e Criminal Minds são algumas das suas séries prediletas.

Os comentários são previamente moderados, mas eles são muito importantes para nós! Então comentem! =)