Esse drama eu comecei acompanhando semanalmente e tive que parar. As emoções estavam muito fortes. Cada episódio eu chorava mais um pouco com o principal. Conseguiu me tocar de uma forma muito profunda. Mas, queria poupar as minhas lágrimas. Agora voltei a assistir e conclui de uma única vez. Talvez porque demorei um pouco mais para assistir não estava mais tão emocionante. As cenas continuaram sendo bem fortes. Com vários momentos de tensão. Mas, por incrível que pareça. Passei boa parte dos episódios rindo. Tudo por causa do Nam Goong Min (The Girl Who Sees Smells| We Got Married) que teve uma interpretação impecável. Comento mais sobre isso abaixo.

Foi um ótimo drama que me emocionou bastante. Também provocou momentos de raiva. Porque mal via o momento em que eles iam se dar mal. Teve um final bem satisfatório. Já estava esperando por algo daquele jeito. Então acabou por me agradar bastante. Não sei se tornou um dos meus dramas favoritos. Porém, conseguiu me marcar. Tem romance, tem ação, tem suspense e tem crítica para a sociedade. Tudo o que eu mais gosto em um drama.

A Série

Seo Jin Woo (Yoo Seung Ho – Imaginary Cat) tem a condição de hipertimesia – o que lhe permite lembrar com perfeição detalhes do seu dia-a-dia. Para provar a inocência de seu pai, Jin Woo se torna um advogado. Ele se esforça para provar a inocência dele, mas começa a perder a sua memória por causa do Alzheimer.

Nessa luta ele conta com a ajuda da cativante Lee In Ah (Park Min Young – Healer). Uma advogada que resolve se tornar promotora para ajudar o pai de Jin Woo. Ela sabe da inocência do homem. E sabe quem é o responsável por esse crime. Não irá descansar até colocar o verdadeiro culpado atrás das grades.

Também irá ajudar Jin Woo na sua luta contra o Alzheimer. Tudo o que ele não se lembrar, ela estará ao seu lado. Contando cada detalhe que ele precisa saber para continuar lutando pelo seu pai. Nesse meio tempo sentimentos mais fortes começam a surgir entre os dois.

Você pode assistir esse drama legendado em português no site Dramafever!

Desde que saiu o trailer desse drama eu estava empolgada querendo assistir. Sabia que acabar chorando bastante com ele. Mas, mesmo assim queria assistir. E ele me surpreendeu de diversas formas. Abordando temáticas bem complexas. Uma crítica na sociedade também. Onde uma pessoa que tem dinheiro acha que pode escapar dos seus crimes. Tentando comprar todo mundo para poder se livrar da cadeia. Algo bem parecido com que a nossa sociedade está passando. Por isso gostei tanto. Não é porque tem dinheiro que está acima da lei. Também falou – por cima – sobre as meninas que sonham em ser atrizes ou cantoras e acabam caindo em uma armadilha. Onde as “agências” estão apenas explorando seus corpos. E claro sobre o Alzheimer de uma maneira bem tocante. Fiquei bem emocionada nessas partes. Porque são as pessoas ao redor que acabam sofrendo com a doença.

Even though memories disappear, at least the truth that I had existed will never disappear!

O Jin Woo foi um personagem muito bem construído. Tem uma personalidade muito forte. Sofre demais ao longo dos dez primeiros episódios. No entanto, não abaixa a cabeça para nada. Nem para ninguém. Tem a convicção de que irá salvar seu pai. Que irá provar a sua inocência. E não importa o quão difícil pode ser a sua situação ele dava u jeito de resolver o problema. Gostei bastante da atuação do ator. Conseguia sentir o seu sofrimento. Assim como a sua determinação. Fizeram uma injustiça com seu pai e todos envolvidos iriam pagar por esse erro. Apenas acho que ele ficou um pouco apagado em algumas cenas. Porém, conseguia se sobressair nas demais. Com um jeito bem forte. Ele quis acabar com o sistema antes que sua memória fosse embora. Antes que ele já não lembrasse porque estava nessa luta interminável. Gosto quando os personagens são desse jeito.

Remember: War of the Son - #Review | OBLOGDAMARI.COM

As cenas mais emocionantes eram dele com seu pai o Seo Jae Hyuk (Jun Kwang Ryul – I Remember You). O homem foi acusado injustamente de um crime que não cometeu. Apenas porque estava no lugar errado na hora errada. Sem contar que tinha Alzheimer por isso não se lembrava porque estava naquele local. O que houve com a menina. Eu fiquei com muita pena. Porque como foi mostrado estavam querendo um culpado. Não importava quem fosse. Desde que conseguissem levar alguém a julgamento. Inclusive para proteger outras pessoas. As conversas dos dois eram sempre lindas. Principalmente porque Jin Woo queria fazer seu pai se lembrar dele. E nossa no episódio dez eu chorei demais. Não conseguia conter as lagrimas diante de tanta emoção. O discurso do Jin Woo no tribunal foi demais para o meu coração.

