Sinopse: A história de Cinderela segue a vida da jovem Ella (Lily James), cujo pai comerciante casa novamente depois que fica viúvo de sua mãe. Ansiosa para apoiar o adorado pai, Ella recebe bem a madrasta (Cate Blanchett) e suas filhas, Anastasia (Holliday Grainger) e Drisella (Sophie McShera), na casa da família. Mas quando o pai de Ella falece inesperadamente, ela se vê à mercê de uma nova família cruel e invejosa. Relegada à posição de empregada da família, a jovem sempre coberta de cinzas, que passou a ser chamada de Cinderela, bem que poderia ter começado a perder a esperança. Mas, apesar da crueldade a que fora submetida, Ella está determinada a honrar as palavras de sua falecida mãe e “ter coragem de ser gentil”. Ela não cederá ao desespero nem aos que a maltratam. E depois tem o belo estranho que ela conhece na floresta. Sem saber que, na verdade, trata-se de um príncipe, não um mero aprendiz do Palácio, Ella finalmente sente que encontrou uma boa alma.

Ficha Técnica

Cinderela - Cinderella - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM

Titulo Nacional: Cinderela

Titulo Original: Cinderella

Elenco: Hayley Atwell, Lily James, Helena Bonham Carter, Richard Madden, Cate Blanchett, Holliday Grainger, Sophie McShera, Stellan Skarsgård, Nonso Anozie, Ben Chaplin, Rob Brydon, Eloise Webb

Direção: Kenneth Branagh

Gênero: Fantasia, Romance

Duração: 111 min.

Distribuidora: Disney

Estreia:  Março de 2015.

Trailer

Opinião da Nathy

Não sou fã da história da Cinderela. Nunca gostei do seu jeito um tanto submisso. Sempre aceitando tudo calada. Sendo a boa moça. Por isso não estava muito empolgada para ver essa nova versão. Se eu não gosto da história e nem estava empolgada porque então fui assistir ao filme? Curiosidade. Sou uma pessoa que não consegue se controlar diante de algumas coisas. Não corri desesperada para assistir ao filme. Demorei bastante para ter coragem. Eis que essa semana vi que estava passando no Telecine e resolvi dar uma chance.

Como não estava com as expectativas altas não me decepcionei com o filme. Mesmo vendo muitas pessoas falando bem dele não fiquei com aquela vontade de assistir. Por isso foi bem mais tranquilo de ver. O fato de não estar esperando por muitas mudanças ajudou bastante. Claro que teve algumas coisas que modificaram. E que acabou me incomodando bastante. Como o fato de ela ficar uma eternidade conversando com o príncipe e com outra pessoa que apareceu no caminho. Mesmo quando as badaladas do relógio estavam tocando. Tentei relevar ao máximo alguns pontos.

Eu entendo que seja uma adaptação e por isso tem que modificar diversas coisas. Porém, alguns pontos não deveriam ter sido modificados. Mesmo não gostando da história dela fiquei incomodada com as pequenas modificações. Pode parecer que estou tentando encontrar erros no filme por não gostar da história. Mas, essa não é a minha intenção. Na verdade, fui assistir ao filme com a intenção de gostar de tudo. De me apaixonar pela a Cinderela. O que infelizmente não foi o caso. Além, de alguns problemas com as modificações. A atriz principal me levou a loucura – não no bom sentido.

Depois de ver esse filme com a Lily James (Pride and Prejudice and Zombies ) estou com receio de seus outros filmes. Tenho que ver para tirar a minha conclusão se gosto ou não dela. Nesse filme foi um não. Ela ficava com uma expressão um tanto morta. E quando estava com príncipe não demonstrava nenhuma inocência. Não sei algo em sua atuação me incomodou bastante. Poderia ter sido melhor. Mesmo fazendo o papel da mocinha boba que aceita tudo. Poderia ter dado uma vida maior a personagem o que não ocorreu. Eu acho que a atuação dela foi o que mais me decepcionou. Porque ao menos no trailer estava tudo ótimo.

Agora quem roubou a cena foi a Helena Bonham Carter (Alice Through the Looking Glass) como fada madrinha. Sim, seus momentos são poucos. Aliás, ela aparece em uma única cena. Porém, conseguiu atrair toda a atenção para si mesma. Com um jeito engraçado e descontraído. Uma excelente atriz que não cansa em me surpreender em suas atuações. Ela estava linda e perfeita. Outros personagens que amei foram os animais. Os ratinhos estavam muito fofos fazendo de tudo para ajudá-la. O que me faz lembrar que gostei bastante dos efeitos especiais. Mas, isso eu comento daqui a pouco.

Continuando a falar sobre o elenco todos estavam muito bem em seus papéis. Eu senti muita raiva da Cate Blanchett (The Hobbit: The Battle of the Five Armies ) como a madrasta. Gosto quando os atores conseguem me fazer amá-los ou odiá-los. Nesse caso eu não cheguei a odiar. Mas, passei por muitos momentos de raiva. Com o jeito dela desprezando a Cinderela. De verdade se fosse comigo não ia aguentar nem um terço disso tudo. Mesmo que minha mãe tivesse me dado aquele conselho. Afinal, mandou ser boa e corajosa não idiota. Por isso gostei tanto dela. Estava ansiosa por seu final. Que foi bem fraco diga-se de passagem.

O príncipe (Richard Madden – Game of Thrones) também conseguiu me conquistar. Não me lembrou em nada seu personagem em Game of Thrones. Não tinha nem ligado as pessoas. Ele consegue se impor as vontades de todos no reino. E apesar da modificação em relação ao sapatinho eu gostei da forma que lidou com toda a situação. A química com a atriz poderia ter sido melhor. Mas, não o culpo. Afinal, tem casais que não funcionam muito bem nas telas. O romance dos dois foi bem trabalhado nas modificações. Na forma como se apaixonaram.

Também gostei bastante dos efeitos especiais. A forma como colocaram os ratinhos. Também na hora da transformação para que a Cinderela fosse ao baile. E na volta do baile. Tudo ficou muito bem feito. Não sou de reclamar dos efeitos especiais. Porque não é algo que costuma me atrair nos filmes. Se gosto dele nem me importo se ficou feio. Mas, nesse caso chamou muito a minha atenção. Principalmente quando eles estavam voltando a serem animais. A fotografia também está linda. Fiquei bem impressionada.

O tipo de filme para passar uma tarde bem tranquila. Quem gosta de romance e felizes para sempre irá gostar bastante. Mesmo que eu não tenha caído de amores. Ainda assim gostei bastante. Até mais do que estava esperando.

Quote Favorito

Ella’s Mother: I have to tell you a secret that will see you through all the trials that life can offer. Have courage and be kind.

Fotos

Cinderela - Cinderella - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM Cinderela - Cinderella - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM

Cinderela - Cinderella - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM Cinderela - Cinderella - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM

Cinderela - Cinderella - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM Cinderela - Cinderella - #Crítica | OBLOGDAMARI.COM

Aproveite para conferir os posts abaixo, acho que você também vai gostar...