Remember: War of the Son - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Tudo porque o Nam Gyu Man (Nam Goong Min – The Girl Who Sees Smells| We Got Married) um menino rico que acreditava poder tudo. E novamente eu fiquei impressionada com a atuação do Goong Min. Ele é um vilão com problemas de raiva. Ao contrário de seu papel como psicopata. Que calculava cada um dos seus passos e não perdia a calma. Gyu Man é completamente descontrolado. Tem seus acessos de raiva que me faziam rir bastante. Porém, ficava com raiva por ele achar que poderia escapar de tudo. Sempre na barra das calças de seu pai. Porque fazia as coisas erradas e depois se ajoelhava diante do homem. Mas, as outras pessoas humilhavam como se não tivesse problema algum. Por isso dei tanta risada quando estava no tribunal. O acesso de raiva que teve e a forma como lidou com tudo foi demais. Esse foi um personagem que eu amei e odiei ao mesmo tempo. Uma coisa apenas que não gostei foi de seu destino. Uma saída muito fácil para quem fez tanta maldade.

Remember: War of the Son - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Como não se apaixonar pela Lee In Ah. Ela desde o primeiro tem um jeito divertido. Deixa um drama um pouco mais descontraído. Acompanha todo o sofrimento do Jin Woo. E se torna uma ótima promotora. Eu adorei a forma como ela continuava lutando. Mesmo que não estivesse ao lado do Jin Woo. Queria colocar todos bad guys atrás das grades. Tem uma força incrível. Ela é tudo o que o Jin Woo estava precisando. Tem um pouco de romance entre os dois. Mas, não é o foco principal. Eu gostei da forma como desenvolveram esse lado. Porque o que estava falando a pena era a cumplicidade dos dois. Como se unira em uma causa. As frases e toques eram perfeitos demais. Nem sei se era necessário tem beijo no drama. De verdade estava bem satisfeita com a relação dos dois. Eram muito parceiros.

Remember: War of the Son - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Fiquei em conflito com o advogado Park Dong Ho (Park Sung Woong – Hidden Identity). Ele parecia em muitos momentos do lado do Jin Woo. Sofrendo porque não podia ajudar o rapaz. Tudo porque tinha que defender o Gyu Man de todas as suas encrencas. Sem contar que os dois já tinham um passado relacionado. Que eu gostei, mas não achei impactante. Afinal de contas em todos os dramas as pessoas têm que estar relacionadas de alguma forma. Gostei do personagem. E de como tentar lutar contra as pessoas que têm o dinheiro. Inclusive lutando contra o homem que o ajudou durante anos. Tudo porque não aguentava mais o peso em sua consciência. Teve algumas atitudes que me confundiram. Mas, depois conseguia perceber qual era o seu plano. Foi um ótimo personagem que também teve a sua cota de sofrimento.

Remember: War of the Son - #Review | OBLOGDAMARI.COM

Alguns secundários foi puro amor. Como o Ahn Soo Beom (Lee Shi Eon – Falling in Love With Soon Jung). Ele estava sendo muito humilhado pelo Gyu Man. Estava esperando o momento em que ele iria se revoltar. Eu amei o personagem e a atuação do ator. Porque já tinha o visto sendo engraçado em outros dramas. Mas, nesse ele tem uma carga emocional muito maior. Estava precisando de um personagem desse jeito. Não aguentava mais vê-lo se submetendo aos caprichos do Gyu Man. As últimas cenas dele foram muito boas. A forma como enfrentou o homem. Como conseguiu finalmente erguer a sua cabeça. Os amigos do Jin Woo também eram muito legais. Fiquei com pena do advogado que ficava gaguejando no tribunal. Até que finalmente conseguiu superar as suas barreiras.

Remember: War of the Son - #Review | OBLOGDAMARI.COM

É claro que teve aqueles secundários que dava vontade de bater. Como o advogado/promotor Hong Moo Seok (Uhm Hyo Seop – Falling in Love With Soon Jung). Ele estava do lado do Gyu Man e fazendo tudo em seu poder para prejudicar as outras pessoas. Um homem muito nojento que teve o que mereceu. Fiquei irritada o tempo inteiro com ele. Mal vendo o momento que iria pagar pelos seus erros. Da mesma forma o pai do Gyu Man era insuportável. O homem por causa do seu dinheiro ficava livrando o filho. Descartando as vidas das pessoas como se elas não fossem nada. Quem eu queria que tivesse se sobressaído foi a Nam Yeo Kyeong (Jeong Hye Seong – Oh My Venus). Talvez porque a atriz estava fazendo dois dramas ao mesmo tempo. Não conseguiu ter a sua personagem bem desenvolvida. Aliás, em nenhum dos dramas.

Remember: War of the Son - #Review | OBLOGDAMARI.COM

A ost é muito boa. Porém, não foi marcante. Tem músicas que ficam na minha cabeça durante um bom tempo. Mesmo quando estou escrevendo a review acabo escutando. Não foi o caso com esse drama. Apesar de serem lindas. Combinarem muito bom os momentos. Não foi algo que me chamou a atenção. Não conseguiu me marcar do mesmo jeito que outras já fizeram. Se quiser ouvir a ost completa clique em Remember: War of the Son.

Para quem gosta da temática envolvendo vingança, justiça, poder e crítica a sociedade. Esse drama é um prato cheio. Recomendo bastante para todas as pessoas. Apenas não espere muito romance. Porque não é sobre isso o drama.